Pequenos Detalhes
Maio de 2004

________________________
[Gustavo Barreto]
31 de maio

Nacionalismo tupiniquim
"Hino nacional? Tem jogo da seleção hoje?"

________________________
[Gustavo Barreto]
29 de maio

Manifesto em defesa dos Capiberibe
Participe da luta pela anistia do senador Capiberibe e da deputada Janete que tiveram seus mandatos cassados injustamente sob a alegação de compra de votos nas últimas eleições. Ajude a corrigir o erro contra dois parlamentares que são inocentes e têm uma longa história de serviços prestados ao povo brasileiro. Para saber mais e assinar o manifesto, clique aqui

*

Nova onda
Na quinta-feira, em plena Central do Brasil, no Rio, uma senhora estava empolgada com a volta da onda dos vampiros. "Eu sempre acreditei neles".

De nada adiantou explicar que se tratava de uma referência aos acusados da Máfia do Sangue.

Imagina quando ela souber que a Justiça mandou soltar 11, só ontem. Vai ser um frisson só!

*

Nova obra a caminho
A convite do governo federal, chega ao Brasil amanhã (30) o Relator Especial da Comissão de Direitos Humanos das Nações Unidas (ONU) para Moradia Digna, Miloon Kothari.

Especula-se que Kothari esteja escrevendo uma nova obra de ficção sobre o assunto, e escolheu, portanto, o Brasil.

*

É tudo mentira
O ministro Luiz Fernando Furlan negou nesta sexta (28) que aumento do PIB seja apenas por exportações. Segundo ele, os resultados do primeiro trimestre "confirmam a percepção" de seu Ministério, de que a economia brasileira retomou o caminho do crescimento.

Ele também disse ser falso o boato de que duendes cor-de-rosa tenham aparecido em seu gabinete durante a noite anterior. "Foram visões que tive, nada mais", rebateu.

________________________
[Gustavo Barreto]
28 de maio

Tática da mídia
Aviso: Esta seção é diária. Portanto, mesmo contra nossa vontade, temos que encher este espaço.

Até amanhã.

________________________
[Gustavo Barreto]
27 de maio

Abaixo a fumaça!
Um juiz deu sentença desfavorável à Souza Cruz e revogou a liminar que permitia o funcionamento do equipamento "Smoking Point", no aeroporto internacional do Rio de Janeiro.

________________________
[Gustavo Barreto]
26 de maio

Breaking News
Procurador Geral e Secretário de Justiça dos EUA John Ashcroft faz alerta: Inteligência norte-americana avisa que Al-Caeda vai atacar a Terra da Liberdade nos próximos meses.

O motivo de bin Laden é o mesmo: ele ainda está meio puto porque os americanos são livres demais. Isso incomoda o saudita de forma decisiva.

O ataque ocorrerá a qualquer momento a partir de... agora!

________________________
[Gustavo Barreto]
25 de maio

O sentimento do mercado
No Brasil de Fato desta semana: "Depois do Dia das Mães, vem o Dia dos Namorados. E depois o Dia dos Pais. E então o Natal... O mercado usa a mídia para mexer nos nossos sentimentos, para então ao chegar ao nosso bolso, o principal objetivo. Atores, atrizes, modelos apelam para o nosso coração. Funciona: se você não compra um presente, no mínimo, vai ficar com um bruta sentimento de culpa."

*

Dedução
O jornalista é, na verdade, um espremedor desta grande laranja que se convencionou chamar de mundo.

Mas cada um escolhe seu caminho: uns preferem ser descascadores de abacaxi. Outros, chupadores de manga.

________________________
[Gustavo Barreto]
24 de maio

A revista-símbolo do atraso
Quando você pensa, ao assistir às torturas no Iraque e o massacre aos palestinos, que o desprezo pela vida humana chegou ao limite, eis que surge algo ainda mais impressionante. Há publicações que apóiam a barbárie. Leia mais aqui

________________________
[Gustavo Barreto]
23 de maio

Bush cai da bicicleta
Não é piada, está em O Globo de hoje: "O presidente dos EUA, George W. Bush, caiu da bicicleta ontem em seu sítio no Texas. A Casa Branca disse que ele sofreu pequenos arranhões no queixo, no lábio superior, na mão direita e nos dois joelhos . Bush, de 57 anos, havia pedalado 25 quilômetros quando se acidentou."

________________________
[Gustavo Barreto]
22 de maio

Matemática da enganação
Em O Globo de hoje, título: "Ipea: mercado de trabalho saiu do fundo do poço".

Já no segundo parágrafo: "Nas seis principais regiões metropolitanas do país, o desemprego cresceu para 12,8% em março, contra 12,1% no mesmo mês do ano passado, segundo o IBGE. E, na Grande São Paulo, a taxa atingiu o recorde de 20,7% no mês passado, de acordo com o Dieese/Seade, que usa metodologia diferente. O IBGE apresenta na próxima semana sua pesquisa de abril."

Ué, então como é que saímos do fundo do poço?

"O número de ocupados cresceu 1,6% no trimestre e não há indício de uma expansão econômica tão vigorosa nesse período, afirma Lauro Ramos, economista do Ipea."

Alguém entendeu? Mesmo que correto o indicador ("mais ocupados"), justifica o título otimista?

________________________
[Gustavo Barreto]
18 de maio

O inviabilizado
O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, sinalizou nesta terça-feira (18/05) que a revisão da tabela do Imposto de Renda poderá não ser feita este ano. Para Palocci, a revisão do IR esbarra no Orçamento em andamento.

Segundo especialistas, só neste mês o Orçamento inviabilizou o aumento do mínimo, duas vitórias do Flamengo e uma posição mais ofensiva por parte do técnico da Seleção Brasileira. "É tudo culpa do Orçamento", ressaltou.

"Precisamos ter em mente que o governo tem neste ano um orçamento em andamento e, na parte de tributos, trabalhamos tanto com a questão da tabela do IR, que arrecada tributos, como com as políticas distributivas...Você não pode comprometer receitas e querer ampliar despesas. Meu papel aqui é de fechar a conta", afirmou o ministro, que neste ano já fechou cerca de 200 contas só no Banco do Brasil.

*

Tá chegando!
O New York Times de hoje publicou uma matéria afirmando que o planeta Vênus ficará entre o Sol e a Terra em junho após 124 anos. "O mundo está prestes a testemunhar um raro espetáculo", diz o NYT.

Especialistas acreditam que a mudança é apenas técnica e não deve alterar a organização do time de astros. Segundo os cientistas entrevistados, a luz do Sol é o que mais contribui para os péssimos resultados do atual sistema.

O governo norte-americano emitiu nota dizendo que o fenômeno nada tem a ver com o jornalista Larry Rohter.

*

Idéia de nome
Se o IBOPE fosse usado para medir o índice ético dos programas, bem que poderia se chamar "Índice Boff de Padrão Ético".

Mas as nobres idéias do filósofo andam em baixa hoje em dia.

*

Haikai
Santa Maria
Santa Ceia
Santa, sei.

________________________
[Gustavo Barreto]
17 de maio

Pergunta
Se, ao pegar um táxi, você paga menos no horário comercial, por que com as empresas de telefonia é ao contrário?

*

Aos cariocas
"Nossa querida amiga Renée de Carvalho (esposa de Apolônio de Carvalho) está atravessando um período de anemia severa e precisa de diversas transfusões de sangue. Seu tipo sanguíneo é, entretanto, algo raro — O negativo. Não é difícil, nem dolorosa, nem perigosa a doação. Ao contrário, sabemos o quanto é dramática a situação de reservas de sangue no Brasil. Por favor, entrem em contato com o Hematologistas Associados - R. Conde de Irajá, 183 - Botafogo, telefones: 2537-7440. O horário para coleta de doações vai de 07:30 às 16:00. Abraços solidários a todos, Virgínia Fontes"

________________________
[Gustavo Barreto]
16 de maio

O olhar do embaixador
(...) Teve início ali uma relação que me abriria não apenas as portas da compreensão do país, mas dos próprios mecanismos do poder mundial. E muito mais, princípios básicos de cultura, de direitos individuais, fundamentos da civilização, que me eram repassados em cada conversa, em cada entrevista, com a objetividade dos que sabem identificar o relevante.

Luís Nassif sobre Walter Moreira Salles, na Folha de hoje.

*

Pois é
Realidade plena se vive, não se conta.

*

É ele

— É ele.

— Quê?

— É aquele cara ali.

— O que que tem aquele cara ali?!

— Ele é aquele cara que eu te falei.

— Quando?!?

— Aquele membro da esquerda que eu sempre te falo.

— Pô, pensei que você conhecia alguém assim.

— Não, eu sempre soube que ele existia. Agora ele finalmente apareceu. É aquele cara ali.

— Como você tem certeza?

— O perfil. Impossível não ser.

— Só por causa do cabelo?

— Não. Tem mais. Veja o posicionamento dele. Ele está prestes a levantar e fazer uma pergunta para os palestrantes. Típico. Ele está discordando de tudo.

— Sei.

— Mas não quer admitir. Ele finge ser um burguês. Perceba o óculos. Quase que me engana. Mas ele tem, pode apostar, uma tese leninista para cada argumento do palestrante.

— Que argumento? O cara só fala da vida dele.

— Mais uma tese. A família. A obsessão pela tradição familiar. Você não perde por esperar.

— Sei.

— Veja! Ele está levantando.

— E?

— Meu Deus, ele está vindo na nossa direção! Não disse?! Ele nos descobriu! E agora, o que faremos?

— Vamos nos defender? Dá um tempo, o cara se levantou, e daí?

— Não vai dar outra. A direção é uma só.

[O homem chega perto e se abaixa discretamente]

— Por favor, vocês sabem onde fica o banheiro do hotel?

— Ali, à direita, depois à esquerda.

— Muito obrigado.

[Silêncio de um minuto]

— Não disse? Um baita d'um leninista.

________________________
[Gustavo Barreto]
15 de maio

"Eu não sou homem, eu sou jornalista"
Esta frase foi dita por Jorge Kajuru, aquele apresentador gordinho da Band que fala sobre esportes. Depois de ter sido chamado de "burro" por um lutador de boxe, o apresentador rebate, chamando o lutador de "covarde", na frente dele, ao vivo, por ter batido em um outro lutador já caído. Leia mais

________________________
[Gustavo Barreto]
13 de maio

Entenderam?
Helio Fernandes comenta na Tribuna da Imprensa de ontem: "Só para saberem, colocarem nas fichas e pensarem no problema. Um policial fardado em Nova Iorque recebe entre 52 e 57 mil dólares por ano. (Nos EUA todos os cálculos são por ano). O que significa um pouco mais de 4 mil dólares por mês, igual a 12 mil reais. Entenderam?"

________________________
[Gustavo Barreto]
12 de maio

Entenda como quiser
A reportagem do New York Times acerca dos hábitos alcoólicos do presidente Lula vai entrar para os anais do jornalismo marrom.

Sempre assim
Esta disputa entre o NYT e o governo brasileiro será a eterna luta entre a ética jornalística e a liberdade de expressão. Quando ambos os lados estão errados, cada um com seu equívoco, a briga só tende a se acirrar.

Óbvio
O governo errou em querer expulsar o jornalista.

Mais óbvio ainda
Foi uma das reportagens mais mal feitas de toda a história da publicação, afirmam especialistas.

Bush X Lula
Estão dizendo que sempre fizeram o mesmo com Bush. Não é verdade, porque nenhum grande jornal brasileiro colocou em destaque, num domingão, os deslizes vários do presidente norte-americano, seja no português dramático, na bebida que persegue ou no pretzel de Bush.

Uma coisa é uma coisa
Piadinha em coluna secundária é uma coisa. Reportagem "jornalística" é outra coisa.

Inquestionável
Continuísta, sem projeto, pode-se falar muito de Lula, sempre dando direito de o outro discordar. Mas a vida política (no amplo sentido) de Lula é inquestionável.

Vocês se lembram?
Tanto que o Serra procurou exaustivamente uma prova contra ele e disse, durante a campanha de 2002, que iria anunciar uma informação-bomba alguns dias antes das eleições. Depois nada.

Aliás...
Dizer que é o mesmo que FHC, nem perto. Quando nós iniciamos o governo anterior, em 1995, cada brasileiro devia (dívida líquida) R$ 1.000. Quando chegamos a fevereiro de 2002, devíamos R$ 5.300, cada brasileiro, ou seja, mais de cinco vezes. Pulou de uns R$150 bilhões para mais de R$900 bilhões.

Dedução
Isto é corrupção. Era preferível que o presidente estivesse bêbado e sem rumo. Não é o caso de Lula. Ele está apenas mal assessorado.

'Desprezível'
Jorraram artigos e comentários afirmando que a atitude do jornalista foi desprezível e que, portanto, deveria ser ignorada pelo presidente. Enquanto tais articulistas condenam a reação do governo, eu me pergunto: se foi desprezível, porque estes mesmos comentaristas decidiram escrever sobre o assunto? Seriam eles também... deixa pra lá.

A lupa midiática
Essa reportagem do NYT não veio naturalmente: foi coisa imposta, de cima para baixo, e como toda mentira contemporânea tem sempre um fundo de verdade, aumentada à décima potência pela mídia e transformada em "preocupação nacional". Sabemos que é disso que a mídia vive: recoloca ou reafirma os níveis hierárquicos das nossas "preocupações".

Exemplo
Como em edição recente do jornal O Globo, que pouco se importa com os hospitais municipais em crise no Rio, mas quando aumenta o preço do plano de saúde, privado, é letra 36, primeira capa, edição de domingo, gráfico e o escambal, com direito a continuação no RJ-TV / JN de segunda.

Em outra dimensão
É onde estão os grandes grupos de mídia, aqueles que controlam a liberdade de expressão. "Calem-se, idiotas, não se metam na nossa própria realidade. Somos livres para inventar, de acordo com a primeira emenda da Constituição".

Hipocrisia
É realmente desgastante ver Bill Keller, editor-executivo do New York Times, falar em "liberdade" de expressão em meio aos latifúndio midiáticos. E ainda o tratamos como se fossem guardiões das nobrezas do jornalismo.

Leia artigo sobre o tema.

________________________
[Gustavo Barreto]
10 de maio

Todo mundo, menos ele
Apesar da forte resistência do compositor Chico Buarque às leis impostas pelo regime militar, o primeiro grande ato de desobediência do artista foi em relação à lei da Natureza, naquele artigo que diz: "Todo mundo envelhece".

Por que, Deus?
Nos anos 80, o estado de Goiás, juntamente com seus moradores, ficou estigmatizado por conta do elemento radioativo Celsio 137, criando um preconceito injusto no imaginário do brasileiro.

Nos anos 90, foi novamente em Goiás que nasceu um terrível mal,  cuja substância, uma vez dentro do seu cérebro, pode nunca mais sair.

Fique longe dos rádios, apenas por precaução.

________________________
[Gustavo Barreto]
8 de maio

Lula e o "álcool" no New York Times
Lamentável e completamente repudiável a "reportagem" do New York Times deste domingo [09/05/2004], denominado "Hábito de beber de Lula se torna preocupação nacional". O preconceito e a ausência de sensibilidade política são a tônica do texto. Leia aqui

*

União: existe outra marca de açúcar?
Que crise. Não existe outra marca de açúcar. Se existe, eu nunca vi. Se eu nunca vi, não existe. Pelo menos para mim. É algo como um monpólio visual. Aposto que ninguém sabe o nome da outra marca, se existir. Eu aposto uma embalagem da outra marca como não existe.

O Nescau pelo menos tem o "tódinho" como concorrente, que todo mundo conhece mas quase ninguém compra.

A Nestlé faz açúcar? Não, por favor, não me digam que a Nestlé é dona da União. Até porque quase tudo o que a Nestlé faz engorda. Nem que seja o bolso dos donos da Nestlé. Até a água da Nestlé — a puri laifi — engorda, neste caso, o número de descontentes com a empresa em São Lourenço, onde ela explora os recursos hídricos de forma irresponsável.

Mas a dúvida persiste: existe outra?

*

O que você faria?
Você está na fila de um filme esperados há anos. Passa alguém na fila e conta o final e a cena mais importante. O que você faria com uma pessoa dessas? No mínimo, chamava o exército norte-americano para dar um jeito no sujeito.

Então faça isso com o editor de Cultura do jornal O Globo de 08/05/2004, que contou o que aconteceu na cena mais esperada da série "Friends" nas três primeiras linhas da matéria. O último programa passou nesta quinta nos EUA e só será exibido em junho no Brasil. Mas muita gente, a contra-gosto, já sabe o final.

________________________
[Gustavo Barreto]
7 de maio

Difícil acesso
Apesar das idas e vindas, na rota Brasília-Fortaleza-Brasília, tem sido quase impossível para os jornalistas ouvir os parlamentares do Ceará da suposta esquerda. A única exceção é João Alfredo, que até o momento tem mantido a coerência.

Os outros dois federais da bancada: Inácio Arruda só passa correndo, enquanto José Pimentel deve embarcar durante a madrugada e assim mesmo disfarçado. Já o vereador José Airton, presidente regional do PT, só chega na hora do embarque.

As informações são do Diário do Nordeste de ontem.

*

A expectativa é geral
Segundo a rádio CBN, o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Donald Rumsfeld, deverá pedir desculpas hoje ao Congresso por não manter os parlamentares informados sobre os abusos de prisioneiros iraquianos.

Os historiadores afirmam que esta é a primeira vez em vinte anos que um americano admite que errou. Durante os anos 80, o presidente Reagan também teve que ceder e afirmou ter apostado no Knicks. Na ocasião, o time havia perdido para o Nets, também de Nova Iorque.

Reagan, lembram os estudiosos do tema, não pediu desculpas ao Congresso. Muito menos aos iraquianos, que não gostam de basquete nem dos Nets. Com a crescente liberalização do Oriente Médio, eles estão preferindo jogar rugby completamente pelados.

*

Esclarecimento
Se alguém se sentir ofendido com a divulgação das fotos do link acima, dirija a crítica para os autores da obra. Lembre-se que se algo parecido acontecesse com europeus ou norte-americanos — toc, toc, toc — o mundo já teria bombardeado seus autores com apoio da população ou pouca resistência, como foi no Afeganistão.

Somos contra todo e qualquer tipo de hipocrisia.

*

Recados filosóficos I
Quando eu viajar, por favor Hegel minhas plantas.

Recados filosóficos II
Quem Kant seus Marx's espanta.

Classificados
Vendo minha dignidade. Troco esperança por comida. É de sonhos que faço minha vida, mas não seria nada mal um feijão, só para variar.
 
 

________________________
[Gustavo Barreto]
6 de maio

Exclusivo
Bush e Cheney contam tudo

Não deixe de ler a transcrição completa do depoimento conjunto de Geroge W. Bush e do vice-presidente Dick Cheney para a Comissão que investiga os atentados de 11 de setembro. Clique aqui

*

Nada a declarar
"Na quinta-feira, dia 10 de abril, os alunos do terceiro período do curso de Produção Editorial foram designados a tirar fotos na Praça da Liberdade e a escrever um texto sobre o acontecimento para a aula de Redação Editorial. Tarefa fácil para aqueles que se conformam com sua própria mediocridade.

As tentativas foram várias e os assuntos os mais diversos. Programas culturais e dicas de restaurantes para aqueles que ficam em casa no feriado, a tristeza presente na vida das pessoas na celebração da morte e ressurreição de Cristo, pessoas que se escondem atrás de sorrisos e a incessante vontade de fazer um simples texto significar algo. De temas esses tópicos passaram a ser obstáculos e a comodidade se instalou em mim. Minha avó sempre dizia que se não temos nada de bom para dizer às pessoas é melhor ficarmos calados.

Um momento é tudo que se pode esperar da perfeição. Nada mais."

De Lucas Lanza Pena. Achado aqui, por acaso.

*

Não é nada mesmo
Comentário de Ancelmo Gois: Pesquisa feita na cidade baiana de Bom Jesus da Lapa deu FH com 46% e Lula com 42% para a eleição de 2006. Não é nada, não é nada... não é nada.

________________________
[Gustavo Barreto]
4 de maio

Cripto-Anarquia
“Um espectro está assombrando o mundo moderno, o espectro da cripto-anarquia. A tecnologia de computação está prestes a dar a indivíduos e grupos a capacidade de comunicar e interagir de um modo totalmente anônimo...

O Estado, é claro, tentará desacelerar ou deter a difusão desta tecnologia, citando preocupações de segurança nacional, seu uso por traficantes de drogas ou sonegadores de impostos e temores de desintegração social...

Mas isso não deterá a difusão da cripto-anarquia. Assim como a tecnologia da imprensa alterou e reduziu o poder das guildas medievais e a estrutura de poder social, do mesmo modo os métodos de criptografia alterarão fundamentalmente a natureza das corporações e a interferência governamental nas transações econômicas...

Esta descoberta aparentemente menor, saída de um ramo arcano da matemática, virá a ser os alicates que desmantelarão o arame farpado erguido em torno da propriedade intelectual. Levantem-se; vocês não têm nada a perder a não ser suas cercas de arame farpado”.

Timothy C. May, Manifesto Cripto-Anarquista, 1988

*

Projeto de nação
Nos seus discursos, o ministro Tarso Genro tem defendido repetidamente a participação da sociedade na elaboração de propostas para a reforma universitária.

Algumas de suas propostas: instauração de conselhos de controle externo nas universidades, formados por membros da sociedade; criação de universidades públicas não-estatais, de iniciativa privada mas com fiscalização e controle do governo; e interação das universidades com a sociedade e a economia, orientadas por um "projeto de nação".

As informações são da revista Caros Amigos, na edição 85 de abril de 2004.

________________________
[Gustavo Barreto]
2 de maio

A aberração mercantil
Nesta Europa que se pretende culta, a ideologia neoliberal que grassa entre os burocratas da União Europeia faz estragos. A última aberração da Comissão Européia é a pretensão de fazer com que as bibliotecas passem a cobrar pelo empréstimo de livros, quer sejam elas públicas, escolares ou universitárias.

A tramitação desta monstruosidade está em andamento. A Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (BAD) lançou um manifesto a protestar contra este barbarismo de lesa cultura.

A dica é do bibliotecário Eugenio C. G. Hansen. O manifesto está aberto à subscrição pública. Para assiná-lo clique aqui

*

Prefeitos que se cuidem...
Uma notícia divulgada nos principais jornais do mundo deixou os prefeitos em estado de choque. Centenas de moradores da cidade de Ilave, no sudeste do Peru, lincharam o prefeito da cidade, Cirilo Fernando Robles Cayomamani, acusado de corrupção.

Além do prefeito, outros assessores da prefeitura e policiais sofreram violência por parte da população enfurecida. Se a moda pega, muitos prefeitos brasileiros devem tomar cuidado. Muito cuidado.

*

Amor incondicional
Para se amar uma pessoa de forma incondicional é preciso não conhecê-la em todos os seus detalhes.
 



Primeira Página | Opinião | Pequenos detalhes

Consciência.Net