Carta de um matuto para George Bush
Cumpadre George Bush Junior,

Envio essas mar-traçadas linha daqui do interiorzão do Paraná, no escafundó do Brasi, procupado com essa tar de Tercera Guerra. Minha muié disse que vai caí bomba no meu quintar que ocê já considera seu, há muito tempo. Tô procupado, Junior, porque si por acauso caí uma bomba no meu quintar a Gertrudes, minha galinha de estimação, não vai botá ovo de jeito manera, e daí nóis nun vai ter dinheiro nem pra pagá os imposto que o guverno manda procês mode os impréstimo que fizeram em nosso nome.

Sabe, Junior, ocê é muito novo e ganhô esse cargo de presidenti do seu pai, e tarveis nun vai entedê o que eu vô escrevê. Ocê nun divia amarrá o seu porco no quintar du vizinho, esses tar de Jacob que só arruma confusão. Compraro briga com os vizinhos árabes, do outro lado da cerca, e começô a confusão toda, porque seu porco foi de imbruio e tudo. Por causa do Jacob ocês jogaro bomba em muitos vizinhu, uns até do outro lado do riachão, aqueles que falam dum jeito que nun entendu patavina. Então ocê apeia desse porco, Junior, faz as pazes com os vizinhu e larga mão de cantar lorota porque esses tar de terrorista nun tão pra brincadera não. Ocê disse que eles nun entrava na sua casa e taí o resurtado. E por cá a gente diz que portera onde passa um boi, passa uma boiada.

Então nóis nun qué vê de jeito manera que continue essa barbaridade na sua casa, Junior, mas ocê tem que tomá jeito de gente, apeá desse porco que o Jacob armô procê. Eu nun quero nem sabê de guerra, Junior, tô aqui cuidando das criação pra pagá os impréstimos, que o vizinho Leonel disse que é tudo dinheiro robado, mais que nóis tem que pagá de quarqué manera sinão ocêis leva até a Amazônia.

Tome tento, Junior, porque nóis nun é tão ignorante como ocê pensa, e sabemos que vai sobrá pra nóis se ocê num apeá desse porco agora mesmo, reuní a vizinhança e acertar a paz entre todos.

Num quero nem ouvi falá que ocê vai jogá bomba no tar de Afeganistão porque vi o firme deles, tudo andando em burrico, iguar nóis aqui, então eles também num pode ser gente ruim.

Ocê pára de tomá esses cumprimidu de tarja preta e apeia desse porco, mode a gente continuá em paz, cuidando da criação, porque nessa semana a Gertrudes chocô uns ovo que vão dá umas poedeiras que vão botá ovo até pra gente mandá pros estrangero. Sossega Junior e dêxa nóis vivê queto no nosso canto.

Com solidariedade e respeto,

Tião Barbosa, seu cumpadre
Riachão do Fim do Mundo

Obs. Segue meia dúzia de 6 ovo da Gertrudes.

Fonte: Jornal dos Amigos


Consciência.Net