O Jornalão Conservador
Sangue é pouco.
Disque-Merenda é reativado

Apesar de dizer que está com dinheiro sobrando em caixa, Cesar Maia está deixando faltar alimento nas escolas. Por isso, o vereador Eliomar Coelho (PT-RJ) decidiu reativar o Disque-Merenda em caráter permanente.

Nesta primeira semana de atendimento, já recebemos 32 denúncias de escolas em vários pontos da cidade, que não estão servindo a merenda adequadamente. Na maior parte dos telefonemas o relato é o mesmo: as crianças estão comendo apenas arroz, feijão e metade de um ovo cada uma há vários meses.

O telefone do Disque-Merenda é 3814-2007 e as denúncias podem ser anônimas. [22 de maio de 2003]

Obs: É importante lembrar que a seção é de Humor e em nenhum momento há desdém com a situação de miséria condicionada pelo prefeito.

Disque-Merda é reativado

Apesar de dizer que está com dinheiro sobrando em caixa, Cesar Maia está deixando faltar alimento nas escolas. Por isso, o vereador Eliomar Coelho (PT-RJ), argumentando que César só fala merda, decidiu reativar o Disque-Merda em caráter permanente.

Nesta primeira semana de atendimento, já recebemos 32 denúncias de escolas em vários pontos do banheiro, que não estão servindo a merda adequadamente. Na maior parte dos telefonemas o relato é o mesmo: as crianças estão comendo apenas arroz, feijão e metade de um ovo cada uma há vários meses. Quanto à merda, nada.

O telefone do Disque-Merda é 3814-2007 e as denúncias podem ser anônimas. [22 de maio de 2003]


Maninha propõe o fim do horário de verão

Milhões de brasileiros que saem de casa muito cedo para trabalhar ficam 50% mais sujeitos a práticas criminosas durante o horário de verão, quando o amanhecer ocorre por volta das sete horas da manhã. Baseada nessa realidade, a deputada Maninha (PT-DF) vai se reunir com a ministra de Minas e Energia, Dilma Roussef, para requerer o fim do programa.

Maninha pretende demonstrar, por meio de cálculos do Operador Nacional do Sistema Elétrico, que a economia de energia é irrisória, se comparada aos percalços que o horário de causa na vida das pessoas. Em 2001, por exemplo, a redução do consumo elétrico no horário de pico foi de 0,6% nos 105 dias de aplicação em 12 estados e no Distrito Federal.

Além de negociar com o Ministério, a deputada vai protocolar projeto de lei que vincula a implantação do horário de verão a uma audiência pública com a população nos estados e municípios. [13 de maio de 2003, Agência Informes]

Maninha propõe o fim do verão

Milhões de brasileiros que saem de casa muito cedo para vadiar ficam 50% mais sujeitos a praticar crimes durante o verão, quando o amanhecer ocorre por volta das sete horas da manhã. Baseada nessa arbitrariedade, a deputada Maninha (PT-DF) vai se reunir com a ministra de Minas e Energia, Dilma Roussef, para requerer o fim da estação.

Maninha pretende demonstrar, por meio de cálculos do Operador Nacional do Sistema Elétrico, que a economia de energia é outra história, se comprada nos pontos em que o verão faz parte da vida das pessoas. Em 2001, por exemplo, a redução do consumo de álcool no verão foi de 0,6% nos 105 dias de sol em 12 estados e no Distrito Federal.

Além de negligenciar o Ministério, a deputada vai protocolar projeto de lei que vincula a suplementação do verão a uma audiência pública com a população nos estados e municípios. [13 de maio de 2003]


Consciência.Net