Pequenos Detalhes
Fevereiro a setembro de 2002
.
[em 27/09/02]
1 - Vamos deixar logo bem claro essa merda: Hussein não têm arma de destruição em massa, tem em plutônio, em pólvora, massa é lance de italiano.

2 - É claro que os EUA não dão credibilidade pra ONU, ela nunca destruiu nenhum país inteiro, não é uma instituição terrorista, nem serial killer, logo não partilha da mesma lógica (?) nem dos mesmos valores do amável emBU$Ht americano.

3 - Pensamento de Gustavo Barreto em casa, meia noite e quarenta, antes de ir escalar a Pedra da Gávea: "Dar palestra é a melhor maneira de conseguir água de graça"

4 - O programa do Serra está um fogo cerrado contra o Lula. Depois de foder a saúde, levar ovo na lata (cês lembram da cena? Foi um estudante, porque será?) ser condecorado como "pai da dengue" e ser considerado o anti-carisma em pessoa, acho que o melhor seria tentar chorar no programa eleitoral. Outra coisa, aos que têm boa memória: vocês perceberam que o Serra tem a mesma maneira de discursar que o F.H. na época das entregas, ops, eleições passadas? Eles nem trocaram o marqueteiro. Mas como não trocaram as urnas eletrônicas não muda nada também.

5 - Têm uns candidatos divertidíssimos nas eleições no Rio, tem um deputado "Pé liso", tem o deputado "Pezinho", acho que tinha que ter também o "Pé de chinelo", o "Pé de valsa", o "Pé-rapado", o "Pé quebrado"... Mas nada é mais divertido do que o tal do Senador "mestre dos magos". É só prestar atenção que vocês descobrem quem é, só não votem nele!!!

6 - ALERTA: Hussein, acione a ONU para que faça uma investigação sobre um boato da existência de armas de destruição em massa sendo produzidas nos Estados Unidos.

7 - O divertido é ver como os candidatos tentam sorrir no horário eleitoral quando isso não  é da natureza deles, o Medina, por exemplo, range os dentes... O pessoal do PPB também.

8 - Aliás, falando no Medina, já perceberam que os cartazes que mostram ele sorrindo são pintados? Não tem foto, o cara REALMENTE não ri.

9 - Para não dizerem que eu sou unilateral e odeio o Tio Éfeagá: O governo FHC poderia ao menos fingir que "nada piorou" no Brasil, que só trocamos a nossa hiperinflação por um hiperendividamento... Legal seria ver eles defendendo as vantagens disso. Por exemplo defendendo as "grandes vantagens" de estarmos com a maior dívida pública da história...

10 - Com a invenção da pré-candidatura os programas partidários puderam deixar suas propostas para agora, na reta final, antes disso bastava um sorriso para, por exemplo, esconder as disputas internas no PSDB do presidenciável Aedes Serraegípti.

11 - Eu até agora não entendi, sinceramente, porque diabos o PFL não insistiu na candidatura Silvio Santos, acharia o máximo mudar o nome do estado do Rio de Janeiro para Show do Milhão, São Paulo para Baú da Felicidade, Rio Grande do Sul para Gugu-lândia e Piauí para Quem Quer Dinheiro.

12 - Os programas de Rádio e Tevê estão proibidos, pelo TSE, de denegrir a imagem dos candidatos à presidência. É claro que todos nós percebemos isso, principalmente na entonação com que os repórteres da Rede Globo dirigem as perguntas aos candidatos. Eles nunca desafiam nem são irônicos... imagina!

13 - A prioridade das candidaturas, antes de Lula forçar a barra, mostrando apenas programa de governo, era a de colocar na linha de fogo a pessoa do candidato e não o programa (liberando ele para fazer o que bem entender caso fosse eleito) e nem o partido (para os outros integrantes do partido continuarem fazendo merda). Obrigado Lula, por forçar aos candidatos a mostrarem seus programas, ou a inventarem um programa de última hora para mostrar ao povo.

14 - O Jornal Nacional, da Rede Globo, têm 75% do Ibope diário daquele horário, mas ele insiste em dizer que não influencia ninguém, assim como as suas pesquisas encomendadas. É o que se percebe, nenhuma influência.

15 - Muita gente, no Rio de Janeiro, vai votar no Lula e na Rosinha. Já que as pesquisas eleitorais não influenciam ninguém, das duas uma: ou as pessoas querem "testar" a eficiência do Lula colocando um angú de caroço no governo de um dos maiores estados da União "só pra sacanear", ou o pessoal tá achando que a Rosinha é aquela do Maurício de Sousa, vocês sabem, a do Chico Bento.

16 - A Globo News está fazendo propaganda para o Serra, que gracinha. Um documentário de meia hora falando dos avanços da saúde no Brasil e orientando para que os eleitores percebam os "projetos" dos seus candidatos para o campo da saúde. Eles são uns amores.

17 - Pelo que me consta, há, em média, uma pesquisa a cada dois dias nas ruas das grandes cidades do Brasil feita por cinco grandes institutos e até agora eu não conheço ninguém que tenha sido entrevistado, e você?

18 - Algumas pessoas acreditam que existe uma espécie de "limite do marketing" já que a candidatura FH + Globo + Estadão não decola. Sei não, seria como sushi e cafuné de manhã, requintado e bom demais pra ser verdade. Se o Lula ganhar é porque o Brasil tá na merda mesmo e aí eles podem desacreditar o PT fácil, fácil.

19 - Tá, tá, não pegou bem o Lula se aliar ao PL, mas o Ciro se dizer de esquerda e se aliar ao ACM... Ah, do que eu tô reclamando, o nosso Presidente "pardo" também têm um "pezinho na cozinha".

20 - Vamos adotar uma metaforinha divertida para os mecanismos da política. Quando o dólar chega a R$ 3,57 eu fico aqui pensando: Será que é tão importante assim ficar verificando o tempo todo o painel do carro e nem de longe pensar no caso de olhar qual é o estresse dentro do motor? [Renato Kress]


[em 09/08/02]
1. Agora se chama risco país e não mais o demoníaco "Risco Brasil", deve ter pegado mal mesmo pra Globo ficar veiculando abertamente seu asco pelo patriotismo... Que percam no Ibope!

2. As empresas nacionais não conseguem crédito, só as multinacionais instaladas no Brasil ficam com a grana emprestada do F.M.I., o próprio BNDES garante isso pra gente, que prático não é mesmo?

3. Para a grande mídia as bolsas americanas nunca caíram, mas agora apresentam uma recuperação fantástica... espera aí, recuperação de que? Ou ela está crescendo ou ela nunca esteve estável, como mostram as quebras de grandes empresas americanas como a World.com que está em concordata, com fraude de 7,15 bilhões de dólares. Os números da world.com estão derrubando as bolsas americanas. Os E.U.A. agora sofrem pelas fraudes que forjaram após o 11 de setembro.

4. Outra coisa: Todas as bolsas da Europa ficam em alta desde o 11 de setembro, o que dá até para desconfiar, não acha?

5. As ações da Petrobrás só sobem na bolsa, mas o governo continua sucateando a empresa. Agora acharam mais um poço de valor ainda não estimado, mas e daí? Bora vendê mermo...

6. Divertido os líderes europeus serem contra o ataque ao Iraque. Bush, inteligente como ele só, quer entrar sozinho na guerra. Agora os países europeus começam a se equiparar ao império americano e a Alemanha, por exemplo, já anunciou que está fora de qualquer ofensiva contra o Iraque. Porque será que logo a Alemanha?

7. A imprensa iraquiana diz que a história da família Bush vai ser repetida... Que os Estados Unidos violaram os direitos humanos em Hiroshima, Nagasaky, e que agora os iraquianos, se forem atacados, vão mandar o grande satã pro espaço. Se eles conseguirem eu mando um Kinder Ovo pra eles. [Renato Kress]


[em 26/07/02]
1. Não. O dólar não está subindo. Caiam na real, o Real é que está caindo. Os Estados Unidos estão na maior crise da história deles depois que o Tio Osama, muito espertamente explodiu as duas maiores concentrações de escritórios de empresas multinacionais.

2. TIRANDO DESPESAS COM JUROS, o governo teve 29 milhões de receita. Peraí, quanto foram essas despesas? Com certeza elas ultrapassam o falso superávicit.

3. Pelo amor de Deus, NÃO dêem seus votos a um candidato que passou anos nos Estados Unidos fazendo o mesmo curso que fez o Sr. Efeagácê fez para aprender a entregar o país. Não a Ciro.

4. Verstanden sie etwas? É o mesmo que você entende vendo notícias sobre bolsas de valores? Eles complicam de propósito. Explicando um pouco: Dow Jones não é o índice da bolsa de Nova Iorque, é o índice sobre negócios e negociatas feitos com equipamentos eletro-eletrônicos.

5. Jornalismo feito com matérias de gaveta é foda. A quantos anos sumiram cada um das crianças das que agora ocupam o tempo do RJ-Tv da Globo? Acho ótimo que estejam "ganhando espaço" na mídia. Só não acho bom que isso role agora pra desacreditar o governo Benedita da Silva.

6. Percebam: se infelizmente a Benedita perder a eleição para governadora do Rio, TODAS AS DENÚNCIAS CONTRA A PM E SOBRE A VIOLÊNCIA NO ESTADO VÃO DESAPARECER, talvez aos poucos, talvez de uma vez só. [Renato Kress]


[em 25/07/02]
· 1. Cúmulo. Paulo Coelho na ABL. Tristeza. José do Patrocínio já não merecia o neoliberal Roberto Campos, que já foi tarde, mas Paulo Coelho? Tenham dó dos defuntos...

2. A Globo é divertida. Faz propaganda do neoliberalismo, a completa ausência de Estado, e depois reclama do "Estado Paralelo". Pergunta: esse Estado é paralelo a qual outro Estado? Ao estado de insanidade ou ao de caos? Se ele for paralelo, estiver em paridade, com o Estado Nacional, tá beleza, que aí ele não manda nada e fica tudo por isso mesmo.

3. Conscientes.net, nesses tempos de eleição não me posso furtar a possibilidade de fazer propaganda escraxadamente: LEIAM CAROS AMIGOS, LEIAM PASQUIM, LEIAM CARTA CAPITAL. Obrigado.

4. Por favor, boicotem o RJ-TV da Globo. Está simplesmente imoral a campanha contra a Governadora Benedita da Silva não por ela ser mulher, não por ela ser negra, mas por ela ser mulher, negra e candidata do PT. Só dois pequenos lembretes sobre a "onda de violência no Rio de Janeiro": 1. Ela está ocorrendo por que o governo Benedita da Silva se recusa a compactuar com os traficantes e prefere combater a fazer acordos e levar um por fora. 2. A tal "sensação de insegurança" não abandona os cariocas simplesmente porque a REDE GLOBO não pára de fazer campanha repetindo essa mesma ladainha todos os dias, ao contrário do Jornal do SBT que ao menos agora está agindo com mais probidade.

5. Por que ao invés de inventar o Estado Paralelo no Rio de Janeiro, a Globo não fala do Estado do Espírito Santo completamente entregue ao controle do crime organizado? Até um ministro foi demitido por tentar combater a criminalidade capixaba.

6. Falando em "Estado Paralelo", quando é que vamos fazer uma festinha incendiária no escritório da CIA montado em São Paulo? Pro FHC soberania é lixo, e você, consciente.net, vai ficar aí concordando com ele?

7. Não votem no Ciro que compra as pesquisas do Ibope onde ele começa bem embaixo para sempre ter pra onde subir e Lula começa sempre em cima para ter pra onde cair, ok? Por favor, não confiem em pesquisa. Você já foi entrevistado em alguma? Melhor: Conhece alguém que tenha sido? Nem eu. [Renato Kress]


[em 10/07/02]
· Por que todos continuam chamando estas ações estúpidas dos Estados Unidos de "guerra contra o terrorismo", e não "guerra pelo petróleo"? Até a Rede Globo, representante-mor da alienação política no Brasil, já admitiu os interesses obscuros dos norte-americanos, transvetidos de preocupação humanitária. É muita hipocrisia. Diariamente. (Gustavo Barreto)
[em 20/05/02]

1 - É impressionante como o pré-candidato (que gracinha esse termo, me lembra pré-escolar, esses marqueteiros estão cada vez mais profundos) José Serra consegue não dizer absolutamente nada no seu horário eleitoral gratuito (atentem para o fato de o horário eleitoral do Serra ser "gratuito" e o do Lula ser "obrigatório", nas palavras da jornalista Padrão da Globo, a Ana Paula). Atenção para essa pérola da literatura tupiniquim expressa por nosso candidato que por si só já Vale: "Temos que ter em mente que o comércio exterior é de interesse nacional e que envolve uma questão de poder..." Bonito, não é? Ele poderia ter dito "brincar de bola é bom", teria a mesma relevância.

2 - Olha que divertido pessoal: das 33 maiores exportadoras instaladas no Brasil, você sabe caro leitor, aquelas empresas que TEORICAMENTE deveriam colocar nossa balança econômica numa coisinha chamada superávit muito salutar à nossa ecanomia (não, não foi erro de digitação nossa economia é uma eca mesmo), bem, das 33 instaladas aqui, 25 são estrangeiras, ou seja, apenas 7 brasileiras, do que se conclui que, quando o Brasil tem, segundo a Globo é claro, algum "superávit", quem ganha mais são as empresas estrangeiras. Legal, não? Isso você só vê no Consciência mesmo, que na Globo ou na TV a cabo só direitismos reacionários mal fingidos.

3 - Eu queria perguntar uma coisinha pra galera sucursal da Globo: por quê a necessidade de frisar a todo o tempo, inclusive nas chamadas durante os comerciais, o "alto nível" de educação do povo argentino quando se fala na crise? Seria uma boa frisar também que o povo argentino interage sim com a política do país, mas que ele interage com as informações dadas por uma mídia comprada. Ou seja, de que merda adianta interagir com a política se você está completamente amestrado? Isso os gracinhas do GNT, Globo News e mamãe Globo não falam. Preferem ficar demonizando a instituição "educação", ao estilo: vejam, fiéis, a educação em alto nível leva à  crise!!!

4 - O ABN-AMRO Bank recomenda não investir no Brasil, dizendo que com a candidatura do Lula o "Risco Brasil" sobe 3%. Mas o FMI e o Financial Times elogiam a política econômica do Brasil, enquanto isso nossos intelectualóides fingem estar desconcertados, perplexos, tadinhos, com as duas declarações. Bem, vamos explicar tudinho direitinho pros nossos leitores: Número um, o ABN recomenda não investir para fazer pressão sobre a candidatura do Lula? SIM, mas não é só isso, tenham sempre a mente mais aberta, sejam maliciosos, por favor. O que o ABN quer dizer é "não invistam no Brasil porque a economia já não se agüenta mais, há pouca coisa a ser privatizada e o Estado é um fiasco, completamente manipulável e subserviente aos nossos interesses". O que de forma alguma contraria o FMI ou o Financial Times, certo? CERTO, pelo simples fato do interesse do FMI ser o de desestabilizar e aniquilar com a economia brasileira para que nos sintamos honrados com a proposta de nos juntarmos à ALCA, portanto a política econômica brasileira, para o FMI e para o Financial Times, não poderia estar melhor. Deu pra entender?
  Ah, antes de acabar essa, duas coisas:
  Número um - O que o Lula disse sobre o "risco Brasil" ter subido 3% foi cortado na televisão, só saiu o rosto dele, mas sem som... Ele deve ter dito algo inteligente e não manipulável.
  Número dois - A direção do Banco no Brasil palhaçamente (se não existe eu inventei, e daí?) diz que não concorda que não se deva investir no Brasil, mas que gracinha, eles obviamente não querem perder acionistas aqui na terra do jeitinho.

5 - A Globo News está fazendo uma pressão absurda para o Brasil entrar na ALCA com matérias imbecis como a entitulada "Mercosul é pouco". Apelando para um ufanismo boçal e desmedido. Vou contar um segredinho pra quem pensa em entrar na ALCA: poética e romanticamente a livre-concorrência é linda, mesmo, eu acho quase uma Barbie, só acho que, para que o nosso país não quebre mais feio do que a Argentina, a livre concorrência deve ser feita entre iguais. Não sei não, mas você acha, caro leitor, que temos empresas ao nível das americanas? É só pensar. [Renato Kress]


[em 10/05/02]
· Governo Bush se retira do Tratado de Roma. Na 3ª feira, dia 06 de maio de 2002, através de uma mera carta encaminhada pelo subsecretário para Controle de Armas e Segurança Internacional do departamento de Estado, John R. Bolton, ao secretário-geral da ONU, Kofi Annan, o governo Bush formalizou a retirada dos EUA do Tratado de Roma de 1998, firmado por Bill Clinton, em 30 de dezembro de 2000. Na prática, essa decisão significa que os EUA não se subordinarão ao Tribunal Penal Internacional, que passará a funcionar em Haia a partir de 1º de julho do próximo ano para julgar crimes de guerra, genocídios, etc. (Frente Solidarista - http://www.solidaristas.com.br/)
· Brasil na frente. Segundo o chamado Mapa da Violência produzido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e divulgado na 6ª feira, dia 03 de maio de 2002, o Brasil é o líder isolado nas mortes causadas por arma de fogo. No ranking de homicídios juvenis, o Brasil é o 3º colocado, perdendo apenas para a Colômbia e Porto Rico. Por incrível que possa parecer, no Brasil está mais fácil morrer assassinado do que em acidentes de trânsito. E viva o governo Cardoso, que quer serrar o país ainda mais. (Frente Solidarista - O Sol)
· Para atender as exigências do FMI, que, insaciável, quer sempre mais, o governo Cardoso anunciou que, para "garantir o cumprimento das metas fiscais", que prevê superávit de R$ 34,1 bilhões até setembro, vai criar novos impostos e fazer mais cortes nas despesas públicas. Com isso, a população será, mais uma vez, triplamente penalizada, pois pagará mais impostos, receberá menos serviços e, para compensar, precisará comprar à iniciativa privada os serviços que deixará de receber do governo. Indiferente, o ministro da Fazenda Pedro Malan justifica a malvadeza dizendo que "só cumprindo as metas com o FMI, o governo conseguirá afastar a desconfiança do mercado". Que coisa, heim? (Frente Solidarista - O Sol)
[em 17/03/02]

· Show do Charlie Brown Jr., Terra Encantada, Rio de Janeiro: festa de calouros da Universidade Estácio de Sá (onde analfabetos são bem vindos). 20 pessoas presas tentando roubar bichinhos de pelúcia. Não consigo achar palavras. (Gustavo Barreto)
[em 15/03/02]

· A organização Repórteres Sem Fronteiras divulgou comunicado onde responsabiliza o governo de Israel pela violência que os jornalistas que cobrem o conflito na Palestina vem sofrendo desde setembro de 2000. A partir de então, 50 profissionais de imprensa foram feridos devido ao conflito entre árabes e israelenses, e um morreu. A nota foi emitida após o jornalista italiano Raffaele Ciriello ter sido morto por soldados israelenses em Ramallah esta semana. "Há quatro meses, nós vínhamos denunciando a impunidade das tropas israelitas sobre os jornalistas e, hoje, o que nós temíamos está acontecendo". (Fonte: http://www.comunique-se.com.br/)
[em 09/03/02]

· Ontem foi o dia mais sangrento no Oriente Médio desde o início da atual intifada: 42 palestinos e um soldado israelense morreram depois que Israel lançou ataques a cidades e campos de refugiados palestinos na Faixa de Gaza e na Cisjordânia. O levante em curso começou em 28 de setembro de 2000. De lá para cá, morreram 1.162 palestinos e 332 israelenses. (Fonte: Revista Consultor Jurídico)
[em 04/03/02]

· Uma portaria assinada pelo ministro da Justiça, Aloysio Nunes Ferreira, declara de posse permanente do Grupo Indígena Ticuna a terra indígena "Lauro Sodré", com cerca de 9.400 hectares, localizada no município de Benjamin Constant,no Amazonas. A portaria está publicada hoje, no Diário Oficial da União. (Fonte: Agência Brasil)
[em 15/02/02]

1. Os Sem-Terra morreram? Ou será que na época de eleição eles representam uma "massa eleitoral" fabulosa e é bom não ficar demonizando-os o tempo todo na imprensa?
2. Mais uma vez o Lula vai concorrer à presidência? Por gentileza Lula, só uma dica: Tente o senado, bata de frente com os peixões lá dentro e deixe a candidatura para o Cristovam Buarque... Só uma dica.
3. "Sem advogado não há justiça, sem justiça não há democracia" Bem, é desnecessário dizer que democracia não temos nem tivemos nunca. Por que o pessoal da OAB não vira um pouco a cabeça pra cima e começa a processar, no supremo que seja, as inconstitucionalidades do Executivo? Vamos lá... façam jus ao adesivinho que vejo colado nos carrinhos dos advogados. Lembram Montesquieu? "Espírito das Leis" e tal? "Igualdade e equilíbrio entre os poderes"? [Renato Kress]

[em 01/02/02]
· A polêmica ministra de Relações Exteriores do Japão, Makiko Tanaka, foi demitida do cargo, após ter reclamado publicamente contra o fato de não ter sido informada pela burocracia que um ativista político afegão foi barrado na Conferência de Tóquio, destinada a propor ajuda para a reconstrução daquele país. Comenta-se, contudo, que o verdadeiro motivo da demissão foram as críticas da ministra às políticas nuclear e ambiental norte-americanas. (Correio Cidadania)


Primeira Página | Opinião | Pequenos detalhes
Consciência.Net