Líbano “ataca”, Israel “responde”



A imprensa ocidental, racista, preconceituosa e islamofóbica não aprende e não muda. Israel, racista e terrorista, não aprende e não muda.

.

Israel pretende promover uma grande invasão do Líbano e busca dirariamente, com suas pequenas invasões, gerar uma violenta resposta dos libaneses para que seja usada como um casus belli pelos israelenses. Foi o que ocorreu no dia 27/10/2009, com mais provocações israelenses. E o que a imprensa ocidental faz? A imprensa ocidental faz o que Israel quer, ou seja, “cria” o pretexto.

.

Assim, a imprensa nos brinda com a velha história de sempre: os árabes “atacam” e Israel ”responde”. Observem que, apesar da cínica manchete, no meio da matéria abaixo, o repórter é obrigado a noticiar que é Israel quem está (rotineiramente) agredindo o território libanês, desafiando a resolução 1701, da ONU. Israel não para de provocar o Líbano, a sede de sangue do regime sionista é insaciável, enquanto matam os palestinos de sede  (quando não são “premiados” com a tortura ou com as bombas  de fósforo).
.
Na virada de 2008 para 2009, novamente a imprensa tentou justificar o Massacre de Gaza, afirmando que Israel apenas “respondia” aos ataques dos foguetes caseiros do Hamas, até que as bombas de fósforo e de urânio empobrecido foram lançadas contra creches e mais de 400 crianças foram calcindas. Como não havia a possibilidade de censurar, foram obrigados a mostrar quem eram as verdadeiras vítimas: os civis palestinos. É sempre bom lembrar que a Faixa de Gaza continua muito bem lacrada e isolada do mundo, sem água, sem comida, sem remédios e sem eletricidade, assim como antes, durante e depois do massacre israelense do úlitmo inverno. São 61 anos de ocupação militar israelense, com a cumplicade de árabes, turcos e iranianos. A retórica anti-Israel da Turquia e Irã (seria risível e patética se não fosse trágica) é inversamente proporcional aos seus atos contra Israel. Os governos árabes (99% ditaduras), de tão desmoralizados frente aos seus nacionais, que já deixaram a retórica anti-israelense de lado (a Invasão do Líbano, em 1982, deixa dúvidas?) e estão agindo de forma mais coerente, pois como oprimem e humilham árabes (quando não massacram) dentro de suas fronteiras é natural que apóiem (ou talvez incentivem) Israel (contra a Palestina, Síria e Líbano), Irã e EUA (os dois contra o Iraque) a fazerem o mesmo.

.

Leiam abaixo:
http://br.noticias.yahoo.com/s/27102009/40/mundo-foguete-lancado-sul-libano-israel.html
.
Foguete é lançado do sul do Líbano contra Israel, que responde (sic) com bombardeio
.
3 minutos atrás
 .
(Atualiza com confirmação da Finul)

Beirute, 27 out (EFE).- Um foguete foi lançado hoje do sul libanês contra Israel, que respondeu com nove disparos de artilharia, mas não houve vítimas, informou a Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul) e fontes dos serviços de segurança libaneses.
.

Em comunicado, a Finul afirmou que, de acordo com um relatório preliminar, o foguete lançado do Líbano saiu da área da aldeia de Hula, no sul do país, por volta das 18h50 (14h50 de Brasília), e caiu em Kiryat Shmona, no norte de Israel.
.

O Exército israelense respondeu abrindo fogo de artilharia contra a área de onde foi lançado o projétil.
.

A Finul disse que não houve vítimas de nenhum lado da fronteira, e fontes militares do sul do Líbano consultadas pela Agência Efe também confirmaram essa informação.
Outras fontes dos serviços de segurança disseram à Efe que, aparentemente, o foguete foi disparado da área de Wadi el-Jamal, perto da aldeia de Hula, no sul do país.
.

Segundo essas fontes dos serviços de segurança, antes do lançamento do foguete, a Aviação israelense tinha sobrevoado intensamente as regiões de Bint Jbeil, Marj’uyun e Hasbaya, enquanto vários helicópteros fizeram o mesmo sobre a região das Fazendas de Chebaa, todas no sul do Líbano.
.

Até agora, nenhum grupo reivindicou a autoria do lançamento do foguete, que, segundo a imprensa libanesa, é do tipo Katyusha.
.

A “Agência Nacional de Notícias” (“ANN”) libanesa acrescentou que, 45 minutos após o lançamento do foguete, que foi por volta das 19h (15h de Brasília), Israel fez nove disparos de artilharia contra a área de onde tinha sido lançado o projétil. Fontes militares no sul do Líbano disseram à Efe que não houve vítimas.
.

A “ANN” explicou também que, às 20h15 (16h15 de Brasília), soldados israelenses inspecionaram as localidades fronteiriças libanesas de Gayar e Al-Abassiya, e que se registrou movimento de tropas em frente a Kfar Kala, Hula e Mis el-Jabal.
.

Em seu comunicado, a Finul afirmou que, logo após saber do fatos, iniciou contatos com ambas as partes, dos dois lados da fronteira, pedindo a máxima contenção, manter a interrupção das hostilidades e evitar uma escalada.
.

A Finul, em coordenação com as Forças Armadas libanesas, também mobilizou tropas adicionais para reforçar as que estão na área, e foi iniciada uma investigação a respeito.
.

Esse é o primeiro incidente deste tipo desde 11 de setembro, quando grupos desconhecidos lançaram do Líbano dois foguetes Katyusha contra Israel, que respondeu com disparos de artilharia, sem que houvesse vítimas no incidente. EFE

 

 

 

Share

5 comentários para “Líbano “ataca”, Israel “responde”

  1. Só existe um meio para conter esses assassinos judeos,eles sempre querem mais e não vão sossegar até não por as mãos no sul do libano,uma região muito fértil e com agua.
    Todos os paises do oriente m deveriam se unir e atacar fortemente israel,seria bom uma bomba nuclear, é possivel que já tenham e estão só esperando o motivo chave,pois sabem que os Eua vão se vingar.
    Tendo este motivo,quem sabe os outros paises fiquem de fora,ai os Eua não poderão atacar.
    EU QUERO ESTAR VIVO NESTE DIA E MORRER NESTE MESMO DIA.MAS COM UMA UNICA SERTEZA….ISRAEL FOI CRIADO…PELA ONU E O PIOR…DESTRUIDO PELOS DONOS POR DIREITOS ISTÓRICOS,SEM AQUELAS BABOSEIRAS QUE DEUS DEU A ELES A TERRA SAGRADA…NEM PORCOS FICARÃO PRA DAR NOVA HORIGEM A ESSES ANIMAIS…POIS ESSES VIERAM DOS PORCOS,QUEM SABE ISSO EXPLIQUE O PORQUE QUE OS MUSULMANOS NÃO COMEM PORCOS…
    ISRAEL DEVE DESAPARECER SOBRE FOGO,É O MAIS JUSTO QUE PODERIA ACONTECER.

  2. Caro Senhor Ramez Maluf,

    Nao achas que a islamofobia eh uma fobia aceitavel. Por pensa voce que eu nao tenho que ter medo do islao, quando tantos cometem em seu nome tantos atos terroristas como por exemplo o massacre no templo de hatshepsut no egito em 97, quando 6 canalhas terroristas islamicos chacinaram 71 turistas, grande parte da suissa, e tambem do japao, egito e outros paises, incluindo idosos e criancas e casais japoneses em lua de mel usando metralhadoras e facas?

  3. Algumas perguntas para o tal “maluf”

    1 – Porque pensa voce que Israel tem que ficar caladinha quando canalhas lancam do libano contra povoamentos em israel misseis katiusha? E porque nao acha razoavel a resposta de israel com fogo de canhoes contra o terreno de onde foram lancados os katiusha? E se este terreno eh uma casa de civis, porque de la (crime de guerra – lutar camuflando-se entre civis) os terroristas lancam as katiusha?

    2 – Porque voce se “esquece” das taticas e costumes covardes de grupelhos terroristas como hamas e hizbollah, que incluem: vestir-se como civis. Usar instalacoes ou casas de civis para delas lancar misseis contra Israel, esperando que isso proteja os terroristas, ou se nao, pelo menos denigre a imagem de Israel no mundo, se por acaso comete esta o erro (sabe, humanos erram. Ou sera que somente terroristas islamicos nao erram?) de nao perceber que os terroristas estao se camuflando entre civis (covardemente e contra as leis de guerra)?

    3 – Porque sera que a faixa de gaza continua “lacrada”? Sera que nao por causa das continuas tentativas do hamas de infiltrar terroristas para dentro de israel e introduzir a gaza armamentos? E porque Israel tem que calar-se e ficar quietinha frente a isso? De onde conseguem o hamas, na tal “lacrada” gaza, tanto material e obra prima para os “foguetinhos caseiros” mas alimentos e mantimentos nao (Bom para os membros do hamas, provavelmente alimento nao falta. Eles parecem bem gordinhos e sadios em suas entrevistas mascarados)? Porque pensa voce que depois de varios casos, como por exemplo – terroristas do hamas abrindo fogo contra caminhoes de israel trazendo alimentos para a fronteira de gaza (em um dos casos, matando o motorista) – porque pensa voce que israel tem que deixar a fronteira aberta, arriscando seus cidadoes?

    4 – Engracado. Voce fala da ocupacao israelense de 61 anos. Pelo o que eu sei, Israel retirou-se da faixa de gaza completamente em 2005, como concesao aos palestinos para o processo de paz. E o que seguiu depois? O hamas violentamente expulsou seus oponentes do governo na faixa e comecou imediatamente a provocar israel, lancando da faixa de gaza sem parar os tais “misseis caseiros”, provocar o exercito que patrulhava a fronteira e fazia de tudo para infiltrar terroristas da faixa para dentro de Israel.E entao? Assim a toa, do nada, foi a faixa “lacrada”? Meu amigo, voce exige de Israel coisas, que nenhum pais soberano, que se preocupa com a vida e seguranca de seus cidadoes , aceitaria de jeito nenhum. Pare e pense um pouco de maneira equilibrada, pra variar! O que faria o governo federal do brasil, por exemplo, se a partir das favelas do rio o sao paulo, traficantes ficassem lancando sem parar os tais “misseis caseiros” sobre bairros em sao paulo ou rio. Nao seria o dever do governo fazer de tudo para proteger a sua populacao civil?

  4. que se foda esses paises de merda do oriente ninguem ataca israel por que ninguem é doido kkkkk
    tem um dos maiores exercitos do mundo

    ataca pra ver

    que tal morar no irã ou irak deve ser um país muito livre canbada de fdp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>