Por que eu não estou nem aí pro Neymar

Eu sou carioca. Só no Rio (para não citar outras cidades):

1. O atual governador gastará, apenas no que declara oficialmente, R$ 85 milhões para tentar se reeleger.

2. O atual prefeito cortou o salário dos professores por exercerem seu direito à greve. Há profissionais que estão devendo R$ 200, que serão contabilizados no salário do mês seguinte. A punição é ilegal (há um teto para o corte), mas o prefeito não está nem aí para a educação.

3. Uma empresa que levou secretários estaduais em viagem de lazer ao Caribe vai explorar esgoto por 30 anos.

4. O Ministério Público do RJ denunciou que a prefeitura retirou 669 mendigos das ruas, “muitos de forma compulsória”, às vésperas da Copa do Mundo. O local de destino é alvo de denúncias de superlotação, má higiene e não poderia mais receber novos abrigados desde maio.

5. A Polícia Militar absolveu um oficial envolvido na morte do Amarildo. Ele responde por tortura, ocultação de cadáver, formação de quadrilha e fraude processual, por ter agido em conjunto com os subordinados para subornar testemunhas.

6. Na semana passada, policiais agrediram, torturam, espancaram e efetuaram prisões ilegais contra um grupo de manifestantes composto na sua maioria por mulheres. Eles agrediram ainda diversos jornalistas.

7. Mesmo tendo desembolsado cerca de 1,5 bilhão de reais na reforma do Maracanã, o jornal O Dia descobriu não só que o estádio não foi finalizado como o seu museu foi parcialmente destruído.

8. Enquanto isso, um levantamento mostrou como as “quatro irmãs” — Odebrecht, OAS, Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez — se revezam nos contratos para as grandes obras da Copa e Olimpíadas no Rio de Janeiro. Além disso, a empresa de segurança do estádio é ligada ao então governador na época, Sergio Cabral Filho.

9. Atualmente o controle do estádio é da Fifa, por conta da Copa, mas a entidade repassa a conta de R$ 1 milhão com limpeza para os governos — para nós.

Então, gente, com o perdão da palavra, mas DANE-SE o Neymar.

Fontes das informações: http://bit.ly/1pRhM8g

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *