Dunga dá uma surra na TV Globo: os meninos mimados perderam privilégios



Dunga contra a Globo. Foto: telegraph.co.uk

Dunga contra a Globo. Foto: telegraph.co.uk

A política suicida da Globo parece não ter limites. Primeiro foi na cobertura política. Depois de anos de esforço para superar a marca de emissora golpista e manipuladora (esse esforço se deu na gestão de Evandro Carlos de Andrade como Diretor de Jornalismo, e com a participação ativa de Amauri Soares na sucursal de São Paulo), a Globo mostrou as garras na eleição de 2006. Acompanhei tudo de perto; eu era repórter de política na Globo, e estive no grupo de jornalistas que internamente não aceitaram a linha de cobertura adotada pela emissora. Por causa disso, saí da Globo, e expus meus motivos numa carta interna aos colegas de Redação; carta essa que acabou vazando na internet.

Agora, a direção da Globo empurra a emissora para o suicídio também na cobertura esportiva. A Globo manda no futebol brasileiro. Isso todo mundo sabe. Muitos clubes sobrevivem da grana que a Globo adianta, como pagamento por “direitos de transmissão”. A Globo sempre teve, também, privilégios na cobertura da seleção brasileira. Todo jornalista sabe disso. Aqui na África do Sul, um colega lembrava da Copa da França, em que a Globo tinha uma “salinha” exclusiva para as entrevistas com jogadores. Tudo acertado com a CBF. As outras emissoras esperneavam, e a Globo manobrava nos bastidores. Com habilidade.

Pois bem. A atual direção da Globo resolveu explicitar as coisas. Fez um striptease público. Tudo porque o técnico Dunga decidiu acabar com as “salinhas” da Globo. No domingo, Dunga brigou com o Alex Escobar (comentarista da Globo). O motivo? Escobar queria entrevistas exclusivas com jogadores, e Dunga vetou. O jornalista Mauricio Stycer conta tudo aqui.

No passado, a Globo manobraria nos bastidores, e talvez arrancasse alguma concessão de Dunga. Mas a arrogância (e a burrice) da atual direção da emissora não tem limites. Resolveram fazer um editorial contra o Dunga! É tudo muito didático para o público…

É como se houvesse um menino rico acostumado a comer sempre o primeiro pedaço do bolo nas festinhas da escola. Um dia chega o professor novo e diz: “você pode ser rico, mas aqui tem que pegar fila pra comer o bolo”. O menino rico, em vez de avisar o pai e manobrar em silêncio pela demissão do professor, resolve chorar no meio do pátio, e ainda pendura um manifesto na porta da escola: “eu sou rico, tenho direito ao primeiro pedaço do bolo”.

O menino rico, e mimado, joga a escola inteira contra ele. Talvez consiga a demissão do professor. Mas a comunidade inteira agora sabe que esses privilégios existem.

A Globo conseguiu isso. Na guerra entre Globo e Dunga, o Brasil fica ao lado do técnico. Vejam a enquete do UOL sobre o assunto: o Dunga dá uma surra na Globo.

O povo não aguenta mais a arrogância da TV Globo e apoia Dunga

O povo não aguenta mais a arrogância da Globo. Os Marinho vão pagar caro por ter dado poder a gente como Ratzinger e sua turma.

Mas o Dunga que se cuide. A Globo vai tentar triturá-lo. Diante da primeira derrota, ele será demolido. O Dunga devia bater um papo com o Lula…

(Original do texto aqui)

Leia também:
Kaká revela outra face de Dunga

Share

6 comentários para “Dunga dá uma surra na TV Globo: os meninos mimados perderam privilégios

  1. A Globo tentou no Fantástico vender uma imagem negativa de Dunga, como resposta a contrariação que recebeu.
    O Tiro saiu pela culatra…
    Todos sabem o verdadeiro motivo. Dunga de vilão, passou a mocinho.
    A vingança é sua, a vingança é nossa, é de quem quiser, quem vier! Nosso sonho de liberdade já começou!
    Decidi então entrar na Campanha Um Dia Sem Globo. Apoiado.Vou ver Band pela primeira vez na Copa

  2. Eu concordo com quase tudo nesse artigo exceto quando o autor do texto, o “Rodrigo Vianna” escreve “Os Marinho vão pagar caro por ter dado poder a gente como Ratzinger e sua turma.”. Nunca vi a Globo defender a Igreja Católica; ao contrário a vi atacar. Aliás a Globo ataca a todos que não aceitem a sua ideologia mercadológica do “padrã Globo de qualidade”.

  3. E como é lamentável ver a imprensa–que não pertence a Globo–fazendo coro para a Globo.

    Muitoss estão chorando a dividida do Dunga com a Globo como se fosse com os próprios, e depois falam de liberdade de expressão,educação, xingamentos, mas pelo jeito só de um lado.

    Se a Globo tivesse as exclusivas ia dividir com algum jornalista que não fosse deles???
    Dunga falou palavras feias, mas a imprensa também usou palavras feias com ele…
    Neste caso saiu bordoada de todos os lados, mas como foi contra a imprensa, a imprensa só evidencia as patadas do Dunga.E a pedras jogadas pela imprensa?Quem começou????

    Comecei a sentir vergonha, com o textinho lido pelo TS no Fantástico e estou com vergonha até agora (os palavrões do Dunga só ficaram feios porque os microfones captaram, não captaram os palavrões dos jornalistas—ou alguém quer me convencer que eles não existiram?).É bem verdade que o Tadeu leu o texto da dieção ,mas está pagando o pato sozinho, mas…..

    Mas vergonha mesmo é ler e ouvir a IMPRENSA FAZENDO O JOGUINHO DA GLOBO, fazendo exatamente como eles querem—-e eles, globais, podem até se retirarem dessa confusão,porque os ´´colegas´vão dar tratos á bola por eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>