.
............................................
Redes de conhecimentos e tecnologia: seminário
11 a 13 de junho no Rio
O Laboratório Educação e Imagem da UERJ realiza, entre os dias 11 e 13 de junho, o IV Seminário Internacional As Redes de Conhecimentos e a Tecnologia: Práticas Educativas, Cotidiano e Cultura.

IV Simpósio sobre Trabalho e Educação: tema - Gramsci, Política e Educação
22 a 24 de agosto na UFMG
Inscrições sem apresentação de trabalho: até 20/08/07. Avaliação dos trabalhos: até 05/06/07. Resultado das avaliações dos trabalhos: até 12/06/07. Participantes com apresentação de trabalhos: R$ 70,00 (Efetuar o pagamento até 10/06/07). Alunos de graduação ou pós-graduação,  professores de educação básica: R$ 70,00. Profissionais ou professores universitários: R$ 100,00.

Encontro de Estudos e Pesquisas em História, Trabalho e Educação
3 a 5 de setembro em Campinas (SP)
Promovido pelo Grupo de Estudos e Pesquisas "História, Sociedade e Educação no Brasil" HISTEDBR, da Faculdade de Educação da Unicamp, o encontro tem o objetivo central de promover o debate dos problemas presentes na relação trabalho e educação, com uma abordagem histórica, criando um espaço para os pesquisadores da História da Educação apresentarem e debaterem os resultados de seus estudos e pesquisas sobre a temática.

............................................
Para outros eventos, clique aqui.


............................................
Fique Ligado(a)!

ENCONTRO # 20/11/2006
Seminário A Flor da Palavra na UnB

De 16 a 18 de novembro de 2006, o Grupo Lattes do CNPq "Aprendizagem, Tecnologias e Educação a Distância" (ATEAD) abrigou na Universidade de Brasilia o Seminário "A Flor da Palavra", proferido pelo professor Guilherme Gitahy de Figueiredo, Presidente da Câmara de Pesquisa Centro de Estudos Superiores de Tefé, da Universidade do Estado do Amazonas. Em abril do próximo ano este seminário prosseguirá na cidade do Rio de Janeiro. Informações adicionais no rachel@unb.br.(Da redação)

ENCONTRO # 20/11/2006
Seminário Nacional de Educação da FGV

Na sociedade do conhecimento há o reconhecimento da realidade inexorável do mundo contemporâneo da necessidade de qualificar, especializar e atualizar pessoas. O Seminário Nacional de Educação Superior, Educação a Distância e Educação Corporativa: Contribuições para o Ensino Superior, que acontece dias 06, 07 e 08 de dezembro no Rio de Janeiro, visa pensar e apreciar os últimos avanços no campo do ensino superior no Brasil, do e-learning e da educação corporativa segundo a visão de renomados especialistas. Informações: clique aqui..(Da redação)

EDUCAÇÃO # 13/10/2006
Formação à distância de professores ganha novo impulso

O governo federal atuará na qualificação de docentes por meio da Capes. Pacote anunciado pelo governo federal prevê ainda isenção para empresas que investirem em universidades e redução de juro para financiamento estudantil. Por Jonas Valente na Carta Maior.

1º Encontro Nacional Online da Comunidade Proinfo

Vai ocorrer dias 19 e 20 de outubro o 1º Encontro Nacional Online da Comunidade Proinfo, cujos objetivos são disseminar as experiências com o uso das tecnologias de informação e comunicações na educação pública; discutir a efetividade do uso das tecnologias de informação e telecomunicações no processo ensino-aprendizagem e sua contribuição para a inclusão digital; bem como refletir sobre os projetos em desenvolvimento pelos Núcleos de Tecnologia Educacional, identificando diversidades, conceitos implícitos e a abrangência dos mesmos. A Editora de Educação da Revista Consciência.Net, Dr. Raquel de Almeida Moraes, fará juntamente com seu orientando Alex S. B. Barra a palestra A Política de Informática na Educação no Brasil e a formação de professores: um balanço crítico. Informações completas em www.comunidadeproinfo.escolabr.com.(9/9/2006)

Senador defende proposta pedagógica do ensino à distância

Ao celebrar o Dia da Educação, comemorado no último dia 28, o senador Valmir Amaral afirmou que a educação à distância (EAD) já é uma modalidade de ensino estabelecida no cenário educacional mundial e dele não mais sairá. "Tudo que estorva o encontro de alunos e professores pode ser superado por uma boa proposta pedagógica de educação à distância", disse. Para o parlamentar, trata-se de um movimento irreversível e extremamente benéfico a toda a sociedade. Em sua opinião, é apenas uma questão de tempo para que o Brasil perceba seu papel e sua importância. Da Agência Senado, 29/4/2005..[+]

CIEE lança programa de educação a distância

O CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) lança na próxima quarta-feira (16/3), na sede da Fecomércio, em São Paulo, seu primeiro programa de educação a distância. Com as aulas por computador, o número de alunos atendidos será ampliado. O objetivo maior é, além de aumentar o público atingido, beneficiar os alunos que estão fora dos centros urbanos com essa capacitação profissional. A expectativa é que, até o fim do ano, 40 mil estudantes por mês concluam o curso a distância, mais do que o dobro do número atendido atualmente nos cursos presenciais. Da Folha Online, 11/3/2005..[+]

1º Encontro Brasil-Canadá de Ensino à Distância

Dias 10 e 11 de março. Local: Instituto de Letras, Campus do Gragoatá, Bloco B, 4º andar, São Domingos, Niterói (RJ), com abertura às 9h, seguida de palestra do professor Celso Costa, da UFF. O objetivo do evento é a troca de informações, experiências e planejamento de projetos comuns na área de educação à distância. No encontro será assinado acordo multilateral entre a Université du Québec à Montréal e sete universidades públicas brasileiras, além da UFF. Todo o evento contará com tradução simultânea francês-português e português-francês. Outras informações pelos telefones (21) 2629-5226, 2629-5227 e 2704-2107 ou pelo e-mail aai@gar.uff.br / laura@gar.uff.br

Curso online: Braille Virtual

A Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP), por meio de pesquisadores(as) que atuam na área da deficiência visual, está disponibilizando na internet um programa específico para ensinar a leitura braille para cegos(as) e pessoas que enxergam, visando facilitar a comunicação entre os(as) mesmos. Braille Virtual é um curso online gratuito que pode ser salvo em disquete e usado fora da Internet. O programa funciona em computadores de poucos recursos e proporciona a aprendizagem do sistema braille em poucas horas, de maneira simples e rápida. Mais informações: www.braillevirtual.fe.usp.br

Comunidade virtual aproxima 194 escolas paulistas

Escolas paulistas irão participar de uma comunidade virtual que reunirá experiências educacionais e culturais de estudantes de 70 cidades. Trata-se do programa "As coisas boas da minha terra", experiência-piloto do projeto "Comunidade Virtuais", lançado pelo portal EducaRede em parceria com a Secretaria de Estado da Educação. Segundo Alice Lanalice, coordenadora do programa, o objetivo dessa comunidade é identificar, organizar e fornecer acesso aos aspectos culturais relevantes para a comunidade em questão e para a população do Estado de São Paulo. "Nosso objetivo é resgatar um pouco as coisas bonitas das cidades do interior paulista, sob a ótica dos moradores", diz. Cassia Gisele Ribeiro, especial para o GD, 24/11/2004..[+]

MEC abre inscrições para congresso de educação a distância

Já estão abertas as inscrições para o 1º Congresso Internacional de Educação a Distância e para o 3º Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância, organizados pela Seed/MEC (Secretaria de Educação a Distância do Ministério da Educação), em parceria com a Universidade Virtual Pública do Brasil (Unirede). O evento ocorrerá entre 1º e 3 de dezembro, no Rio de Janeiro, e terá como tema central a Gestão de Ensino Superior a Distância. Os objetivos principais dos dois congressos, que se realizarão de forma simultânea e articulada, são compartilhar experiências nacionais e internacionais na área de ensino a distância, analisar a legislação vigente com relação ao assunto no Brasil e no exterior e discutir políticas públicas e privadas de financiamento. O evento será realizado no Centro de Convenções da Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, Praça XV de Novembro, n° 20, Centro. A ficha de inscrição e outras informações podem ser acessadas em www.networkeventos.com.br

Medicina e engenharia já formam profissionais com a EAD

Se no começo da educação a distância eram usadas cartas para ensinar agricultores, hoje médicos podem utilizá-la em sua formação e até mesmo em pós-graduação. Nessa trajetória de cerca de 150 anos da EAD (educação a distância), até mesmo engenheiros já são formados no Brasil por meio de videoconferências e fóruns na internet. A Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), mais conhecida como Escola Paulista de Medicina --centro de excelência de formação de profissionais da área da saúde-- oferece a disciplina Técnica Operatória e Cirurgia Experimental, do curso regular de graduação, via internet. Os próprios alunos, em debate com professores, optaram pelas aulas ministradas desse modo. A universidade também oferece, a distância, aulas de Especialização em Dependência Química e Nutrição em Saúde Pública (cursos de pós-graduação lato sensu). Camila Marques, da Folha Online, 29/09/2004..[+]

USP terá primeiro curso de graduação a distância em 2006

A característica que melhor define a educação a distância (EAD) é a separação física entre professores e alunos: quem ensina não precisa estar no mesmo lugar que quem aprende. A comunicação é feita por meio de internet, correio, videoconferência ou até telefone. A principal vantagem é a possibilidade de oferecer educação em locais em que não existem universidades ou cursos especializados em diferentes níveis. Além de atender a um contigente maior de alunos, há ainda a vantagem da flexibilidade de horários. Camila Marques, da Folha Online, 29/09/2004..[+]

No Canadá, até ensino fundamental tem disciplinas a distância

O Canadá foi um dos primeiros países do mundo a implantar a educação a distância (EAD) de uma maneira massiva, a partir do século XIX, quando se usava material impresso enviado por correio. Com uma população de 32 milhões de habitantes para uma uma área de quase 10 milhões de quilômetros quadrados (o Brasil tem pouco mais de 8,5 milhões de quilômetros quadrados), o Canadá tem áreas de difícil acesso, principalmente no norte do país. Desse modo, o ensino não presencial foi percebido como uma ferramenta para democratizar o acesso à educação em todo o território. Camila Marques, da Folha Online, 29/09/2004..[+]

VII Simpósio de Realidade Virtual em São Paulo

O VII Simpósio de Realidade Virtual, que ocorre entre os dias 19 e 22 de outubro, em São Paulo, reunirá representantes de universidades, centros de pesquisas e do setor produtivo para discutir as mais diferentes aplicações da realidade virtual, de instrumento de desenvolvimento de produtos à aplicação em programas de educação à distância ou na qualificação de pessoal. O encontro, promovido pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC), contará com um pré-simposio, cursos de introdução ao tema e publicação de um livro de informações básicas que deverão tornar mais conhecidas as potencialidades da tecnologia.

De acordo com os organizadores, serão realizadas palestras com a participação de especialistas do Brasil e do exterior, além da apresentação de teses e trabalhos técnicos científicos sobre o assunto. No "Festival de Mundos Virtuais" serão apresentados trabalhos experimentais de aplicação prática da realidade virtual, explorando canais multissensoriais que abrangem desde o campo das artes plásticas até a pesquisa avançada. Mesmo quem não puder participar do Simpósio poderá se inscrever apenas no pré-simpósio (taxa de R$ 16,00) e participar do curso. Terá direito a certificado, visita a exposição de produtos de RV e participação no festival de mundos virtuais e na cerimônia de abertura. Mais informações: www.sp.senac.br/svr2004

MEC investe no ensino a distância

O ensino superior ganhou reforço. No próximo ano, serão abertas 17 mil vagas em cursos de Pedagogia e licenciaturas em Ciências Exatas (Biologia, Química, Física e Matemática). A saída encontrada pelo governo para cumprir a meta de expandir o acesso às universidades: apoiar a educação a distância. Pela primeira vez, o Ministério da Educação vai ajudar as instituições públicas no custeio dos cursos. Serão investidos R$ 14 milhões no projeto. Do Correio Braziliense, 11/10/2004..[+]

USP terá primeiro curso de graduação a distância em 2006

A característica que melhor define a educação a distância (EAD) é a separação física entre professores e alunos: quem ensina não precisa estar no mesmo lugar que quem aprende. A comunicação é feita por meio de internet, correio, videoconferência ou até telefone. A principal vantagem é a possibilidade de oferecer educação em locais em que não existem universidades ou cursos especializados em diferentes níveis. Além de atender a um contigente maior de alunos, há ainda a vantagem da flexibilidade de horários.

A cidade de São Paulo, principal metrópole do país, ainda não possui nenhum curso de formação universitária a distância. Para preencher a lacuna, a USP (Universidade de São Paulo) terá em 2006 seu primeiro curso de graduação não presencial: licenciatura em Ciências. O objetivo será formar no ensino superior professores da rede pública já em atividade - aliás, assim como 42 dos 48 cursos do tipo oferecidos no Brasil e autorizados pelo MEC (Ministério da Educação) a funcionar. Da Folha Online, 29/9/2004..[+]

Programa modular de nuevas tecnologías de la información y de la comunicación Curso 2004 / 05

La UNED ofrece la posibilidad de especializarse modularmente en el campo de la enseñanza virtual (e-learning) y en el de las tecnologías digitales de la información y de la comunicación. Este programa modular en Tecnologías de la Información y de la Comunicación puede conducir a la obtención de los títulos de Especialista Universitario Enseñanza Virtual e Máster Universitario en Tecnologías Digitales de la Información y de la Comunicación. www.uned.es/ntedu/masterWeb/inicio.htm

Definidos os finalistas do Prêmio Jabuti 2004

Em sessão aberta realizada dia 26/05/204, na Câmara Brasileira do Livro, foram apurados os votos que definiram os finalistas das 17 categorias do Prêmio Jabuti 2004. A listagem da categoria "Educação, Psicologia e Psicanálise" inclui o livro "Educação Online", da Editora Loyola, do qual faz parte capítulo da profa. Raquel de Almeida Moraes com o mestrando da FE Lino Vaz Muniz. A obra foi lançada na FE-UnB, em 4 de dezembro de 2003. O capítulo chama-se Linguagem da WEB no CEAD/UnBVirtual e pode ser lido na Parte 2: Ambientes virtuais de aprendizagem, pp. 293-309. Os dois colegas da FE e o organizador da obra, prof. Marco Silva-UERJ, estão de parabéns pelo êxito já obtido, pela inclusão na listagem da primeira fase do prêmio. Leia mais sobre o prêmio

Como manobrar uma imprensa que não pensa

Nilson Lage analisa: O texto que se segue parece ter pouco que ver com a crítica do jornalismo. Mas é só aparência. A partir de um caso específico, que por acaso conheço, procuro mostrar como uma imprensa pouco informada pode ser útil para o fim que se queira e como esse tipo de manobra (a) não nasce nas redações mas passa por elas; (b) ganha a cor ideológica que for conveniente; e (c) freqüentemente prejudica aqueles mesmos que alega defender. Fonte: Observatório da Imprensa

Livro resgata contribuições para ensino a distância

"Este trabalho é o reconhecimento de toda a contribuição que o Nordeste deu ao Brasil no que diz respeito a educação a distância". A afirmativa é do professor João Vianney, da UniSul Virtual, de Santa Catarina, sobre o livro "Pioneirismo em Educação a Distância: A experiência do Rio Grande do Norte", organizado pela Profa. Dra. Patrícia Lupion Torres, da PUC/Paraná. O lançamento ocorreu durante I Seminário de Educação a Distância, promovido pelo Cefet do Rio Grande do Norte. Vale ressaltar que a declaração do jornalista e professor foi feita via satélite, utilizando as novas tecnologias de educação a distância, como a vídeoconferência. Fonte: Diário de Natal


Observatório de Inclusão Educacional e Tecnologias Digitais - Unesco / UnB