Pequenos.Detalhes...Janeiro de 2005
.
especial

Fórum Social Mundial

Os editores da Revista Consciência.Net participam do Fórum Social Mundial, que terá sua quinta edição, de 26 a 31 de janeiro de 2005, em Porto Alegre. A Revista também conta com a colaboração de alguns jornalistas e estudantes, entre outros.

• Além disso, marca presença em dois outros eventos: Fórum Mundial das Migrações e Fórum Mundial da Comunicação e da Informação. 

• As primeiras informações e guias úteis para quem estiver no Sul estão na página local da cobertura (clique aqui).

• As notícias direto de Porto Alegre estão em blogconsciencia.blogspot.com

Jan, 17.......................gustavo barreto

Diagnóstico

"O cara não quer mais andar de jegue".

Sábias palavras do porteiro da casa da minha mãe, ao comentar os novos hábitos do presidente Lula. Será que ele estava falando apenas sobre o avião?

Aliás
Que me desculpem, mas é ignorância ou má-fé falar mal da aquisição de um avião presidencial por parte do governo brasileiro. O bicho-máquina tem vida útil de 20 anos, no mínimo, e custará pouquíssimo por ano - apenas US$ 1,9 milhão, quase nada em termos relativos.

Se uma comissão caísse e fosse constatado que o avião estava obsoleto, todos ficariam em choque. Se fosse o "rei dos sociólogos", aquele mesmo que destruiu a máquina pública e empanturrou os banqueiros no último mandato, teria muita gente dizendo que tá certo, que sociólogo troglodita, quer dizer, poliglota pode.

Pura raiva contra pobre. Se quisessem fazer críticas sérias, teriam muito o que pesquisar. Muito mesmo. Mas preferem ficar nessas futricas inúteis.

Jan, 16.......................gustavo barreto

Nem uma única gota

Impressiona a capacidade que alguns jornalistas têm de perder a lucidez sem colocar uma única gota de álcool na boca. Nem os membros cativos do bar aqui perto da nossa redação conseguem ficar tão inconscientes.
Figura
Faça assim: quando alguém na mesa exibir seu telefone celular último tipo, que faz e recebe chamadas, grava mensagens e músicas, acessa a internet, tira fotografias e as transmite para qualquer PC e dá a velocidade do vento, diga:

— Ah, é? Mas ele faz isto?

E tire um pente do bolso e comece a se pentear.

Ou espere o celular de cada um na mesa tocar pelo menos uma vez antes de dizer, “Epa, agora sou eu”, tirar do bolso uma gaitinha de boca, tocar uma frase musical e depois guardá-la.

Somos poucos e temos poucas armas, mas não podemos nos entregar pra eles.

Do escritor Luis Fernando Verissimo, n'O GLOBO de hoje.

Jan, 12.......................gustavo barreto

O trabalho "liberta"

Não será possível um governo em que a maioria não decida virtualmente o que é certo ou errado? No qual a maioria decida apenas aquelas questões às quais seja aplicável a norma da conveniência? Deve o cidadão desistir da sua consciência, mesmo por um único instante ou em última instância, e se dobrar ao legislador? Por que então estará cada homem dotado de uma consciência?

Artigo sobre o tema, aqui.

Só para não esquecer
"FMI acha guerra positiva". Não é invenção não. Está no Jornal do Brasil de 21 de setembro de 2002. Segundo o organismo, a ação contra Iraque "reduziria a incerteza".

Só para não esquecer. Essas coisas sempre são úteis.

Jan, 12.......................gustavo & renato

Boas novas

A revista Consciência.Net vai de endereço novo, já a partir da semana que vem. O local, à rua do Senado, fica entre os jornais O GLOBO e O DIA (ambos na rua do Riachuelo).

O primeiro evento do ano é em Porto Alegre. Editores e alguns dos colaboradores marcarão presença no Fórum Social Mundial e no Fórum Social das Migrações.

Quem quiser contribuir com móveis de escritório ou pequenezas úteis, fique à vontade.

Jan, 11.......................gustavo barreto

Inacreditável

A prefeita Marta Suplicy não está mais no comando da prefeitura de São Paulo e, mesmo assim, as enchentes continuam. Os anti-petistas estão sem entender nada.
Jan, 7........................gustavo barreto

Lamentável

O New York Times Service deu uma belíssima demonstração do que é um(a) brasileiro(a) que desiste de seu país para viver o estúpido "sonho americano". Quando Vanessa Clementino descobrir — se descobrir — o mal que faz a seu país de origem, a sua gente, talvez se arrependa profundamente de ter e reproduzir em escala midiática tal perspectiva.
Jan, 7........................renato kress

Prole

Só a prole otária pra ouvir esse papo de proletário.
Jan, 7........................gustavo barreto

Dúvida

Será que a RUFLES vai continuar usando o slogan "a batata da onda"?
Jan, 6........................gustavo barreto


Do Movimento da Magistratura Fluminense
pela Democracia. Clique na imagem.
 

Jan, 5........................gustavo barreto

O maremoto e a desinformação
Cópia para internacional@jb.com.br

Uso o mesmo título que usou Marcelo Ambrosio, editor de Internacional do Jornal do Brasil (5/1), para dizer que o presidente Lula estava desinformado quando disse que desastres como o que matou quase 160 mil pessoas são um lembrete para que tratemos com mais carinho a Natureza.

Ele responde: "A tragédia que atingiu 18 países, seguramente uma das maiores dos últimos séculos, não teve nenhuma relação com os desmandos do homem em sua relação com o meio ambiente. Foi um episódio absolutamente fortuito, imprevisível e, por isso mesmo, assustador até o âmago."

Creio que é Marcelo quem está desinformado. O fato de o terremoto não ter sido "culpa" do homem não desmente a tese de que isso é um lembrete para que tratemos com mais carinho a Natureza (que deveria ter N maiúsculo). E isso é, em última análise, uma informação como qualquer outra, só que carregada de sensibilidade ecológica.

Jan, 4........................gustavo barreto

A resposta

Além do terrível e surpreendente tsunami na Ásia e África, temos também seca no Rio Grande do Sul e tornados em Santa Catarina.

Se isso não for um sinal, como escreveu o Verissimo, o que será?

Jan, 3........................napô

Otimismo

Olha, eu vou confessar uma coisa para vocês. Eu estou muito otimista. Mais até do que o Lula. Como não poderia? Mesmo que cerca de 44 milhões de brasileiros estejam vivendo, segundo relatório da UNICEF de 9/12/2004, em condições sanitárias abaixo do mínimo esperado —  e mesmo que esse número seja maior do que o do relatório do ano de 2003 — estou otimista.

Mesmo que quase nenhum indicador social tenha melhorado — como apontou outro relatório, Direitos Humanos no Brasil 2004, eu estou otimista. Mesmo assim. O PIB, gente! Cresceu! Parem de reclamar e sejam realistas!

Assinado: Napoleão Bonaparte, direto de Ajácio, Córsega.

Jan, 3........................gustavo barreto

Por dentro do Castelo

Já está no ar a nova página do colunista da Caros Amigos Carlos Castelo Branco. Crônicas, frases, limeriques, fotolog, músicas inéditas e O Caseiro do Presidente em versão integral. Anota aí: www.castelorama.com.br
O resultado é o mesmo
Giovanni: Confortáveis e espaçosos acima de tudo, os nossos tronos servem mesmo pra isso. Carregar as nossas sobras, afinal, comendo Arroz e Feijão ou Caviar com ervas finas, o resultado será sempre o mesmo. Ou a mesma. Merda, merda e merda. Ou se preferirmos, bosta, fezes, cocô, tronco de fomiguinha ou fax. Claro, ela vale mais conforme o papel higiênico.

(...) Olá Giovanni: Realmente, no fim das contas, o que fica é apenas dejeto. Não importando o que foi ingerido preliminarmente. Aproveito o ensejo pra dizer uma palavrinha aos trinta e tantos mil internautas que freqüentaram esse banheiro em 2004. Como dizem os atores - e todos nós somos atores: "Merda pra vocês em 2005". E aguardem fotos inéditas em janeiro.

Do Fotoblog do próprio Castelo, Privadas do Mundo

Jan, 2........................gustavo barreto

Actuar en el plano local, responder en todo el mundo

En un mundo asolado por la pobreza, las guerras, los desplazamientos de población y los desastres, la Federación Internacional de Sociedades de la Cruz Roja y de la Media Luna Roja presta asistencia a las personas que la necesitan sin distinción de raza, religión, clase social ni opinión política. La Federación Internacional dirige y coordina la asistencia internacional a las personas más vulnerables del mundo. Junto con las Sociedades Nacionales de la Cruz Roja y de la Media Luna Roja, la Federación actúa en el plano local para responder diariamente a los retos humanitarios en todas partes del mundo. Usted puede ayudar a la Cruz Roja y la Media Luna Roja, que está trabajando para apoyar a las comunidades damnificadas por el devastador terremoto y las grandes olas que han asolado el sur de Asia, haciendo unadonación hoy mismo.
Acting locally, Responding globally
In a world of poverty, war, displacement and disaster, the International Federation of Red Cross and Red Crescent Societies serves those in need without regard as to race, religion, class or political belief. The International Federation directs and coordinates international assistance to some of the world's most vulnerable people. Together with Red Cross and Red Crescent National Societies, the Federation acts locally to respond to humanitarian challenges everywhere, everyday. As the Red Cross and Red Crescent work to help communities to recover from the devastating earthquake and tidal waves that hit coastal areas in Asia, you can help by making a donation today.
Solidarité mondiale, action locale
Dans un monde en proie à la pauvreté, aux guerres, aux déplacements de populations et aux catastrophes, la Fédération internationale des Sociétés de la Croix-Rouge et du Croissant-Rouge sert tous ceux qui sont dans le besoin, sans distinction de race, de religion, de catégorie sociale ou de conviction politique. La Fédération internationale achemine et coordonne l'aide internationale destinée à certaines des populations les plus vulnérables qui soient. Aujourd'hui, chaque jour et partout à travers le monde, avec les Sociétés nationales de la Croix-Rouge et du Croissant-Rouge, la Fédération intervient à l'échelon local pour relever les défis humanitaires auxquels nous sommes confrontés. Au moment où la Fédération internationale aide les communautés à se remettre du tremblement de terre et des raz-de-marées qui ont touché les côtes de l'Asie, vous pouvez les aider en faisant une donation.
Jan, 1........................gustavo barreto

FHC mata o primeiro em 2005

O prefeito de Jordão, a 420 quilômetros de Rio Branco, Francisco Turiano Farias (PPS), cometeu suicídio ontem de manhã com um tiro de revólver calibre 38 no ouvido direito. Ele estava hospedado no Hotel Central de Tarauacá, a 390 quilômetros da capital, e no momento do suicídio encontrava-se sozinho no apartamento.

Turiano tinha ido a Tarauacá tentar resolver problemas administrativos da prefeitura e, segundo informações de testemunhas, não confirmadas pela polícia, um dos motivos que teriam levado o prefeito a se matar teria sido o não cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal pela sua administração.

Do jornal O Globo.de hoje.


 
Consciência.Net
• Pequenos detalhes
• Opinião
• Primeira Página