Casa dos Presidenciáveis: abrace esta idéia
    Em vez de termos horário eleitoral gratuito este ano, alguém podia inventar a 'Casa dos Presidenciáveis'. Todos os candidatos juntos em uma casa, com transmissão 24 horas por dia nos canais da TV paga e com os melhores momentos passando todos os dias, em programas de 45 min. As pessoas iriam votando pela internet ou por telefone (bastava discar um número e dizer o seu título de eleitor) e, no final, o candidato que restasse 'ganharia' a presidência do Brasil. Assim conheceríamos os candidatos como realmente são ninguém conseguiria ficar dois meses inteiros 'fingindo'. E poderiam existir tarefas como culitivar uma horta, dividir as tarefas de limpeza da casa, distribuir os quartos entre as pessoas, etc. Algo que testasse na prática e em escala menor como eles resolveriam problemas que atravancam o País.

    Também seria bom para sentirem na pele o que o povo sente. A 'Casa' estaria dentro do programa de racionamento de energia e sofreria apagões programados. Faltaria água (também de forma controlada). Eles teriam direito a uma cesta básica por mês cada um. E assim por diante.
    As TVs ganhariam vendendo cotas de patrocínio e merchandising na 'Casa'. A população, pela sua curiosidade mórbida e por não ter nada melhor (ou pior) para ver ia acabar assistindo. O programa podia ser apresentado pelo Sílvio Santos. Isso se ele não quisesse concorrer à presidência. Nesse caso, o Ratinho podia ser o âncora. E o melhor é que, se um deles topasse ir, os outros acabariam indo.
    Por isso eu lanço aqui a minha campanha: eleição 2002 é na 'Casa dos Presidenciáveis'!
Consciência.Net