Pequenos.Detalhes...Novembro de 2004
.
Nov, 28........................gustavo barreto

Atoleiro

Como isso aconteceu? Como o bloco neoliberal, que tinha sido rejeitado em massa pela população brasileira numa das eleições mais expressivas da história nacional, pôde manter-se e ampliar seu domínio de uma forma tão ostensiva e descarada, depois de tal resultado? Essa é a discussão que – se espera – será levada a cabo de forma exaustiva nos próximos meses para elucidar esse desastre.

Artigo essencial de Valdemar Menezes na Agência Adital.
 
 

Nov, 27........................gustavo barreto

Homem de idéias

Não é à toa que Carlos Lessa é ovacionado pelas pessoas que buscam um país melhor. Ontem, em homenagem na UFRJ, ele deu mais uma brilhante idéia.

Sugeriu uma fiscalização na Receita Federal utilizando o critério da "propensão a Miami". Para ele, todos os brasileiros que possuem um apartamento em Miami deveriam ser investigados pelo fisco.

"É uma forte indicação de maleabilidade", disse.

Viva!

Lévi-Strauss está vivo! Eu juro que não sabia.
 
 

Nov, 26........................gustavo barreto

Rio de Janeiro sitiada

Devia ser este o nome da coluna que eu mantenho, "Rio, cidade partida", aqui na revista. Neste momento (13h57) está tendo uma guerra — não estou brincando — em Vila Isabel, zona norte do Rio, onde eu moro.

Não há exagero: tiros oriundos de diversos focos estão sendo disparados minuto a minuto, há meia hora, sem cessar. A cena até que é comum por aqui, e como quase ninguém "do asfalto" é atingido, ninguém reclama. Todos continuam suas vidas, sem saber o porquê do conflito, e sem saber também que boa parte está contribuindo para que ele continue. Nós, "do asfalto", principalmente.

A mediocridade da nossa sociedade não é apenas uma coisa engraçada de se mostrar na TV: tem conseqüências.

Nenhum

Esta é a resposta para a minha pergunta de ontem, "Em qual país as mulheres ocupam mais de 50% das vagas do parlamento?"

De acordo com levantamento da União Parlamentar realizado em 2002, o parlamento com maior representação feminina é o de Ruanda: lá, elas ocupam 48,8% das cadeiras.

No Brasil, as mulheres são 7% dos parlamentares. Os dados são do documento Objetivos de Desenvolvimento do Milênio
 
 

Nov, 25........................gustavo barreto

TV

A televisão americana não parece ter medo nem desprezo pela academia. Em contrapartida, também não existe um preconceito estabelecido e irreconciliável por parte dos universitários contra tudo que as grandes redes produzam. Existe, sim, uma parceria que busca avaliações e soluções

Antônio Brasil no Observatório da Imprensa em 23/1/2002

Morte ao gerúndio

De um cara da Light:

 — O senhor tem que estar indo à agência.

Raphael Perret comenta em seu jornal pessoal:

Em breve, ouviremos "tem que estar estando". Vai por mim.

Responda rápido

Em qual país as mulheres ocupam mais de 50% das vagas do parlamento?

Amanhã a resposta.

Votação

Na sua opinião, a mídia é um instrumento da ditadura da beleza? Vote na urna eletrônica em www.observatoriodaimprensa.com.br

Desvios do Google

Por que não é possível achar fotos sobre os prisioneiros de Abu Ghraib no Google, ao contrário do que ocorre no Yahoo? Estas e outras questões são levantadas pelo site Google Watch (www.google-watch.org), vale a pena dar uma espiada.
 
 

Nov, 24........................gustavo barreto

Acusação

No Brasil, desconfiam tanto da roubalheira que já tão dizendo que o enriquecimento do urânio não só foi ilícito, como também contou com a ajuda de três deputados e dois funcionários do alto escalão.

A Polícia Federal promete ficar de olho.
 

Nov, 23........................gustavo barreto

Patético

O "conceituado" Programa das Nações Unidas Para o Desenvolvimento (PNUD), órgão da ONU, divulgou em seu sítio brasileiro uma manipulação grotesca e patética acerca de uma afirmação de Celso Furtado.

'Lula está no caminho certo', sentenciaram. Apagando várias de suas idéias sobre a dívida e os caminhos do desenvolvimento, ressaltaram em boletim divulgado hoje por e-mail que uma política alternativa poderia ter resultado em uma ruptura semelhante à de 1964, quando João Goulart foi deposto pelo regime militar.

Para isso retoma Furtado em uma de suas últimas entrevistas, concedida à revista Desafios do Desenvolvimento, publicação do próprio PNUD e do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), órgão do governo.

Depois de citar rapidamente o economista e seu suposto 'ceticismo sobre a possibilidade de isso [uma política que privilegie o desenvolvimento] ser aplicado no Brasil atualmente', o PNUD fechou a nota da seguinte maneira: “Não sei se existe lugar para algo semelhante no Brasil atual. Seria necessário que os empresários apoiassem as políticas públicas que resultassem em novas formas de governar. Isto é o mais difícil”. Ou seja, o velho discurso do pensamento único, supostamente apoiado até pelo economista mais lido da América Latina.

O leitor se pergunta: qual era o título e a chamada desta entrevista? Era um apoio a Palocci, como diz o PNUD e o governo, por meio do IPEA? Assinada por Ottoni Fernandes Jr., diz o seguinte: “Não se faz política sem ideologiaO Brasil precisa desenvolver políticas próprias para a globalização, sob pena de continuar a ser o campeão mundial da concentração de renda”. Manipulação mais infantil, impossível.
 
 

Nov, 21........................renato kress

Dúvida

O nosso Mapa da Corrupção é um serviço de utilidade pública ou de inutilidade privada?
 
 

Nov, 21........................gustavo barreto

Hipocrisia

Os hipócritas do jornal O GLOBO classificam Celso Furtado de "o mais importante economista do Brasil", em reportagem neste domingo (21/11). Enquanto isso, fazem propaganda diária contra as idéias do pensador, ajudando a afundar de vez qualquer alternativa econômica para o país e sacramentando o discurso único.

É exatamente como age uma imprensa burguesa: elogia os grandes homens deste país, mas não diz o porquê. Seria arriscado demais falar a verdade: o povo poderia querer pôr em prática.
 
 

Nov, 20........................gustavo barreto

Governista siempre

Até no Chile o jornal carioca O GLOBO é governista. Chamada de hoje, página 43: "Confronto entre polícia e manifestantes resulta em 130 presos e 5 feridos. Governo atribui violência a vândalos".

Faça-me o favor! Por que o governo? Por que não citar os próprios organizadores da marcha, que se pretendia pacífica? Além do mais, sabemos que estes tipos de fanatismos são provocados pelo fanático-rei que é Bush e sua corja.

A Agência ADITAL, sempre melhor informada, dá pistas de que a marcha transcorria de forma muito pacífica quando alguns manifestantes infiltrados na caminhada “provocaram várias desordens pelas ruas”. A ADITAL cita os próprios jornais chilenos.

Na página 50, semi-propaganda para o terrorista Ariel Sharon, promotor de uma das maiores destruições étnicas que este planeta já viu (e que verá com o tempo). "Sharon oferece teste para a paz" é o título, com chamada "Premier de Israel retira exigência de que ANP deve destruir radicais para começar a negociar".

Diz que seria uma "mudança de tom em relação à linha-dura adotada nos últimos anos". Cá pra nós! E o arsenal bélico que continua em ação? Não é linha-dura?!
 
 

Nov, 19........................gustavo barreto

Alianças

A vaga no Ministério do Planejamento, onde Guido Mantega, novo presidente do BNDES em substituição a Carlos Lessa, estava, pode servir para acomodar aliados insatisfeitos, como o PMDB. Do senador Aloizio Mercadante ontem: ‘Qualquer mudança vai nessa perspectiva, de nós buscarmos as alianças estratégicas’.

Agora, quase que exclusivo para o leitor da revista, aqui vai um dado: você sabia que Lessa é do PMDB? Alguém sabe por que?

Eu já ouvi certa vez a resposta, mas é tão difícil acreditar nisso que eu simplesmente esqueci.

Na roda

O presidente do Senado, José Sarney, recebeu ontem o presidente da Fundação Padre Anchieta, Marcos Mendonça, que o convidou para participar do programa Roda Viva, da TV Cultura de São Paulo (SP).

O Roda Viva coloca o entrevistador no centro de uma roda e convida diversos jornalistas e especialistas para questionar o convidado. O programa é democrático: entre os questionadores estão desde os truculentos do Primeira Leitura, quadros competentes da Folha, Globo e Estadão e, por vezes, a imprensa alternativa.
 
 

Nov, 18........................gustavo barreto

Águias monetaristas

É, por baixo, a terceira vez que eu leio uma notícia com o título "Nova alta de juros desagrada tanto trabalhadores quanto empresários". A notícia acima, é claro, não é lá muito confiável. É um daqueles jornais que fazem campanha contra Carlos Lessa quase que diariamente, por um suposto "fraco desempenho do BNDES" e por suas polêmicas, que o maluco do Lessa insiste em chamar pelo nome (debate).

Mal sabem os jornalistas do que estão falando, muito menos quem estão defendendo. Ou sabem?

Quer ver o poderosíssimo argumento do jornal O GLOBO, por exemplo? "A isso somou-se o desempenho considerado fraco para o BNDES neste segundo ano de governo, período em que a macroeconomia dava sinais positivos e esperava-se uma arrancada em investimentos por parte do setor produtivo." (Gerson Camarotti, O Globo, 18/11)

Então, veja bem, vou repetir o argumento do jornal, agora em negrito:

a macroeconomia dava sinais positivos e esperava-se uma arrancada em investimentos por parte do setor produtivo.
Espere um momento. Você pode não estar enxergando. Vou aumentar a letra e pintar de vermelho:
a macroeconomia dava sinais positivos e esperava-se uma arrancada em investimentos por parte do setor produtivo.
Mas vocês perguntam: se não é aquele "imbecil" do Lessa o culpado pelo "fraco" desempenho neste segundo ano, então quem é? Citando: “a alta em seqüência dos juros pode comprometer esse ambiente (de recuperação) com impacto negativo para o crescimento futuro”.

Onde está escrito isso? Três chances:

  • Num jornal esquerdista do PSTU.
  • Num jornal marxista-proletário.
  • No mesmo jornal O GLOBO de 18/11, próximo à propaganda para derrubar Carlos Lessa.


Então você, leitor "que não consegue entender este mundo tão confuso", se pergunta: Seria esta mais uma confusão deste mundo maluco? Não, claro que não. É porque a matéria contra Lessa é plantada, voluntariamente ou não (tanto faz), pela equipe econômica que não tem vergonha de bater no presidente do BNDES todos os dias.

E Lula, que deu pessoalmente o cargo a Lessa e não exigiu nenhum cargo (como afirma o próprio Lessa)? Saberá lidar com as águias monetaristas da Fazenda? E se sair, qual será a reação de Mercadante? A do combativo lutador por um projeto nacional e desenvolvimentista? Ou de um resignado senador que aceita as decisões da cúpula de seu partido?
 

Nov, 17........................gustavo barreto

Tom Zé na UFRJ

Neste sábado (20/11) tem Tom Zé na UFRJ, campus da Urca, às 15 horas. A entrada é franca e a iniciativa é da Rádio ECOMÍDIA. Imperdível.

Otimismo

Diz o provérbio: Falta de notícia, sinal de boas notícias. Foi mal, mas foi a primeira coisa que veio à minha cabeça quando eu li na capa do Globo de hoje "Rio terá chuva por mais 2 dias".

Útil

Em quatro anos e meio, duas pessoas do Vaticano visitaram nossa revista. Há outros países estranhos.
 
 

Nov, 16........................renato kress

Antes

Pra sair algum fato num grande jornal hoje em dia ele não precisa ser provado (antes ou depois), só precisa ter sido (a)provado (antes).

1984

George Orwell bem que tentou, mas a autocrítica da imprensa de 2004, gerada pelos chefes de redação, é mais eficiente que qualquer ‘big brother’.

control +c / control +v

Pentelhos Retalhos alheiosum control +c / control +v com a Caros Amigos:

Antigamente éramos um país sem memória. Hoje somos um país sem cérebro.Castelo

Babenco critica o Brasil em Jornal argentino. Carandiru nele!Castelo
 
 

Nov, 16........................gustavo barreto

Especulação

Ontem, em Maceió, manifestantes arremessaram dois ovos e um tomate em um palanque onde discursava o presidente Lula.

Especialistas não conseguiram decifrar qual era a receita pretendida pelos manifestantes. O tomate explodiu no meio da rua, mas o governo nega qualquer possível analogia com o incidente.

Um dos ovos tentou subir no palanque para discursar, mas foi duramente reprimido pela truculência da Lei de Gravitação Universal, aprovada no Congresso com injeção de emendas parlamentares. "Abaicho a repreção!", escreveram os estudantes.
 
 

Nov, 15........................gustavo barreto

Foi mal mesmo!

Veja estes e outros pedidos de desculpas do bom povo lá de cima.

Má notícia

O IBGE divulgou semana passada que a violência aumentou significativamente durante a gestão atual. O número é de 28 mortes para cada cem mil habitantes. Em 2002 era de 19.

Será culpa da herança maldita?

Similar baiano

Nota do Tutty Vasques, cronista do NoMínimo: "Quem achou apavorante manifestação popular no enterro de Yasser Arafat nunca passou o Carnaval em Salvador".
 
 

Nov, 10........................gustavo barreto

Revista de Luta

Nesta quinta (18/11) tem lançamento da Revista Movimento, às 18h, no Restaurante Pacífico em Porto Alegre (RS).

A turma avisa: "Convite a todos que lutam e aspiram um Novo Mundo Socialista". Tá falado.

Frases de filmes

Num filme com Evandro Mesquita e Marisa Orth. Com aquela voz de malandro incompreendido, Evandro diz: "Eu tô me sentindo como Noel. É, Papai Noel. Ninguém mais acredita em mim".

*

Ei, nada de jornalistas por aqui!

Pega o homem pelo braço e diz:

Não se esqueça que jornalista se escreve com "jota" de justiceiro.

Do filme Alphaville, de Jean-Luc Godard

*

"As coisas que você possui acabam possuindo você."

Do filme Clube da Luta.

*

"Rotularam minha dor em vão; continuei sofrendo."

Do filme francês Closet, com Daniel Auteuil, Gerard Depardieu e Michelle Laroque.
 
 

Nov, 9........................gustavo barreto

Isso sim é real

A Coca-Cola é uma das empresas mais corruptas, anti-ecológicas, ilegais e desonestas que o mundo empresarial já conheceu. Você já desconfiava disso, mas nunca tinha ouvido tantas verdades de um ex-executivo do alto escalão da própria Coca-Cola: www.issosimereal.blogspot.com
 
 

Nov, 8........................gustavo barreto

Finalmente explicado!

Chega de ficar fazendo análises extensas que não levam a lugar nenhum! A revista Consciência.Net teve acesso a uma foto de John Kerry sendo abraçado calorosamente, durante a campanha eleitoral nos EUA, por alguém que parece ser Luiza Erundina.

Só pode ter sido esse o motivo.

Brock autêntico

Agora, além de um fotolog, a excelente banda RAVANA, que a cada dia deixa mais otimistas aqueles que curtem o rock made in Brasil, possui uma comunidade no Orkut. Entra logo!

Viva os jovens

O cineasta Michael Moore não desanima. Ao analisar o desastroso resultado das eleições nos EUA, Moore ressalta que o grupo de pessoas entre 18 e 29 anos foi o único a votar em Kerry, que ganhou nesta faixa etária por 10 pontos percentuais.

Em todos os outros (30-39, 40-49, 50-59, etc.) deu Bush.

Faça-me o favor!

Estranhava eu o fato de, pouco antes das eleições norte-americanas, as coisas terem se "pacificado" no Iraque. Estava tudo meio ameno, algumas mortes, vá lá, mas tudo dentro do "aceitável" (calcula-se que, a cada morto americano, seja preciso 100 iraquianos para se obter o mesmo impacto).

Um dia (e não mais que um dia) após o resultado que deu vitória a Bush, as tevês e agências me vêm com essa "nova ofensiva" estadunidense e o "aumento da violência", sendo decretado inclusive o início da lei marcial (estado de emergência) no domingo (7/11).

Faça-me o favor!
 
 

Nov, 7........................gustavo barreto

Felicidade virtual

De janeiro a setembro, o governo Lula "economizou" mais de R$ 50 bilhões para pagar juros aos credores estrangeiros; no mesmo período, a União "gastou" menos de R$ 2 bilhões em investimentos públicos. Imagine se fosse o contrário, o que poderia ser feito para melhorar a vida do brasileiro.

Quem argumenta é Hamilton Octavio de Souza no Brasil de Fato de 4/11.

Da série 'Os Picaretas' (I)

Quem “cria galos ou canários para competição, na realidade, não causa ao animal nenhum mau-trato. Pelo contrário, cria-o com todos os cuidados que um atleta merece”.

Isso porque “a lei deve andar em consonância com os hábitos do povo e não contra eles, pretendendo modificar uma realidade existente e enraizada na sociedade”. (...) “Leis assim acabam por não serem cumpridas, sendo mais uma das leis que ‘não pegam’.

A afirmação é do deputado Fernando de Fabinho (PFL/BA), autor do Projeto de Lei (PL) Nº 4.340, de 2004, que prevê legalização de briga de galos no Brasil.

E depois dizem que política é chato. Quer diversão maior?

Da série 'Os Picaretas' (II)

“Há um problema sério de comunicação no governo Lula, que ainda não conseguiu mostrar aos cariocas o que tem feito na área social”.

A desculpa esfarrapada é de Eugênio Soares, presidente municipal do PT, no GLOBO de hoje.

Bittar, completamente cego, citado pelo jornal: “a aliança com o PTB foi uma tentativa de ampliar o tempo na TV e o universo eleitoral do PT”.

Único, exclusivíssimo resultado desta tentativa absurda: menos votos. Quanta inteligência que jorra da cabeça desse homem!

Depois das eleições...

"Álcool sobe 14% e aumenta gasolina em até 5%" é o que se lê nos jornais.
 
 

Nov, 5........................gustavo barreto

Tapete vermelho

É Emir Sader quem opina: (...) Os estadunidenses assumem como sua a doutrina militar do governo Bush, seu caráter de nação imperial, com uma “missão” civilizatória no mundo. O mandato recebido pelo presidente é inequívoco: a opinião pública do seu país o apóia e pede mais do mesmo – guerra, truculência, unilateralismo e direito de ataques preventivos.

Disponível na Agência Carta Maior, que ironizou os apoios dos governos "de esquerda" da América Latina a Bush com o título "Tapete vermelho". Da Agência Ansa: "Cumprimentos de Lula e demais governos da AL a Bush são calorosos". Já dizia Edmund Burke: "A única coisa necessária para o triunfo do mal é o homem bom não fazer nada".

Para saber detalhes sobre quem ganhou aonde nos Estados Unidos, visite o www.electoral-vote.com

Escapa!

Esse teste é realizado em candidatos a pilotos da Força Aérea Americana. Segundo os instrutores, o candidato deve permanecer por no mínimo 2 minutos. Para pessoas normais, o período mínimo de permanência é de 18 segundos.

Clique no bloco vermelho e mova-o dentro da área branca, evitando que os blocos azuis o toquem. Se tocar nas bordas ou deixar que os azuis o toquem, você perderá. Se conseguir agüentar mais de 18 segundos será um fenômeno.

Clique neste link e divirta-se. (dica de Millôr Fernandes)
 
 

Nov, 1........................gustavo barreto

Conseqüências

A multinacional Monsanto espera faturar entre R$ 120 milhões e R$ 400 milhões no ano que vem com direitos de propriedade intelectual sobre mais uma safra de soja transgênica no país.

Pelos planos da empresa, os agricultores terão de pagar, no ano que vem, R$ 1,20 por saca de 60 quilos do grão colhido, o dobro do valor do royalty pago neste ano.

A cúpula do governo federal é responsável pela liberação da safra, feita por meio de uma medida provisória que contrariou a ministra do Meio Ambiente e todos os movimentos sociais ligados ao tema. Os produtores ligados ao agronegócio e empresas estrangeiras foram os únicos a comemorar.

Os objetos e suas ideologias

A cama, por exemplo. É de direita. É por isso que eu prefiro o chão. O chão é de centro-esquerda. Mesmo assim eu gosto dele. Alguns chãos que se vê por aí até são militantes da esquerda.

Ela sorri. E diz: “A parede é da anarquia”. Anarquista? Por que? Logo a parede? Justifique-se.

E o sofá? “É neutro, a favor da situação”, argumenta. Depende. Já vi muito sofá que se diz de esquerda, mas é um tremendo direitista. Acontece muito.

Já a geladeira é da extrema-esquerda. Ou da extrema-direita, logo ali.

Gastronômica

Depois do almoço, o bife é passado.

Alguém responda! (I)

Afinal, a Lua está cheia de quê?!

Alguém responda! (II)

Millôr pergunta: Se uma lei de controle de natalidade for aprovada, terá efeito retroativo?

Cotidiano

No que grita o motorista, na parada em Araruama:

Tem alguém faltando?

Cotidiantes

Bach, meu sacro predileto, adorava uma festa. Seria uma sacranagem?

prá cego ver
Zúmbi, zumbi. Zúmbi

Episódio de Os Simpsons. Bart faz uma magia e transforma todos os defuntos em mortos-vivos. Bart consegue, no final, desfazer a magia com outra magia. Sentada no sofá com a família em frente à tevê, problema resolvido, Margie diz:

Estou contente que não viramos zumbis.

Bart:

Dá para calar a boca?

Homer, olhando para a tevê com olhar fixo:

O homem caiu engraçado. De joelhos. (fim do episódio)

momento literato, cobra e morcego
Josephine: o rosto fácil

(...)

Oh, beibe! Este local não é nada romântico! Logo num lixão! Oh!

Oh, Josephine!

(...)

Josephine, mai darlingui. Você é como uma prostituta, vendendo seu belo rosto para arrancar milhões das massas. Você! A massa!

Oh, beibe! Pode amassar! Vem! Oh, Dion!
 
 

Consciência.Net
Pequenos detalhes
Opinião
Primeira Página