Agrotóxicos: arquivo 2001-2006
.

Clique aqui para ler outras notícias sobre os agrotóxicos.

paraná
Deputado afirma defender os com-terra

O deputado federal Abelardo Lupion (PFL-PR) confirmou a doação dos recursos da empresa Nortox para sua campanha eleitoral em 2002, mas disse que tudo foi feito de forma legal, de acordo com os interesses que considera legítimos. “O que acontece é que defendo os com-terra e esses movimentos defendem os sem-terra, daí o conflito. Só que estou agindo de acordo com a lei e eles, não”, declarou o deputado. Ele disse que sempre defendeu e continuará defendendo o produtor rural. Trabalhadores sem-terra da Via Campesina estão acampados em frente à sua fazenda, em Santo Antonio da Platina (PR), e denunciam troca de favores entre ele e a Nortox, a fim de favorecer a utilização de agrotóxicos em lavouras. Outro grupo faz vigília em frente à empresa. Matéria da Agência Brasil em 25/9/2006.

mato grosso
Veneno destrói anos de pesquisa em horto medicinal

Para a população de Lucas do Rio Verde (MT) farão falta as plantas medicinais utilizadas pelo Horto Medicinal da Fundação Instituto Padre João Peter, danificadas pela utilização criminosa de agrotóxicos, uma vez que era a partir delas que a bióloga Lindonésia Andrade preparava os medicamentos que servia gratuitamente aos doentes carentes da cidade que a procuravam. Leia a reportagem de Paulo Machado, enviado especial da Agência Brasil, e comentário da revista Consciência.Net, em abril de 2006..[+]

SERVIÇO # 14/03/2006
Disque-intoxicação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) lançou o Disque-Intoxicação, serviço telefônico gratuito para tirar dúvidas sobre intoxicação por agrotóxicos, produtos de limpeza, alimentos e remédios. O serviço funciona em caráter experimental desde setembro. O telefone é o 0800-7226001 e está disponível 24 horas por dia. (O GLOBO)

MATO GROSSO # 07/03/2006
Agente Laranja ataca população em Lucas do Rio Verde

Nesta última quarta-feira, dia 1° de março, os moradores da cidade de Lucas do Rio Verde, no centro-norte de Mato Grosso, tiveram uma desagradável surpresa: as plantas dos jardins e as hortas começaram a secar. A partir de pontos secos no meio das folhas as plantas foram morrendo. De acordo com os técnicos agrícolas consultados é o efeito de um dessecante lançado por avião, possivelmente o Gramoxone. Leia aqui.

organofosforados
EPA OK'd plan to dump nerve agent into Delaware

The U.S. Environmental Protection Agency (EPA) won't oppose the U.S. Department of Defense and DuPont Co.'s plan to dump a wastewater byproduct of a deadly nerve agent into the Delaware River.The agency said it's assured of a safe treatment for up to 4 million gallons of caustic wastewater created in the treatment for VX, a chemical weapon with a pinhead-size potency to kill a human. DuPont is treating VX for disposal at its Newport Chemical Depot in Indiana. Published in Bucks County Courier Times by HARRY YANOSHAK, 26/feb/2006.

intoxicação
Funasa recorre para não pagar agentes

Após ter ganho tutela antecipada na Justiça, agentes contaminados por DDT e Malation não receberam indenização porque a Funasa entrou com recurso. Intoxicados sofrem na pele as conseqüências do envenamento pelos pesticidas DDT e Malation. Matéria de Elias Luz em fevereiro de 2006..[+]

denúncia
Povos Indígenas denunciam crimes ambientais

“(...) Os arrozeiros invadiram as terras indígenas Raposa Serra do Sol [Roraima] para a monocultura do arroz. As invasões são caracterizadas como de má-fé, porque aconteceram após a identificação da área, estão prejudicando a saúde dos indígenas e degradando o meio ambiente. Já denunciamos que nessas lavouras de arroz são usados agrotóxicos de forma indiscriminada e são lançados de avião que, dependendo da direção do vento, atingem diretamente as comunidades Xiriri, Pedra do Sol e São Jorge. Autoridades sanitárias ligadas ao Distrito Sanitário Leste de Roraima suspeitam que duas pessoas já tenham morrido por intoxicação causada por agrotóxico. Além disso, constata-se o aumento de doenças diarréicas e de pele, bem como casos de abortos. Assoreamento dos rios, entulho jogado nos lagos, morte de pássaros e peixes são outras conseqüências dessa invasão”. Trecho da Carta da 35ª Assembléia dos Povos Indígenas, divulgada em fevereiro de 2006, disponível aqui.

reportagem especial
Segurança no trabalho:
algo a ser conquistado

É dever de toda empresa, estatal ou privada, zelar pela saúde de seus trabalhadores. É o que diz a lei 8080 de setembro de 1990, que determina uma série de implementações a fim de atender à saúde do trabalhador em seu serviço. O cumprimento da lei, em seus requisitos mais básicos, no entanto, ainda é pouco notado, como no caso da utilização de organofosforado pelo governo federal. Leia esta reportagem especial de Brisa Grillo, janeiro de 2006, para a Revista Consciência.Net..[+]

lixo no prato
Resíduos tóxicos em micronutrientes: veneno na produção de alimentos

Responsável por mais de um terço das riquezas geradas no país, o agronegócio tem sido a menina-dos-olhos da economia brasileira. (...) só a soja consome 45% dos micronutrientes (substâncias destinadas a suprir deficiências do solo) comercializados no país (...) Há problemas graves relacionados à atividade agrícola que permanecem em total obscuridade, como o uso de resíduos industriais tóxicos na formulação de micronutrientes. O químico Élio Lopes identificou altos teores de metais pesados em medições feitas em chaminés de fábricas de adubos (...) o que explicava esses elevados índices de contaminação era a utilização de resíduos industriais altamente tóxicos para obter os níveis necessários de zinco e de outros elementos nos fertilizantes. Por Maurício Monteiro Filho, para a revista Problemas Brasileiros de outubro de 2005.

cartas
Matéria da VEJA sobre produtos orgânicos

Venho por meio desta demonstrar meu repúdio a matéria veiculada em vossa revista desta semana e faço das palavras do Fabio Ramos as minhas, segue abaixo o texto por ele escrito. “Resposta de Fabio Ramos a reportagem da Revista Veja, edição 1932, ano 38, número 47, de 23 de novembro de 2005. Na pagina 82, sob o título "A Mania dos Orgânicos, Os alimentos sem agrotóxicos viram moda ao vender idéia de que são mais saudáveis", da repórter Rosana Zakabi, foi veiculada uma série de desinformações contribuindo para o consumidor formar uma opinião equivocada. (...) Por Marcelo, 24/11/2005, à Redação Consciência.Net..[+]

pará
Funasa: Morre mais um servidor contaminado

Agente de saúde da Funasa morre em conseqüência de intoxicação no combate à dengue e malária. No Rio, situação é parecida. Do jornal O Liberal, Belém/PA, 11/11/2005..[+]

campanha
Chega de veneno em nossa comida!

Mais uma vez, agindo às escondidas, o senhor Roberto Rodrigues, encastelado no seu Ministério da Agricultura, dá provas de que não leva em conta a preservação do meio-ambiente e da saúde da população brasileira quando o que está em jogo é o interesse de sua classe. (...) Não deixe de participar!

agrotóxicos
Carta da Sociedade Civil

As entidades da sociedade civil abaixo-assinadas esperam que o governo brasileiro não ceda às pressões de concentrar a avaliação e registro dos produtos agrotóxicos em um único órgão, particularmente na agricultura, eliminando a participação de outros setores diretamente envolvidos com o tema, como saúde e meio ambiente. (...) Brasília, DF, 12 de agosto de 2005..[+]

mais mortes
Agrotóxicos provocam morte de 15 trabalhadores no Piauí

Quinze trabalhadores rurais morreram na região dos Cerrados Piauienses em decorrência dos agrotóxicos usados no plantio de soja. A denúncia foi feita pela Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Piauí (Fetag –PI) à Delegacia Regional do Trabalho. As mortes foram registradas no período de um ano, outras pessoas 50 apresentaram sintomas de intoxicação. Da redação, 26/10/2005..[+]

ação policial
Contrabando leva 29 a serem detidos pela PF

Em uma operação conjunta da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, 29 pessoas foram presas ontem nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Goiás, sob a acusação de falsificação e contrabando de agrotóxicos, como inseticidas, herbicidas e fungicidas. Foram expedidos, no total, 31 mandados de prisão para pessoas supostamente envolvidas em diversas atividades dentro do esquema, que contava com a participação de empresários e funcionários públicos -entre eles, dois policiais civis. Da Folha de S. Paulo, 16/8/2005..[+]

manifesto
Carta das entidades contra a flexibilização dos agrotóxicos

Sociedade civil se mobiliza para pressionar o governo a fim de que as conquistas sobre o controle da produção e uso dos agrotóxicos no Brasil sejam garantidas. Da Agência Consciência.Net, 9/8..[+]

ameaça I
Pequenos agricultores criticam decisão do governo sobre agrotóxicos

A Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) é contra a regulamentação e o registro emergencial de agrotóxicos em caso de pragas que atinjam o país proposta pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Ibama. "Em princípio nós somos contra porque sempre estamos fazendo campanhas pela diminuição do uso de agrotóxicos e para proteger o trabalhador para que ele fique mais longe desses produtos. Nós não sabemos que tipo de controle haverá sobre esses produtos e se eles só serão usados realmente em situação de emergência. Isso é um risco muito grande porque enquanto nós estamos fazendo uma campanha para a diminuição de agrotóxicos e de um maior controle nós vemos essa portaria". Da Agência Brasil, 7/8..[+]

ameaça II
Relatores de direitos humanos criticam possível flexibilização na importação

A Relatoria Nacional para os Direitos Humanos à Alimentação, Água e Terra Rural, da Plataforma Brasileira Dhesc, criticou a possível flexibilização das normas para importação de agrotóxicos de países do Mercosul. O Brasil é um dos maiores consumidores de agrotóxicos no mundo e o primeiro na América Latina, segundo o Dhesc. Da Agência Brasil, 4/8..[+]

depoimento
Luta contra venenos agrícolas

"No Paraná, um dos estados campeões na produção e utilização de veneno agrícola, estamos tendo um duríssimo embate. Propusemos no Conselho Estadual dos Recursos Hídricos uma minuta de resolução que obriga a indústria do veneno a pagar pela água que polui, para que esse dinheiro fosse investido em projetos de agricultura familiar e orgânica. Seriam milhões todos os anos para agricultores hoje abandonados à própria sorte, o que só tem levado a mais êxodo rural e concentração na propriedade da terra. Contudo, o Governo Requião tem ignorado as iniciativas da sociedade civil organizada e essa proposta está na gaveta. De qualquer modo, quem quiser e tiver interesse no texto da resolução proposta, basta solicitar. Um abraço". Carta de Rafael Filippin, Liga Ambiental, 14/5/2005, na lista GreenpeaceRio

venenos
Estudo mostra possível ligação entre pesticidas e Parkinson

LONDRES. A antiga suspeita de que a exposição a pesticidas estaria ligada ao aparecimento do mal de Parkinson ganhou força nesta quinta-feira com a publicação de um estudo liderado pela Universidade de Aberdeen, na Escócia. A pesquisa, divulgada na edição eletrônica da revista New Scientist, avaliou mais de três mil pessoas (767 portadoras do mal de Parkinson) em cinco países europeus: Escócia, Itália, Suécia, Romênia e Malta. Os estudados tinham por volta de 60 anos e histórico de vida e saúde bastante semelhantes, mas eram expostos a pesticidas em freqüências diferentes. "Nossa avaliação mostrou que o uso de pesticidas tem uma influência importante no risco ocupacional de desenvolvimento de Parkinson", disse à revista Anthony Seaton, que dirigiu a pesquisa. Da BBC Brasil, 26/5/2005..[+]

Agrotóxico é 2ª causa de contaminação da água no País

O uso de agrotóxicos e fertilizantes já é a segunda causa de contaminação da água no País. Só perde para o despejo de esgoto doméstico, o grande problema ambiental brasileiro. A pesquisa do IBGE mostra que, do total de 5.281 municípios que têm atividade agrícola, 1.134 (21,5%) informaram ter o solo contaminado por agrotóxicos e fertilizantes. Das cidades que registraram poluição freqüente da água, onde vivem sete de cada dez brasileiros, 75% apontaram o despejo de esgoto como principal causa da poluição, 43% disseram que o problema se deve ao uso de agrotóxicos, e 39%, à disposição inadequada de resíduos sólidos (lixo) e à criação de animais. Da Agência Estado, 16/5/2005..[+]

venenos agrícolas
Suicídio ligado ao agrotóxico

Dados analisados de um período de dez anos, no Mato Grosso do Sul, mostram que 1.355 pessoas se contaminaram de forma voluntária com substâncias químicas usadas em lavouras. Vários estudos citados pelos cientistas mostram que existe, em outro lugares do mundo, uma correlação forte entre tentativas de suicídio e uso de agrotóxicos. Da Agência Fapesp, 11/4/2005..[+]

veneno fatal
Projeto proíbe uso de agrotóxico que provoca câncer

O deputado Edson Duarte (PV-BA), líder do partido na Câmara dos Deputados, apresentou projeto de lei nº 4.762/05 para banir a produção, comércio e uso de agrotóxicos que tenham como componentes ingredientes ativos pertencentes ao grupo químico organoclorado. O DDT, um inseticida superpoderoso, faz parte deste grupo. Da redação, março de 2005..[+]

agroveneno
Multinacional Du Pont tenta impor fungicida cancerígeno

A multinacional Du Pont, uma das gigantes do mercado de venenos agrícolas, quer impor à população brasileira a liberação de um fungicida para a soja extremamente perigoso para a saúde humana. Para isso, tem exercido forte pressão sobre órgãos do governo responsáveis pela área. Por Eduardo Zen, fevereiro de 2005..[+]

Resíduos de agrotóxicos em frutas e legumes oferecem riscos à saúde

No último dia 7 de janeiro, a ANVISA- Agência Nacional de Vigilância Sanitária divulgou os primeiros resultados das análises de resíduos de agrotóxicos em amostras de frutas e verduras, realizadas entre junho de 2001 a junho de 2002 nos estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Pernambuco, dentro do Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos-PARA. O Idec, que desde 1998 solicita a criação de um programa nacional de monitoramento de resíduos de agrotóxicos, analisou o trabalho da Anvisa e constatou que uma importante iniciativa, o programa necessita de alguns ajustes, especialmente na responsabilização dos infratores e na informação ao consumidor. Veja a seguir as conclusões dos técnicos do Idec, as orientações aos consumidores e as recomendações encaminhadas pelo instituto às autoridades. Do IDEC, 15/1/2003..[+]

agência usp
O uso de agrotóxicos na agricultura

Livro amplia a discussão sobre a utilização dos agrotóxicos e as questões que envolvem o trabalho rural com estes produtos. A obra é resultado de uma dissertação de mestrado defendida na Faculdade de Saúde Pública. Da Agência USP, 13/12/2001..[+]

agro-veneno
Consumo de agrotóxicos cresce a cada ano e ameaça população

JOINVILLE. O consumo indiscriminado de agrotóxicos continua matando pessoas e animais, destruindo plantas e solo e comprovando o total descaso com as leis que regulamentam a questão. Documento da organização não-governamental (ONG) WWF - Relatório Planeta Vivo: uma análise de saúde ambiental do planeta - aponta para uma diminuição preocupante de espécies animais, geralmente causadas por deformidades provocadas por pesticidas e outros poluentes. O uso de fertilizantes, no mundo, quintuplicou nos últimos 30 anos. Texto de Luis Fernando Assunção para o jornal A NOTÍCIA (SC), em 24/10/1999..[+]

Glifosato: a ameaça virou realidade

Há cinco anos, o biólogo equatoriano Ricardo Vargas, especialista em contaminação, alertava, em entrevista ao Jornal do Brasil , que o uso, em concentrações excessivas, de milhões de litros do herbicida Glifosato contra plantações de coca colombianas ameaçava a saúde das populações fronteiriças do Equador e do Peru. O risco também incluia o Brasil, para onde correm os principais rios da região. Se não fossem mudados os métodos de fumigação, dizia, a poluição levaria a uma crise ambiental. Um relatório publicado em janeiro de 2005, em Quito, e um estudo que deve ser divulgado esta semana, em Lima, comprovam que as sombrias previsões de Vargas se concretizaram. Do Jornal do Brasil, 13/3/2005..[+]

alternativas
Biólogo inventa armadilha para o Aedes Aegypti

CRATO (CE). Preocupado com a proliferação do mosquito transmissor da dengue nessa época do ano, o biólogo Roque Morais de Brito, funcionário da Secretaria de Saúde do Estado e coordenador das endemias e zoonoses da Célula Regional de Saúde de Brejo Santo, inventou o que ele classifica de uma armadilha mortal para o Aedes aegypti com o nome de “Exterminadora das Futuras”. Do jornal Diário do Nordeste, 24 de fevereiro, 2005..[+]

Idec e MP contra uso de substância cancerígena em ração

O Idec e o Ministério Público Federal ajuizaram na sexta-feira (10/12) ação civil pública contra a União, para que o Ministério da Agricultura cancele os registros do carbadox. A substância é um antimicrobiano utilizado nas rações de suínos, como promotor de crescimento dos animais e para a prevenção de disenteria. O carbadox foi proibido na União Européia há vários anos. Do IDEC, 14/12/2004..[+]

Diga não ao amianto no Brasil

Uma denúncia da auditora fiscal do Trabalho Fernanda Giannasi ao Ministério Público e à Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária mostra a urgência de se banir o amianto no Brasil. O Idec apóia a iniciativa e inicia aqui uma campanha pelo banimento do amianto do país. Você pode participar, não só fazendo o controle social do setor – optando por produtos alternativos, como caixas d’água de plástico, telhas de zindo, etc – como também enviando uma carta de protesto ao presidente, aos ministros e a outras autoridades. Do IDEC..[+]

Idec pede proibição total do uso de agrotóxico cancerígeno

Após mais de um ano, o Idec foi informado que os serviços de fiscalização do Ministério da Agricultura em Santa Catarina e Paraná confirmaram a contaminação de adubos a base de esterco de frango por um agrotóxico cancerígeno, o pentaclorofenol. Em agosto de 2003, o Idec encaminhou aos ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente e à Anvisa resultados de análises que a entidade realizou em carne de frango e em adubos à base de esterco de frangos. O teste foi feito para esclarecer uma denúncia de que a maravalha, um subproduto do beneficiamento de madeiras tratadas com agrotóxicos cancerígenos, era usada como “cama de aviário” na produção de aves, especialmente frangos. Do IDEC, 28/10/2004..[+]

Deputado Marcon verifica denúncia de contaminação da água em Passo Fundo

O risco de contaminação por agrotóxico do Rio Passo Fundo e do Arroio Miranda, que abastecem a água consumida pela população de Passo Fundo (RS), levou o vice-presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembléia Legislativa, deputado Dionilso Marcon (PT) a averiguar a denúncia, na manhã desta segunda-feira (13/12). Os nascedouros do rio e do arroio escoam para a Barragem da Corsan e todos estão situados dentro de uma Fazenda da Brigada Militar, a cerca de oito quilômetros de Passo Fundo. “Estamos diante de um sério problema ambiental, que pode afetar a saúde das pessoas”, frisou o deputado Marcon. Do Portal do PT do Sul, 13/12/2004..[+]

Pronunciamento do Deputado Fernando Ferro na sessão da Câmara do dia 12 de março de 2003

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados. No Brasil, até o ano de 1964, o consumo de agrotóxicos era de aproximadamente 16 mil toneladas ao ano, sendo utilizados nas lavouras de algodão, café e hortigrangeiros. A partir daí, sua comercialização foi-se expandindo livremente, causando grandes danos à saúde humana e ao meio ambiente..[+]

Luis Carlos de Sá Rocha

Prof. Doutor / USP - Principais linhas de trabalho: Alterações morfológicas, neuroquímicas e comportamentais induzidas por praguicidas organofosforados e carbamatos, e por metais contaminantes ambientais. Alterações neuroimunológicas induzidas por fatores ambientais. Contato: Fac. Medicina Veterinária e Zootecnia/USP - Departamento de Patologia (VPT) - Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87 - CEP 05508-900 São Paulo/SP - Telefone: (011) 3818-7934 nao completa - Fax: (011) 3818-7829

Grupo de Pesquisa em Organofosforados

UFF - PROPP - Endereço: OUTEIRO DE SÃO JOÃO BATISTA S/N , CENTRO, Niteroi, RJ - CEP: 24.020-150 / Telefone: (021) 2620.1313 nao completa Ramal: 28 Fax: 6207769

Milhares de funcionários da Fundação Nacional de Saúde – FUNASA foram intoxicados por organofosforado - MNDH, 14/6/2004

Manual de Vigilância da Saúde de populações expostas a agrotóxicos - OPAS/OMS, 1996

Fazendeiros recebem multas por uso de agrotóxico ilegal

O Ibama aplicou multa de R$ 1.167.700,00 a fazendeiros que usavam agrotóxico ilegal sem registro dos ministérios do Meio Ambiente, Agricultura e Saúde...IBAMA, 26/12/2004

Agrotóxicos vêm causando infertilidade e câncer

Agência Câmara, 29/11/2003. A infertilidade humana e animal têm relação com o uso de agrotóxicos. A declaração, do pesquisador titular da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Sérgio Koiffmann, é baseada em estudos preliminares da entidade. Ele participou de seminário na Comissão de Agricultura e Política Rural sobre o uso de agrotóxicos e seus efeitos sobre a saúde da população e o meio ambiente..[+]

Idec pode pedir proibição total de agrotóxico cancerígeno

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) pediu aos ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente e à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que avaliem a possibilidade de proibição total do pentaclorofenol, utilizado no país no tratamento de madeiras. No ano passado, o Idec foi informado de que os serviços de fiscalização do Ministério da Agricultura em Santa Catarina e no Paraná confirmaram a contaminação de adubos a base de esterco de frango por este agrotóxico cancerígeno.

A análise feita no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, revelou que, na carne de frango e nos adubos à base de esterco de frangos, haveria a presença do pentaclorofenol com valores de 0,04 a 0,27 mg/kg para as amostras de adubo do Paraná e de 0,96 até 1,28 mg/kg para as amostras de Santa Catarina. O pentaclorofenol é proibido em diversos países do mundo. Da Comissão Pastoral da Terra, 13/11/2004..[+]

Riscos e desgastes no trabalho com agrotóxicos: o caso de Maravilha/Boqueirão - PB - alast.org

Veneno verde

Acredite. No Rio, são usados 19 agrotóxicos proibidos no exterior. Há, diz o ecodeputado Carlos Minc, 16 mil intoxicados. Foi sancionada, esta semana, lei de Minc para disponibilizar a agricultores alternativas a estes venenos. Tomara que vingue...Ancelmo Gois, O Globo, 11/11/2004

ES: Intoxicação por agrotóxico aumenta

(...) De acordo com Almeida, os agrotóxicos, em razão do seu alto poder letal, são usados até por pessoas que desejam cometer suicídio. Segundo ele, três adolescentes se suicidaram com produtos tóxicos nos últimos dois anos. Os agrotóxicos mais comuns são os organofosforados ou inseticidas e os carbamatos, sendo o mais conhecido o chumbinho. Eles atacam principalmente o sistema nervoso central, provocando convulsões e levando os pacientes ao coma. "O chumbinho foi proibido pelas autoridades sanitárias, mas entram no mercado clandestinamente", disse...irrigar.org.br

Contaminação e medo

Contaminação causada por uma fábrica de inseticida do Ministério da Saúde coloca em risco mais de 1.400 pessoas em Cidade dos Meninos, no município de Duque de Caxias (RJ). Governo vai pagar indenização, mas quem vive lá quer tratamento médico. ‘Não saímos daqui ainda porque não temos para onde ir’, diz a jovem Nair, uma das moradoras do local. Do CORREIO BRAZILIENSE, 8/10/2004

Agricultores do Mato Grosso postos em risco por agrotóxico

Trabalhadores da agricultura familiar do Mato Grosso estão sob risco de contaminação por exposição a um produto agrotóxico distribuído por uma empresa. Denúncia feita pela FASE-MT a órgãos públicos dá conta de que agricultores familiares que vêm cultivando mamona recebem um produto altamente tóxico chamado Endosulfan. O produto é distribuído gratuitamente por uma empresa chamada Central de Compra de Mamona (CCM), que depois do "apoio" compra a mamona produzida. O problema é que, distribuindo o Endosulfan, a CCM leva à agricultura familiar um produto indicado apenas para as lavouras extensivas de algodão, soja e café. E, com isso, pôs agricultores mato-grossenses em risco de vida...FASE, 17/9/2004

Rejeitado exame para quem trabalha com agrotóxicos

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público rejeitou o Projeto de Lei 2336/96, do deputado Fernando Ferro (PT-PE), que torna obrigatória a realização de exames de saúde, no período mínimo de seis meses, para trabalhadores expostos a agrotóxicos. O autor da proposta argumenta que existe um quadro de grave descontrole das ocorrências de intoxicação de trabalhadores, que invariavelmente resultam em invalidez ou morte...Agência Câmara, 10/5/2004

Agrotóxicos vêm causando infertilidade e câncer

A infertilidade humana e animal têm relação com o uso de agrotóxicos. A declaração, do pesquisador titular da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Sérgio Koiffmann, é baseada em estudos preliminares da entidade. Ele participou de seminário na Comissão de Agricultura e Política Rural sobre o uso de agrotóxicos e seus efeitos sobre a saúde da população e o meio ambiente. Da Agência Câmara, 29/11/2003..[+]

Organofosforado também pode ser proibido

Enquanto o deputado Dr. Rosinha (PT-PR) que proibir a produção de agrotóxicos que contenham o Ácido 2,4-Diclorofenoxiacético (2,4-D), Fernando Ferro (PT-PE) quer acabar com a produção de defensivos agrícolas que contenham como princípio ativo o elemento organofosforado metamidophos. A proibição está prevista no Projeto de Lei 2691/97, que tipifica seu uso como crime e prevê multa e detenção de até dois anos para os infratores...Agência Câmara, 4/9/2002

Câmara analisa uso de agrotóxico no Brasil

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), aproximadamente três milhões de pessoas são intoxicadas por ano em decorrência da utilização de agrotóxicos. Dessas, 220 mil morrem e 750 mil adquirem doenças crônicas. Além dos prejuízos causados diretamente aos seres humanos, a maioria dos defensivos agrícolas provoca alterações no meio ambiente, algumas com alcance ainda não mensurado...Agência Câmara, 4/9/2002

Agrotóxicos estão matando produtor rural

Dircurso pronunciado em 9 de setembro de 1996. Senhor Presidente, senhoras e senhores deputados. O uso de agrotóxicos hoje no país se constitui num dramático quadro de desrespeito à vida das pessoas; um verdadeiro genocídio silencioso cometido diariamente contra as crianças, mulheres, e adultos de um modo geral..[+]

Solicitação ao Ministério Público Para a Proibição do Tamaron

Texto similar, com a mesma solicitação, foi encaminhado aos ministérios da Saúde e da Agricultura. E também à Procuradoria Regional do Trabalho em Pernambuco.[+]
 
 

Possui informações a respeito? Mande um e-mail para consciencia@consciencia.net
 
Consciência.Net
Relacionadas
Questão agrária
Agricultura
Transgênicos
Links, Dados e Documentos
.
Reportagens da Agência Brasil, 2006
.
O Perigoso Pó da China
Produto cancerígeno, proibido em diversos países, contamina adubos à base de esterco de aves usados na agricultura. [+]

Usos do organofosforado
Inseticida, também colocado no fumacê para matar o Aedes aegypti e nas caixas d'água. O Ministério da Saúde utiliza, apesar de negar e assinar tratados que dizem o oposto. Milhares de trabalhadores morrem ou apresentam doenças crônicas por conta disso.

Repelir moscas e mosquitos em cães.

.
Fontes
pesquisar: www.bireme.br

Dep. Federal Fernando Ferro - PT-PE: Endereço na Câmara e página própria

Pesquisa Google: organofosforado

Pesquisa Google: Banimento dos agrotóxicos

UOL Busca: organofosforados

Centros de Toxicologia

Centro de Informação Toxicológica do RS

Organizaçào Pan-Americana da Saúde (OPAS/ONU)

Sociedade Brasileira de Toxicologia

FUNASA: Fundação Nacional de Saúde

Supremo Tribunal Federal

Tribunal Superior do Trabalho

Superior Tribunal de Justiça

.