Tag: ‘música’



Fiell lança CD de combate à dominação

Comenta! »

(Do Boletim do NPC)

Até maio de 2012, mês do trabalhador, nosso companheiro Rapper Fiell, em parceria com Dj Saci e Marcelo Yuka, lança o CD ‘Pedagogia da Dominação’. Essa é mais uma ferramenta em sua luta cotidiana contra a criminalização dos pobres, negros e favelados.

Fiell já escreveu um livro sobre este tema, ‘Da favela para as favelas’, e também já produziu documentários que apresentam uma outra visão sobre os morros cariocas, onde também mora gente que sorri, ama, estuda e trabalha.

Acesse abaixo “Abomine o crime”, uma das músicas do novo CD:


E se eu pudesse entrar na sua vida

Comenta! »

“Será que ela é moça
Será que ela é triste
Será que é o contrário
Será que é pintura (…)”

De Edu Lobo e Chico Buarque, em 1982, para o balé O grande circo místico (a letra aqui).

Em entrevista para a Revista Nossa América (1989), Chico comenta:

E só tem graça aceitar uma encomenda quando você pode ser infiel ao que foi encomendado, quando você pode tomar certas liberdades. Quando eu estava fazendo as letras para as músicas de Edu Lobo, no balé ‘O grande circo místico’, havia um tema para a equilibrista que eu não conseguia solucionar. No poema de Jorge de Lima, a equilibrista se chamava Agnes, que aliás é um belo nome, mas a letra não saía. Então troquei Agnes por Beatriz, transformei a equilibrista em atriz e coloquei-a no sétimo céu, em homenagem à Beatrice Portinari, de Dante. Beatriz carregando minhas obsessões…”

Humberto Werneck: “Depois de tanto caminho, os dois estão perfeitamente entrosados e o parceiro já não se aflige quando Chico cai no que ele chama de “estado catatônico” – os olhos arregalados para o vazio e um ar distante. São as turbinas da criação entrando em funcionamento, sabe Edu. Houve um momento assim quando trabalhavam na música Beatriz, para O grande circo místico. Subitamente Chico saiu do ar, ficou “catatônico” por uns instantes – e então disparou para casa. No dia seguinte, apareceu com a letra, na qual há requintes que ainda impressionam Edu, como a palavra chão correspondendo à nota mais grave e céu à mais aguda.”

Outras curiosidades sobre a canção aqui.

Nesta versão (só áudio), Tom Jobim está acompanhado do violino de João Daltro. Edu Lobo com o pianista Pablo Lapidusas aqui sozinho, e Jorge Vercilo, aqui.


Mozart turco, revisto

Comenta! »

Dos autores: “Assim como Mozart se apropriou do estilo turco em sua “Rondo alla turca”, nós apropriamos da música de Mozart de nosso próprio modo. Intitulamos a peça “Ragtime alla turca” e, embora desvie consideravelmente das anotações de Mozart, buscou-se captar a alegria absoluta e o virtuosismo – o folksiness e o sentido – da obra original.”

Peça: “Ragtime alla turca”, baseada em “Rondo alla turca”, de sonata de Mozart em Lá Maior, K. 331.
Compositores: Greg Anderson & Elizabeth Joy Roe
Apresentação acima: The Anderson & Roe Piano Duo
Local: Teatro Woldson Martin (Spokane, Washington)

Filmado ao vivo em concerto, em 03 de maio de 2009. Agradecimentos especiais: Kevin Rindlisbacher, Galeria Piano Steinway de Spokane, Crew Backstate de Fox, Michael Conley, Kent Burnham, Assistentes Voluntários Marvelous e a platéia entusiasmada. As partituras para este arranjo estão disponíveis para compra clicando aqui.


Kaki King

1 pitaco »

Dica de @renatokress


É verdade!

Comenta! »

Por Gustavo BarretoA felicidade é, de fato, contagiante! ;)

Dica de Michelle Ferraresso.