Pequenos Detalhes
Julho de 2004
 

8 de julho..Gustavo Barreto
..............................................

Fogueira pós-moderna

(...) O pessimismo sobre o futuro do cinema na metade do século 20, que via um futuro dominado pela televisão, negligenciou o desejo humano perene – ao menos tão antigo quanto a própria linguagem – de deixar o seu lar e juntar-se a estranhos na semi-escuridão ao redor de uma fogueira para ouvir histórias.

A experiência cinemática é a recriação dessa prática antiga de renovação e união teatral em moldes modernos, com a exceção que as chamas do acampamento da Idade da Pedra foram substituídas por imagens em movimento que contam a própria história. Chamas que dançam exatamente da mesma forma cada vez que o filme é projetado, mas acendem sonhos diferentes nas mentes de cada espectador, fundindo a permanência da literatura com a espontaneidade do teatro.

(...) Em casa, você é rei, e a televisão é o seu bobo da corte, e se você não estiver satisfeito, você pega o controle remoto e lhe corta a cabeça. A estrutura do ato de se assistir um filme em casa é a familiaridade: o que está certo é o que se encaixa na rotina e isso implica que a mente só vê aquilo que está preparada para ver.

Walter Murch no excelente artigo Um cinema digital da mente? Pode ser
 

7 de julho..Gustavo Barreto
..............................................

Em nome de Jesus

Saiba como arrancar dinheiro dos fiéis. Tudo, é claro, em nome de Jesus.

Dica do sítio crivellanao.blogspot.com/
 

5 de julho..Gustavo Barreto
..............................................

Honestidade: como pagar suas contas

Esta premissa de que honestidade é bondade esconde um simplismo involuntário que separa o mundo entre o "bem" e o "mal". A questão é mais profunda, "meu amigo", e diz respeito à saúde mental e à senhora abandonada. Leia aqui

*.*.*
Juventude perdida

A letargia angustiante desta importante força transformadora que é a juventude faz mal ao estômago e desestimula um pouco a luta diária que tanto este país desigual e injusto precisa. Leia aqui

*.*.*
O capital agradece

A jornalista Míriam Leitão recebe hoje o prêmio Bem Sucedidos da revista “Banco Hoje”. Os premiados são escolhidos pelo conjunto das instituições do mercado de capitais (Bovespa, BM&F, Adeval, Ibef etc.).

Merecido prêmio dado a Míriam, fiel escudeira do capital internacional e nacional.

Leitora pondera
"Concordo com sua observação, mas não posso deixar de lembrar que Míriam Leitão tem sido também uma "fiel escudeira" dos direitos dos negros e das mulheres em todos os espaços que ocupa, algo que não se pode dizer de muitos profissionais de comunicação do país hoje em dia. Um grande abraço, Marisa Sanematsu".
 

4 de julho..Gustavo Barreto
..............................................

Santo Deus...

(...) Por mais de dois anos eu e minha esposa dirigimos um Grupo de Estudo Bíblico e Oração no Palácio Laranjeiras, residência funcional da família durante o Governo Garotinho. Essas reuniões foram freqüentadas por membros da Igreja Luz do Mundo e assessores e amigos não evangélicos do casal. 

Temos estado com Garotinho e Rosinha em momentos de grandes decisões, orando juntos e buscando a direção do Senhor. Somos testemunhas de seu sincero desejo de fazer a vontade de Deus em tudo, e viver uma vida autenticamente cristã, no lar e no exercício de suas atribuições governamentais.

Do reverendo Éber Magalhães Lenz César, Pastor da Igreja Presbiteriana Luz do Mundo, no site do Garotinho.

Agora é a vez do reverendo Antonio Carlos. Uma perdição só:

(...) Noutra ocasião, humildemente, o governador Garotinho abria seu coração comigo, falando-me em tom de confissão das lutas que estava enfrentando no casamento. Rosinha, entre outras coisas, não conseguia aceitar a conversão do seu marido. O que ele não sabia é que a sua amada esposa encontrava-se a poucos metros de nós a ouvir toda a nossa conversa, o que a levou a dar-lhe a chamada “dura” e, ao mesmo tempo, expulsar-me da sua casa.

Já perdi a conta dos perdões que ela me pediu. Isto porque hoje a esposa do ex-governador, e atual governadora do Rio, também pertence ao Senhor Jesus. Passou por uma experiência linda de conversão iniciada numa tarde em que numa oração que fizemos uma resposta incontestável de Deus a convenceu de que seu marido não estava meramente passando por uma experiência psicológica, mas tendo contato com a realidade, pois não servimos, nós cristãos, a um conceito filosófico, mas a um Deus vivo, que criou os céus e a Terra pelo poder da sua palavra e no tempo e no espaço ressuscitou seu único Filho que enviara para nossa salvação.

(...) Não há nada de que o Brasil mais necessite. Reformas políticas devem ser feitas, mudanças no panorama social realizadas, justa distribuição de renda implantada, mas como chegaremos lá com esta natureza de bode que temos e que já nos levou a produzir duas guerras mundiais? E caso tal milagre ocorresse, que sentido haveria em se viver num mundo onde a origem de tudo é o acaso e onde o que nos aguarda é o retorno ao pó, perante a desatenta frieza surda do cosmo?

E nós, cariocas, ficamos assim, na base do "seja o que Deus quiser".
 

3 de julho..Gustavo Barreto
..............................................

"Ex-trotskista"

(...) O ministro Palocci tem defendido a “modernização” das relações de trabalho, a implantação da Alca, o arrocho salarial para os empregados da iniciativa privada e servidores públicos, o fim do regime público de previdência, a instituição dos fundos de pensão, as taxas exorbitantes de juros, a ausência de correção da tabela do imposto de renda e a eterna proteção aos mercados e aos seus agentes.

Se ele fosse trotskista, é evidente que não estaria, como também não aceitaria estar, sequer no terceiro escalão da equipe do Executivo. Mas, mesmo não o sendo, não precisava exagerar na cooptação, tarefa peculiar da deformação stalinista ao longo do século XX.

Por Grijalbo Fernandes Coutinho no Consultor Jurídico
 

2 de julho..Gustavo Barreto
..............................................

"Possuído pelo espírito das trevas"

Acreditem: essa foi a justificativa de pastores da Igreja Universal para agredir o funcionário público Alcione Saturnino dos Santos, em Campinas, há três anos.

Santos estava tendo um ataque epiléptico.

A Justiça de Sumaré (SP) condenou os "religiosos" a pagar R$ 10 mil de indenização por danos morais, mas ainda cabe recurso.
 
 

Primeira Página | Opinião | Pequenos detalhes
..Consciência.Net