Sem saber que estava sendo gravado, Diretor do IBAMA reconhece intenção de exterminar índios

Sem saber que estava sendo gravado, Diretor do IBAMA reconhece intenção de exterminar índios

Em entrevista a uma equipe de TV da Austrália, sem saber que estava sendo filmado, o presidente do IBAMA, Curt Trennepohl, sugeriu que o Brasil faria com os índios a mesma coisa que a Austrália fez com os aborígenes, população nativa do país da Oceania que foi praticamente extinta do continente por colonos britânicos em campanhas de extermínio no século 19.

A TV fazia uma reportagem sobre a licença de instalação da usina de Belo Monte, assinada por Trennepohl. Indagado pela repórter se sua função seria de “cuidar do ambiente”, ele respondeu: “Não, meu trabalho é minimizar os impactos”.

Irritado com o tom recriminatório adotado pela jornalista, Trennepohl rebateu: “Vocês têm os aborígenes lá e não os respeitam”. Ouviu de réplica: “Então vocês vão fazer com os índios a mesma coisa que nós fizemos com os aborígines?”, para em seguida confirmar: “Sim, sim”.

Assista ao vídeo aqui.

(Com Bahia Notícias)

4 respostas para “Sem saber que estava sendo gravado, Diretor do IBAMA reconhece intenção de exterminar índios”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *