Flores nascem

Rolando Lazarte

Há umas lembranças que ninguém gosta de ter. Mas não há como as não ter. Ocorreram, houve os fatos, rastros ficaram. Mas flores nascem das sepulturas. E vejo as flores. Vejo as flores. Vejo as flores. Verei sempre as flores.

 


Comenta aqui!