Pequenos Detalhes
Outubro de 2003
________________________
[Gustavo Barreto]
30 de outubro

Paradoxo da informação
No início do século 21, mundo vive um curioso paradoxo: nunca houve tanta informação nem tanta gente desinformada. A avalanche de informações sem qualidade é um desafio para quem quer um novo modelo de progresso, defenderam palestrantes da Icons 2003. Por Marco Aurélio Weissheimer, aqui

II Fórum Social Brasília
Será realizado entre sexta-feira, 31 de outubro, e sábado, 1° de novembro, o II Fórum Social Brasília, na Universidade de Brasília (UnB). O encontro serve de preparatório para o I Fórum Social Brasileiro, previsto para ocorrer entre 6 e 9 de novembro na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O IV Fórum Social Mundial (FSM) ocorre na cidade de Mumbai (ex-Bombaim), Índia, entre 16 e 21 de janeiro de 2004. Mais sobre os fóruns aqui; a agenda completa aqui

________________________
[Gustavo Barreto]
28 de outubro

Regionalização da Cultura
Participe da Regionalização da Programação Cultural, Artística e Jornalística assinando o manifesto e participando das atividades, aqui

***

Eles são bons
Como eu sou moderador de alguns grupos virtuais, descobri um detalhe que deve passar despercebido. Alguns hackers estão, pelo menos neste momento, mudando os links do mais popular programa de fóruns virtuais, o Yahoo groups. Ao clicar em links que deveriam servir para gerenciar os grupos, o botão direciona para sites como World Sex, entre outros.

Não sei bem se é problema do Yahoo, ou se eles entraram mesmo foi no meu computador. Fato é que mudam todo dia, sem exceção, a página inicial do meu navegador.

Enfim, eles são bons. E nós temos pouco tempo pela frente. Aproveitem a Internet enquanto é tempo.

***

Crimes do Latifúndio
“De acordo com ONGS e alguns promotores públicos com que o Relator Especial se reuniu em Marabá, a polícia é um grande problema na região e em outras áreas rurais remotas do país.

Geograficamente distante do sistema judiciário, a polícia civil, segundo os relatos, assumiria funções tanto policiais quanto judiciais a um só tempo, sendo que os promotores públicos e juízes confiavam inteiramente nos inquéritos policiais, sem questionar as formas como são realizados".

Notícia da CartaMaioraqui; conheça o Tribunal Internacional dos Crimes do Latifúndio, aqui

***

Rio 2004
"Os rumos da esquerda nas próximas eleições municipais do Rio de Janeiro dão sinais de mudança. Dentro do PC do B está sendo organizado um movimento para lançar a candidatura da deputada federal Jandira Feghali à Prefeitura do Rio no próximo ano.

O projeto prevê alianças, inclusive com o PT, que, neste caso, teria de abrir mão de candidatura própria". Jornal do Brasil aqui

Será muito difícil para a nossa revista - diria que impossível - escolher entre Chico Alencar (PT) e Jandira Feghali. Já entre a deputada e o outro candidato do PT, Jorge Bittar, vira piada. Em plenária interna do PT realizada ontem no CREA-RJ, Bittar declarou que seu governo estará em sintonia com Brasília.

Resta saber: para entrar na justiça contra os perseguidos da guerrilha do Araguaia, transformar secretaria de meio ambiente em jardinagem ou elevar em 20% o já enorme lucro do Bradesco?

Seria talvez para entrar em sintonia com a governadora Rosinha e repassar verbas da saúde para projetos assistencialistas (como propôs ele mesmo, Bittar, que é relator do Orçamento de 2004 da União). E se não der para cortar, tirar da infra-estrutura.

Não, já sei. Seria para reduzir em 18% as verbas das já falidas universidades federais. Ou reduzir ainda mais as verbas do MEC por conta do "equilíbrio das contas externas".

Não, não. O Bittar quer ser prefeito do Rio para prometer que vai dar ampla atenção à questão da segurança pública para, depois, investir nos primeiros dez meses apenas 10% do orçamento previsto, e 9% nas penitenciárias - como fez o planalto central até 10 de outubro.

E, para disfarçar, vira todos os holofotes para o necessário porém apenas complementar Estatuto do Desarmamento, que sem investimentos como estes tende a ficar inócuo.

É preciso lembrar que Jorge Bittar faria, sem dúvida, um melhor governo que Conde ou César Maia. Mas isso é mais fácil que roubar doce de criança.

É mentira dizer que o PT nunca foi governo no Rio. Esteve no comando do Estado por nove meses, inclusive com a participação de Bittar e cia., e foi o que foi. Passou longe de ser o que Bittar chama de "o jeito petista de governar".

Piada maior foi o atual vereador pelo partido e ex-secretário de Ação Social da Benedita, Adilson Pires. Segundo ele, o principal diferencial de Bittar é que "ele está com tesão para ganhar". Falou ainda que Bittar pode usar a máquina federal para se eleger no Rio. Quem estava na plenária ouviu, sendo que os "argumentos" acabaram, de fato, por aí.

Paulo Pinheiro, deputado estadual que atua na área da saúde, disse nesta oportunidade querer "um governo que faça tudo o que os outros governos não conseguem executar". Estamos pacientemente à espera deste governo em Brasília.

Carlos Minc completou a festa dizendo estar de acordo, sem ressalvas, com Bittar e a política do governo federal. Devemos deduzir que ele inclui a política ambiental nesse meio - e que está satisfeito com ela.

Nós, que gostamos de preservar nosso senso de realidade na política, ficamos com Jandira ou Chico. O resto é resto.

***

Assalto
"Eu não pego dinheiro emprestado no cartão de crédito e digo para os meus filhos não pegarem também. É caro demais".

A frase acima está estampada com letras grandes no alto da primeira página do jornal britânico The Daily Telegraph e não foi dita por nenhum consumidor às voltas com altas contas, mas pelo presidente do Barclays, Matt Barrett, um dos maiores bancos da Grã-Bretanha, mais aqui

***

Metrô domingo no Rio
O metrô tem até fevereiro do ano que vem para adequar seu horário de funcionamento que, segundo a Lei 4.203, sancionada ontem pela governadora Rosinha Matheus, aqui

***

Novo perfil de Ana Rachel, colaboradora ativa da revista, aqui

________________________
[Gustavo Barreto]
27 de outubro

A culpa é do sol
Correio Braziliense hoje: O Rio de Janeiro voltou a conviver com o terror. Ontem, no final da tarde, pelo menos 100 assaltantes fizeram arrastões nas praias de Ipanema, do Leblon e da Barra da Tijuca, levando carteiras, celulares, roupas e até chinelos de banhistas.

A polícia chegou atrasada, mas conseguiu prender 20 pessoas. E o carioca deve se acostumar com o fenômeno, segundo o delegado Marcelo Martins. "Com sol, vai ser sempre assim". Original aqui

Literalmente: tapando o sol com a peneira.

***

Vícios
"A disputa em torno dos bingos vai além das denúncias de irregularidades. Psicanalistas alertam que o bingo vicia como uma droga.

Para se ter uma idéia, 95% dos cerca de 450 apostadores compulsivos que freqüentam o grupo de auto-ajuda Jogadores Anônimos (JA) são viciados em bingo". O Globo, aqui

***

Você é o último da fila?
Opção um: "Não, eu sou o primeiro. Me vê um salgado, por favor".

Opção 2: "Fila? Puxa, pensei que estávamos brincando de sombra".

________________________
[Gustavo Barreto]
25 de outubro

Ironia
Mesmo falando em português, Lula é muito mais ouvido no mundo do que FHC era.

Nada sério
As Organizações Globo e a Prefeitura do Rio de Janeiro vivem de mãos dadas, mas estão só ficando.

________________________
[Gustavo Barreto]
22 de outubro

Ordem na casa
A deputada federal Luci Choinacki (PT/SC) debate a aposentadoria para as donas de casa (PEC 385/2001) no programa Sem Censura, da TVE, nesta quinta-feira. Apresentado pela jornalista Leda Nagle, o Sem Censura inicia às 16 horas.

Também estarão no programa o ator Luiz Fernando Guimarães (Os Normais), a cantora Tânia Alves e o jogador de vôlei de praia Emanuel.

***

Nova Lei das Falências
É bom conhecer, pois trata-se de tema fundamental para os trabalhadores. O PT do governo passado, oposição, foi contra uma série de pontos. Agora, diz que é bom. A posição do Planalto está aqui

O deputado Tarcísio Zimmermann (PT-RS) leu declaração de voto de integrantes da bancada do PT que votaram contra o texto. Eles argumentam que o projeto não trouxe avanços para os trabalhadores e manteve privilégios do Sistema Financeiro Nacional no recebimento dos créditos das empresas em falência, aqui

A Agência Câmara assim relatou, aqui

Maria Lúcia Fattorelli argumenta: "Essa lei é semelhante à imposta pelo FMI à Argentina ano passado, que fez com que empresas endividadas no exterior pudessem ser facilmente adquiridas pelos credores estrangeiros", aqui

Henrique Meirelles declarou no começo do ano que "reformular a Lei de Falências é absolutamente fundamental, na medida em que pode levar a uma queda substancial do spread".

Carlos Newton, ainda em abril, escreveu para a Tribuna da Imprensa: "Para os especialistas em Direito Falimentar, porém, esta tese é injustificável, porque já faz 58 anos que a Lei de Falências e Concordatas está em vigor.

De lá para cá, jamais algum economista, autoridade ou jurista veio a público criticá-la sob argumento de que suas normas teriam influência nas altas taxas praticadas no Brasil, único país onde os bancos, em período de baixa inflação, normalmente cobram juros reais de aproximadamente 160% ao ano no cartão de crédito e no cheque especial, e muitas vezes passam até de 200%". Leia aqui

________________________
[Gustavo Barreto]
16 de outubro

Medo justificado

Nesta quinta, fiz um convite para a exibição do vídeo da BBC sobre a Rede Globo. Foi enviado para toda a imprensa. Todos os principais jornais do Brasil receberam.

Pouco tempo depois de enviado, volta uma resposta da redação do jornal 'O Globo'. Queriam saber onde exatamente iria ser a exibição no Rio, já que no panfleto dizia apenas 'Praça XV'.

O detalhe é que a redatora esqueceu, provavelmente sem querer, de tirar a última parte do e-mail. Lá estava um e-mail dela mesmo, que havia repassado a informação para Ali Kamel. Nada demais, é claro. Mas, para quem não sabe, Kamel é um dos mais altos executivos das Organizações Globo, atual editor-executivo da Central Globo de Jornalismo (CGJ). No site Canal da Imprensa ele ganha fama de 'durão e competente', aqui

Kamel é quem defende com unhas e dentes que a Rede Globo foi imparcial ao relatar no Jornal Nacional as manifestações das Diretas Já, em São Paulo, no dia 24 de janeiro de 1984.

Contra ele, uma infinidade de jornalistas, muitos absolutamente consagrados, como Clóvis Rossi, aqui, e Mario Sergio Conti, aqui.

Citando Mario:
"(...) Nessas quase duas décadas, acho que li boa parte do que foi publicado a respeito. Conversei com dezenas de colegas da Globo. Entrevistei alguns deles e lhes fiz perguntas específicas sobre a campanha das diretas. Pois nenhum deles, jamais, defendeu a tese do “bom jornalismo”. Alguns falaram em “erro”, outros se referiram a “pressões”, muitos disseram que “foi feito o possível”. Nenhum deles se vangloriou do que foi levado ao ar. A começar por Roberto Marinho", original aqui

Mais trechos do livro de Mario, "Notícias do Planalto", você encontra aqui

Cada vez que a Globo tenta defender a péssima cobertura de um evento histórico e único, se enrola mais. Não é incomum ver iniciativas intelectuais contrárias à Rede Globo só porque um integrante da CGJ decide se defender de algo. Para cada defesa, no mínimo dez artigos contundentes. É o caso do jornalista Ivson Alves, aqui, ou via Comunique-se, aqui

Com razão a Globo vai à luta para fazer revisionismo histórico. Isso porque qualquer cidadão com dois neurônios ou mais que assistir ao vídeo "Além de Cidadão Kane" (da BBC de Londres), que terá exibições públicas neste 17 de outubro em São Paulo e no Rio de Janeiro, deve ficar furioso o suficiente para culpar a CGJ por muitos dos atrasos sócio-políticos que enfrentamos hoje.

O vídeo é simplesmente auto-explicativo. Ou você finge que não vê, ou entende como se mantém um monopólio de comunicação, controlando redes de TV por assinatura (Globosat, Sky e Net), rádios (CBN, rádio Globo), jornais (O Globo, Valor Econômico, Extra, Diário de São Paulo), revista (Época), internet (Globo.com), editora de livros (Editora Globo), gravadora (Som Livre) e uma produtora de filmes (Globo Filme).

Muitas vezes às custas do bolso do contribuinte.

Mais de 40% dos brasileiros vêem a rede Globo de televisão todos os dias. Nada contra a Globo em si: contra o monopólio da palavra, isso sim, temos muito a falar.

***

Bolívia: 'Valor Econômico' vacilou
Quando um jornal se permite o direito de fazer reportagens sobre outro país, ele deve ter no mínimo respeito pelos grupos políticos legítimos que formam a conjuntura local.

No caso da Bolívia, o jornal paulista Valor Econômico desta quinta-feira, 16 de outubro de 2003, contém um erro infantil. Não sei se por má-fé ou por ignorância, fato é que o jornal relatou a situação na Bolívia da forma mais superficial possível. Saiba mais, aqui

***

Vídeo sobre a história da Rede Globo
Documentário produzido pela BBC e boicotado no Brasil. Não perca, é nesta sexta, dia 17 de outubro, no Rio e em São Paulo. A produção foge do simplismo usual de muitos críticos das Organizações Globo e dá ampla argumentação, bem fundamentada, sobre a criação e crescimento da rede.

Rio de Janeiro aqui; São Paulo, aqui

________________________
[Gustavo Barreto]
15 de outubro

Memória
"A direção nacional do PT desautorizou decisões tomadas pela base do partido no Rio em três momentos nos últimos dez anos.

Em 1994, impôs a candidatura de Jorge Bittar a governador, apesar da vitória de Vladimir Palmeira nas prévias.

Em 1996, boicotou a candidatura de Chico Alencar a prefeito do Rio para não atrapalhar a aliança nacional com o PDT (o petista, que não teve Lula em seu palanque uma única vez, acabaria decolando e não indo ao segundo turno por apenas meio ponto percentual).

A última - e talvez mais dolorosa - intervenção aconteceu em 1998, quando a cúpula nacional petista desconsiderou a decisão da base por uma candidatura própria ao governo para apoiar Anthony Garotinho, então no PDT". Agência Carta Maior aqui

***

Conselho
Não percam as atividades que acontecerão em outubro e novembro, aqui

***

Sutil
Os chineses mandaram um de seus astronautas para o espaço. Os próximos serão os norte-americanos.

***

Ação
Os vereadores Eliomar Coelho (PT) e Mário Del Rey (PMDB) encaminharam denúncia formal à Mesa Diretora da Câmara Municipal do Rio contra o prefeito Cesar Maia por prática de infrações político-administrativas, quebrando a confiança entre o Executivo e o Legislativo. A nota é do jotabê onláine, aqui

***

O muro maldito
O leitor há de se lembrar que há algumas semanas a Casa Branca se disse contra o muro construído por Israel. A BBC esclarece, aqui

São Tomé e Príncipe
Entenda porque os Estados Unidos intervieram neste país durante recente crise política, aqui, anteriores no Giro Pelo Mundo

Produzindo dramas
"Pelo menos 30 blogs hospedados nos EUA citaram desde sábado matéria de um jornal do Estado de Washington, na costa oeste, sobre cartas idênticas enviadas por soldados americanos no Iraque para publicações de suas cidades de origem.

Segundo a notícia, 11 jornais americanos receberam o mesmo texto de 5 parágrafos que descreve os esforços das tropas americanas para reconstruir o Iraque e só enumera resultados positivos". Blue Bus, aqui

***

Metralhadora
Do deputado Fernando Gabeira, ao anunciar ontem da tribuna da Câmara sua saída do PT: "Eu digo claramente que sonhei um sonho errado".

Saiu atirando: condenou Lula por ter ido a Cuba e não ter denunciado a violação dos direitos humanos na ilha, disse que na área ambiental o governo é "um retrocesso" se comparado ao de FHC, que Collor foi muito mais audacioso na questão indígena, pois criou a reserva ianomâmi, e que o governo petista legalizou o plantio clandestino de soja transgênica, pois "todos sabem que as sementes são contrabandeadas".

E, não contente, ainda comparou os integrantes do governo lulista aos dirigentes comunistas do Leste Europeu, com "uma visão de produtivismo estreita, sem a compreensão das variáveis ambientais".

***

Café ajuda, maconha não
Novas pesquisas indicam que o café é positivo para a fertilidade, enquanto a maconha pode ser prejudicial.

As pesquisas foram apresentadas no encontro da American Society for Reproductive Medicine em Santo Antônio, no Texas, onde estão sendo analisados os efeitos de drogas sobre a fertilidade masculina. Da BBC, aqui

________________________
[Gustavo Barreto]
12 de outubro

Desigualdade
"Há um abismo salarial no município do Rio de Janeiro. A diferença de renda média entre os moradores da Lagoa, bairro onde os ganhos são maiores, e os do Jacarezinho, no outro extremo, é de 700%. Este é um dos resultados da pesquisa realizada pelo economista Marcelo Néri, da Fundação Getúlio Vargas". Jornal do Brasil deste domingo, aqui

***

Invisibilidade Pública
"(...) a desigualdade nas relações humanas produz efeitos que a própria Física não admite: seres humanos invisíveis. Garis, faxineiras, ascensoristas, profissionais tão necessários quanto quaisquer outros transformam-se em objetos aos olhos de uma sociedade desumanizada e neurótica". Editorial da revista acadêmica Claro!, aqui

***

Da política
Na política, você discute internamente e decide para, depois, tirar uma posição única. Em todas as organizações sociais é assim. Não dá para cada um sair por aí dizendo o que quer sem considerar a posição coletiva. Do contrário seria o personalismo do pefelê ou do Garotinho, por exemplo.

***

Lições valiosas
Torçam para que os rumos do governo sejam mudados, pois minha experiência com a História deste planeta nos mostra o evidente: se um governo de esquerda - ou que se diz comprometido com causas sociais - entra e decepciona durante muito tempo, o próximo governo é o que tem de mais conservador no país.

Provavelmente o PFL à frente, com toda a hipocrisia e vínculos com o latifúnido e o mercado financeiro. Coisa bem pior do que o que temos em Brasília, não tenham dúvida.

Vejam o caso da Itália, da França, das eleições municipais na Inglaterra (aqui), e dos países da Europa de uma forma geral. Sobre isso, leia o que pensa Emir Sader, aqui. Então, caros, pensem positivo e trabalhem, sem preconceitos partidários, para que o PT mude seu rumo e retome o discurso histórico.

Se não conseguirmos melhorar este país minimamente em quatro anos, o que vem pela frente é o fascismo e o clientelismo do que tem de pior na nação.

________________________
[Gustavo Barreto]
11 de outubro

Friends

"A temporada final de Friends começa a ser exibida no Estados Unidos nesta quinta-feira.

A comédia Friends tem sido um dos shows de mais sucesso desde que começou a ser exibida, em 1994, tendo recebido vários prêmios, inclusive o de melhor comédia, na entrega dos Emmy - o Oscar da TV americana, em 2002". Da BBC, aqui; Na NBC, aqui

***

Terceira Idade
Já está disponível na Internet o Estatuto do Idoso, lei nº 10.741, sancionado pelo presidente Lula, aqui

***

Caos
"Um worm transmitido pelos programas de mensagens instantâneas, como os populares ICQ e MSN Messenger, poderia infectar meio milhão de computadores em meio segundo.

É o que mostram simulações feitas por pesquisadores da Symantec, empresa americana especializada em antivírus". Revista Galileu aqui

Alguns vírus enganam e levam o usuário a abrir os arquivos anexos 
Os ataques a computadores por vírus e hackers aumentaram 20% nos primeiros seis meses deste ano, de acordo com uma pesquisa da Symantec, uma firma que desenvolve programas antivírus.

Os hackers estariam descobrindo os "furos" na segurança e combinações de códigos nos programas cada vez mais rapidamente, utilizando-os para danificar os sistemas. BBC Brasil aqui

Carl Sagan
"Nós criamos uma civilização global em que elementos cruciais - como as comunicações, o comércio, a educação e até a instituição democrática do voto - dependem profundamente da ciência e da tecnologia.

Também criamos uma ordem em que quase ninguém compreende a ciência e a tecnologia. É uma receita para o desastre. Podemos escapar ilesos por algum tempo, porém mais cedo ou mais tarde essa mistura inflamável de ignorância e poder vai explodir na nossa cara".

[SAGAN, Carl. O Mundo Assombrado pelos Demônios (The Demon-haunted World), Cia das Letras, 1997, Sao Paulo, pg. 39.]

________________________
[Gustavo Barreto]
10 de outubro

Prévias do PT no RJ
Começa uma importante fase para o Partido dos Trabalhadores no Rio de Janeiro. A esquerda do partido lança um candidato forte, bom de voto, que tem tudo para ganhar a prefeitura na Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Seu nome é Chico Alencar.

Calma, não é tão simples assim. A corrente majoritária do partido - a Articulação - defende outro nome: Jorge Bittar.

O mesmo que tem afinidade com Benedita e é o relator do orçamento de 2004. Votou 'sim' na Reforma da Previdência e vota sempre com o governo.

Nesta segunda (13), haverá debate entre os dois, com a presença do presidente do partido, José Genoíno. Sobre a conjuntura, leia "Sair da contramão", aqui

Até as pedras sabem que o nome ideal, o Chico Alencar, não ganha nas prévias que definirão o candidato à prefeitura. Questões internas.

O Chico é de um campo minoritário, o que costumam chamar de "inquietos", ou ainda "radicais moderados".

Por que melhor? Porque ganha. O Bittar está longe da base, não tem nome. Já o Chico foi o mais votado do partido, sexto colocado geral no Estado.

Nada mais nada menos que 169.131 mil votos.

Além disso, é muito mais crítico a esta "continuidade sem continuísmo" (lembram do Serra?). O Bittar se acomodou no cargo de dirigente do partido e obedece ordens de uma forma que não agrada a nenhum dos petistas históricos no Rio.

Correria
Eliomar Coelho, vereador petista, comenta: "O Diretório Municipal do PT, em reunião no último sábado, marcou a prévia para escolher o candidato do partido à Prefeitura do Rio para o dia 7 de dezembro.

Na ocasião, foram colocadas duas propostas de data. Uma, defendida pelo apoiadores da pré-candidatura Chico Alencar, de que a prévia fosse realizada no dia 7 de março de 2004, data que permitiria um maior tempo para promoção de debates e aglutinação em torno da candidatura que venha a representar o PT nas próximas eleições municipais.

A posição vitoriosa, dos apoiadores da pré-candidatura Jorge Bittar, defendia que a prévia fosse realizada o mais rápido possível a fim de que o partido pudesse apresentar logo o seu candidato".

***

Conselho
Comentário em uma reunião política: "Faz que nem o PSTU quando vai a debate: só tem 15 pessoas, mas leva 25 bandeiras e senta tudo na frente".

Não deixa de ser uma boa tática.

Veja o que acontece com o PT-Rio atualmente. Dizem que começou faz tempo, mas é mais evidente agora. Os núcleos - onde há o debate político democrático e nos quais a base popular se organiza - estão acabando. O Núcleo de Educação, por exemplo, não se reúne pra mais de ano.

Em Brasília, a saída de Fernando Gabeira (PT-RJ) é sintomática. Muita coisa piorou, por exemplo, na área ambiental.

Gabeira chegou a confessar que, durante o governo anterior, havia até uma pequena intenção de debate sobre os transgênicos. Agora, uma MP foi assinada pela presidência sem qualquer consulta mais profunda.

Não se trata só dos transgênicos. Diversas outras questões, como a fabricação de urânio enriquecido, estão desgastando o governo junto aos ambientalistas.

E o pior: a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, tem cada vez menos espaço na queda de braço com os outros ministérios.

O que o governo faz? Nada. Quer uma prova? Hoje era para acontecer uma reunião entre Gabeira e pessoas como José Dirceu (Casa Civil) e José Genoíno. A intenção era convecer o deputado a ficar no partido. Gabeira, cético, disse que iria, mas que nada esperava.

Genoíno chegou a afirmar: "Quero que Gabeira fique. Esse é um sentimento que tenho como petista". [Jornal do Brasil, 10.10.03]

Antes mesmo da reunião, um grupo de petistas, quase todos, assinaram um documento que pedia para o deputado reavaliar sua posição.

A piada ficou por parte do deputado Paulo Delgado (PT-MG), que não quis assinar e disse que "ia operar por outros meios".

Voltando à pseudoreunião, pasmem: Gabeira ficou uma hora esperando. Cansou, evidentemente. Foi embora. Matéria da Agência Carta Maior sobre as razões de Gabeira, aqui

***

Selvagem
Millôr Fernandes, sempre ele, trouxe uma questão importante. Pelo que sabemos, os animais selvagens atacam, em geral, para sobreviver ou se defender.

A administração Bush ataca militarmente apenas para demonstrar força, como comprova o documento A estratégia de segurança nacional dos Estados Unidos, lançado em 20 de setembro de 2002 pela Casa Branca e amplamente divulgado à época.

O documento diz que Washington não permitirá "que qualquer poder externo alcance a enorme liderança que os EUA conquistaram desde o declínio da União Soviética. (...) o país jamais permitirá que sua supremacia militar seja desafiada". [JB, 21.09.02]

Diante disso, Millôr ataca: "Quando, na selva, um animal ataca o outro só porque é mais forte, chama isso de lei da cidade". Mais aqui

________________________
[Gustavo Barreto]
7 de outubro

Manipulação
O ator, produtor e diretor Tim Robbins, conhecido por seu ativismo político, escreveu uma peça baseada na estratégia do Pentágono de enviar jornalistas ao Iraque junto com as tropas.

Batizada 'Embedded', vai estrear em 15 de novembro no The Actors' Gang Theater, em Hollywood. Nota do BlueBus, aqui

***

Software livre
O governo federal vai lançar dois editais para contratar soluções para uso próprio desenvolvidas com base em software livre.

Na segunda-feira (29), o Ministério da Ciência e Tecnologia lançou o primeiro edital, através do CNPq, no valor de R$ 2,3 milhões. Até o final de outubro, sai o segundo edital, de R$ 4 milhões.

O Globo online, aqui e aqui; Agência Câmara aqui

***

Lelé e DaCuca
Dois Comediantes, Lelé e DaCuca, invadem lugares públicos e empresas fingindo serem agentes do governo e distribuem lixo. Todos são obrigados a levar o lixo para casa devido ao excesso de sujeira encontrado nas ruas, parques, praias, escolas e principalmente pela falta de espaço nos aterros sanitários.

Essa é apenas uma das cenas protagonizadas pelos Treinadores da Alegria, uma cooperativa de atores que há sete anos tenta conscientizar empresários, funcionários e a população para o fato de que todos têm uma grande responsabilidade no bom funcionamento deste complexo organismo chamado Planeta Terra.

Nesses sete anos os Treinadores da Alegria já efetuaram mais de mil apresentações. Saiba mais, aqui

Rio de Janeiro humanista
"Candidatura só é petista quando vai bem além da pretensão pessoal. A que eu encarno é demanda coletiva em torno de um projeto. Quero ser prefeito da cidade onde nasci, na metade do século passado, porque já passou da hora do Rio ter um governo liderado pelo PT.

É preciso explicar qual: o PT de combate, de doutrina, de proposta solidária com horizonte socialista".

Por Chico Alencar, deputado federal, aqui

***

São Paulo humanista
Se você se interessa por projetos sociais e quer aprender mais sobre isso, eu aconselho, de coração, um seminário do Movimento Humanista.

O movimento, que existe em cerca de 110 países, tem uma experiência de 34 anos e é fortíssimo em São Paulo. E é na cidade da garoa que o evento acontece, dias 18 e 25 de outubro. Mais informações aqui

Em outubro, vem pro Rio, com previsão para dias 1o e 8 de novembro, na UERJ.

***

Falência na Saúde
O desembargador Binato de Castro, da 12 Câmara Cível, autorizou ontem a prisão do secretário estadual de Saúde, Gilson Cantarino, por causa da suspensão da distribuição do medicamento Interferom Beta, usado por portadores de esclerose múltipla, em O Globo, aqui

Como diria o Millôr, as pessoas estão morrendo no Brasil por "falência múltipla de órgãos". Órgãos municipais, estaduais, federais...


 
________________________
[Gustavo Barreto]
6 de outubro

Cuba libre
”No papo de Lula com Fidel, o brasileiro falou, sim, do caso dos 75 intelectuais dissidentes cubanos detidos. Contou que, aqui, a opinião pública acompanha com preocupação esta questão. Lula chegou a propor a Fidel a troca dos 75 por cinco cubanos pró-castristas presos em Miami”. Por Ancelmo Gois, aqui, primeiro de outubro, no jornal carioca O Globo.

***

Estado do Rio: R$ 100 milhões em publicidade
O deputado estadual Carlos Minc (PT) decidiu ajuizar uma ação popular, com pedido de liminar, para suspender o edital, que prevê para o dia 3 de novembro a licitação.

O pedido é fundamentado em dois argumentos.

O primeiro é a crise financeira do estado, que impede a governadora Rosinha Matheus de, por exemplo, pagar o 13 do funcionalismo de 2002. O segundo argumento é técnico: o deputado questiona o critério de melhor técnica, adotado pelo governo do estado para escolher as agências vencedoras. Original aqui

***

Leandro Konder
"Tomei conhecimento de um poema anônimo, que alguém enfiou por baixo da porta do apartamento onde moro. Desconfio que o autor dos versos seja Alberto, o velho sapateiro anarquista. Primeiro porque sei que Alberto comete poemas", aqui

***

Dança (dica de Pedro Doria)
"A propaganda de uma revista econômica russa foi tirada das praças, julgada imoral pelo Comitê de Propaganda do país. O editor da revista lamentou o incidente, constrangido. Explicou que, ao ver a imagem oferecida pela agência publicitária, creu tratar-se de jovial dança entre euro e dólar", aqui, aqui e aqui

***

Terrorismo?
Está no Globo de hoje: "O Brasil começará a produzir urânio enriquecido em escala industrial, anuncia hoje o ministro da Ciência e Tecnologia, Roberto Amaral.

A meta é garantir, até 2010, 60% do urânio necessário para alimentar as usinas nucleares de Angra e, até 2014, ter excedente para exportar". Original aqui

***

Opportunity
Assembléia marcada para hoje julgará pedido para destituir banco da administração de conglomerado de R$ 600 milhões, aqui

A revista CartaCapital dedica importante espaço sobre o senhor Daniel Dantas. A última reportagem está aqui

***

Outra do Doria
"Alguns dos cursos que o Instituto de Tecnologia de Massachussetts (MIT) oferece nas salas de aula estão disponíveis na web – ou, ao menos, os papéis que os professores distribuem. Notícia velha. Novidade: destes cursos online, alguns foram traduzidos para o português". MIT OpenCourseWare em português, aqui

________________________
[Gustavo Barreto]
4 de outubro

Rio, cidade maravilhosa
Duas notas me chamaram a atenção hoje na coluna do Ancelmo Gois [aqui], em O Globo, hoje:

Morte do Rio
"Veja como se dá a morte do Rio. Quinta agora, numa festa de estudantes de odontologia e medicina no Clube Maxwell, em Vila Isabel, seguranças exibiam armas e ameaçavam os jovens sem motivo. Diziam que nem adiantava reclamar à polícia, fazendo crer que muitos eram da própria."

Dá um dinheiro aí
"A promotora de eventos Eliane Cruz de Araújo dirigia seu Uno ontem na Avenida Ayrton Senna, na Barra, quando foi parada por um camburão do 31 BPM porque usava o celular. Confessou a infração e quis ser multada. Mas os dois oficiais pediram “uma gorjeta” de R$ 50.

Os policiais, acredite, escoltaram Eliane a dois caixas eletrônicos para o saque. Ela diz que pagou porque ficou apavorada. Está com medo, mas vai denunciá-los a seus superiores."

Sem contar, é claro, com o que tem acontecido com um dos poucos que enfrenta a bandidagem no Rio, Luiz Eduardo Soares, aqui

Duas semanas
Ficamos cerca de duas semanas sem trabalhar por conta de um vírus, o W32.Blaster.Worm. Não foi a primeira vez, nem vai ser a última. O que eles não sabem é que nunca vamos desistir. ;-)

Quem quiser o arquivo para consertar o problema, basta enviar um e-mail solicitando o fixblast.exe, fornecido pelo técnico em informática da revista, Sergio Cunha.

***

G-20 interno
"Os 20 governadores das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e do Distrito Federal anunciaram a criação do G-20, grupo que reúne os estados mais pobres para se contrapor, na reforma tributária, aos interesses do Sul e do Sudeste, o "G7" brasileiro.

O grupo acha possível impor mudanças no Senado, onde tem 60 das 81 cadeiras. O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), atacou o texto da reforma". [Folha de S. Paulo, 25.09.2003]

***

Bobeirinhas
A História do Mamute, com som, aqui. Dica de Ana Rachel.


Primeira Página | Opinião | Pequenos detalhes

Consciência.Net