Criminalizar o aborto resolve?

O Ipas Brasil, organização não-governamental cuja missão é contribuir para redução da mortalidade materna por aborto inseguro e promover a melhoria da qualidade da atenção para mulheres e adolescentes em situação de violência sexual, lançou na ocasião do Fórum Social Mundial 2009 o site interativo da campanha “Criminalizar o aborto resolve? Vai pensando aí”.

Conheça também o caso de Alagoinha, Pernambuco:

Acesse em vaipensandoai.com.br