Bio?

Estudo da ONU revela que os gastos globais com a importação de alimentos devem crescer 5% e atingir um valor recorde de US$ 400 bilhões neste ano.

A alta é puxada pelos preços de importação de grãos e óleos vegetais, usados em grande escala na produção de biocombustíveis – sobretudo nos derivados de milho.

“Claramente que a demanda por biocombustíveis é o maior responsável pela subida dos preços (dos alimentos)”, diz um de seus autores.


@consciencia_net facebook.com/LosPequenosDetalhes