[ janeiro, 2009 ]



Haikai

Comenta! »

Por Gustavo BarretoMente
Aberta
mente


Subornando um Aedes

Comenta! »

Por Gustavo Barreto – E aí, que tal?
– Vai dar não. Magro demais, pouco sangue. Tô fora.
– A grana é boa. O chefe tá engajado. Se eu fosse você…
– Humm… sei não. O que ele fez?
– Confidencial. A gente paga, você pica. Assina um contrato de que nunca nos viu e foge pros alpes suiços.
– Tentador. Inclui transporte?
– Claro. Classe econômica, mas tá no pacote.
– O que o Éfe Agá acha disso?
– Ele não sabe. Acha que é pra agilizar uma MP aí. Essa desculpa sempre dá certo.
– Belê. Mas antes, uma última condição.
– É justo. Fala aê.
– O José tem que continuar, preciso defender minha classe.
– É justo. A gente vê o que pode fazer.


Deu nisso

Comenta! »

Por Gustavo BarretoFoi querer reinventar a roda, ficou quadrado.


Dicas contra os bons modos

Comenta! »

Limpe a boca na toalha de mesa francesa e diga que aprendeu esta técnica na Itália, em uma cidade que ninguém conhece, como Sofia (capital da Bulgária).


Dicas contra a bandidagem

Comenta! »

Quando invadirem sua casa, faça uma cara de sono e fale: “Pode levar”.

O ladrão vai sair correndo.