Crise no Haiti: resposta insuficiente

“Logo após o terremoto, a comunidade internacional fez um trabalho excepcional. Os haitianos receberam socorro. Mas, terminada a urgência, as coisas começaram a não funcionar como deveriam. Em março, houve uma reunião com os doadores, em Nova York, na qual foram recolhidos US$ 11 bilhões para o Haiti. Só que esses recursos não chegaram ao país. Criou-se uma comissão internacional para a recuperação do Haiti que até hoje está procurando suas verdadeiras funções. As promessas da comunidade internacional não foram cumpridas e a situação dos desabrigados continua a mesma”.

Ricardo Seitenfus, ex-representante da Organização dos Estados Americanos (OEA) no Haiti e que foi afastado do cargo pelas duras críticas que fez à atuação da comunidade internacional na nação caribenha. Registro do jornal Zero Hora, 09-01-2011, via IHU.


@consciencia_net facebook.com/LosPequenosDetalhes