Amapá, Brasil
.
especial
Cobaias humanas “made in Brazil”

Em 2003, segundo moradores de uma comunidade quilombola no Amapá, um certo Allan Kardec Gallardo, funcionário da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) cedido à Secretaria Estadual de Saúde do Amapá, acompanhado por um americano que eles não sabem identificar, desembarcou no povoado com uma proposta: por nove noites de trabalho, duas vezes por ano, os ribeirinhos receberiam R$ 108 e, de quebra, contribuiriam para o progresso da ciência ao ajudar a combater a malária. Resultado: a incidência de malária aumentou. Reportagem especial de Raíssa Abreu, da Agência Senado, janeiro de 2006..[+]

educação
Amapá realizará concurso público para professores indígenas

O estado do Amapá decidiu, na semana passada, realizar concurso específico para professor indígena e, com isso, reconheceu o direito dos índios a uma educação pública diferenciada, que respeite suas especificidades. A decisão ocorreu após a Organização dos Professores Indígenas do Oiapoque (Opimo) entrar na justiça com um Mandado de Segurança Coletivo contra um Concurso Público Estadual para professores de 1a. a 4a. séries que trabalhariam nas terras indígenas Pedra Branca do Amapari, Oiapoque e Parque Indígena do Tumucumaque – Laranjal do Jari. Do Cimi, 29/12/2005..[+]

amapá
ONG usa ribeirinhos como cobaias

Arte: Mateu, do jornal Q!A ONG americana Institucional Review Board, supostamente vinculada à Universidade da Flórida, vinha usando há quatro anos os moradores da comunidade de São Raimunda do Pirativa, às margens do Rio Matapi, no Amapá, como cobaias de uma pesquisa sobre malária. No estudo, que seria financiado pela universidade e pelo Instituto Nacional de Saúde americano, os ribeirinhos alimentavam com o próprio sangue os mosquitos transmissores da doença. Daniela, do jornal Q!, 6/12/2005..[+]

política
Caso Capiberibe traz à tona o jogo pesado do poder no norte do país

João e Janete Capiberibe seguem sua luta para manter os mandatos, ameaçados por um estranho processo iniciado com testemunho de duas eleitoras que disseram ter recebido 26 reais cada para votar neles, mas que depois admitiram terem mentido. Caso traz à tona o jogo pesado do poder no extremo norte do país. Matéria de Luiz Augusto Gollo, na Agência Carta Maior, em 3/11/2005.

injustiça
Cassação, não: caçada.

A condenação pública sem provas vem se tornando prática comum no Brasil. José Dirceu pode perder seus direitos políticos por conta de inferências apresentadas como evidências. Não é, infelizmente, um caso sem precedentes. No dia 22 de setembro, em meio ao caos da crise política, passou meio despercebida a criminosa perda de mandato do senador João Capiberibe, do PSB do Amapá, e de sua mulher Janete Capiberibe, deputada federal, também pelo PSB amapaense (27/10/2005)..[+]

Janete Capiberibe desmente boatos e convida para o ato “Levanta Amapá”

A deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) desmentiu nesta segunda (10/10) os boatos de que ela e o ex-governador e senador pelo Amapá João Alberto Capiberibe não estariam mais com seus mandatos em Brasília. “Ao contrário da mentira que estão contando, principalmente nas comunidades mais distantes, eu e o Senador Capiberibe ainda estamos no Congresso Nacional, honrando os mandatos que recebemos pelo voto de 130 mil cidadãs e cidadãos do Amapá”. Da redação com assessoria, 10/10/2005..[+]

questão agrária
Coordenador da CPT Amapá depõe na CPMI da Terra

Investigando a grilagem de terras praticada no país, a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito da Terra (CPMI da Terra) convocou representante da Comissão Pastoral da Terra do Amapá para depor sobre esta prática no estado. Sandro Gallazzi, coordenador regional da Pastoral, prestou depoimento no dia 29 de agosto, no Senado Federal, em Brasília. Gallazzi abordou com detalhes a grilagem de terras públicas realizada no estado nos últimos anos e atualmente, que envolve um total de mais de 70 mil hectares de terras da União e cerca de 66 mil hectares do Estado do Amapá. Da redação, 29/8/2005..[+]

brasilidade
Capiberibe traz "etno-ópera" a Brasília

Uma iniciativa do senador João Capiberibe e da deputada federal Janete Capiberibe, ambos do PSB do Amapá, trará o musical Ponte entre Povos a Brasília. O espetáculo recebeu a denominação de "etno-ópera", porque envolve índios, estudantes da Escola de Música Walkíria Lima, de Macapá, e integrantes da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo. O musical será apresentado no dia 31 de agosto, no Teatro Nacional, às 20h, e também em 1º de setembro, gratuitamente, no Senado. Da Agência Senado, 17/8/2005..[+]

Incra denuncia ocupação irregular de terras no Estado

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Amapá entregou à Superintendência da Polícia Federal e ao Ministério Público Federal no estado um relatório de 231 páginas com um panorama das irregularidades na aquisição de terras em várias regiões, principalmente nos municípios de Italbal do Piririm e Macapá. A diretora do Incra no Amapá, Cristina Almeida, disse que a denúncia de irregularidades na aquisição de grandes áreas de terras no estado recebeu o aval da superintendência nacional do instituto. "Este é um trabalho de rotina, mas infelizmente foi interpretado de forma política por envolver autoridades do estado", afirmou. Da Agência Brasil, 26/5/2005..[+]

CPT diz que pessoas influentes são responsáveis por grilagem no Amapá

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) no Amapá aponta como responsáveis pela grilagem de terra na região pessoas influentes da sociedade, como empresários, juízes, políticos e advogados. Segundo a CPT, mais de 40 mil hectares de terras do estado e da União estão sendo indevidamente exploradas por madeireiros e plantadores de soja, arroz e milho. Segundo o coordenador da CPT no Amapá, Sandro Gallazzi, as irregularidades já foram denunciadas ao Ministério Público Federal e estão sendo apuradas. Da Agência Brasil, 26/5/2005..[+]

Capiberibe denuncia crise na saúde pública do Amapá

O senador João Capiberibe (PSB-AP) afirmou, nesta quinta-feira (31), que a situação da saúde pública no Amapá é "de extrema gravidade". Capiberibe informou que o Ministério Público solicitou a interdição do Hospital de Emergência, em Macapá, por condições inadequadas de funcionamento e por risco à saúde de pacientes, médicos e funcionários. O mesmo hospital já havia sido interditado por razões éticas pelo Conselho Regional de Medicina (CRM), que considerou "indignas" as condições de assistência médica. Os profissionais foram proibidos de exercer qualquer ato. Da Agência Senado, 31/3..[+]

João Capiberibe apresenta CD de música indígena erudita

O senador João Capiberibe (PSB-AP) apresentou nesta quinta-feira (3/3) CD e livro de música erudita indígena ao Plenário. Ele explicou que o CD contém obras como a Pequena Serenata Noturna, de Mozart, a Marcha Triunfal Ainda, de Verdi, gravadas com a participação de 20 músicos indígenas do Amapá, 13 estudantes da Escola de Música Valquiria Lima, de Macapá, e 12 músicos da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo. O livro conta a história do projeto que deu origem ao espetáculo e ao CD. Da Agência Senado, 3/3/2005..[+]

saúde
MP: falta de remédios matou 70 pessoas em hospitais

MACAPÁ. Um levantamento feito pelo Ministério Público do Amapá aponta que 70 pessoas morreram de janeiro a setembro do ano passado por falta de medicamentos e de equipamentos nos hospitais públicos. "Fizemos vistorias nas principais unidades de saúde e constatamos o caos em que se encontra a saúde no Amapá", disse o promotor Marcelo Moreira. Os mais prejudicados com esta situação, segundo Moreira, são os transplantados cardíacos, doentes renais e portadores de câncer. Da Tribuna da Imprensa, 24/2..[+]

Polícia Federal realiza Operação Pororoca

A Polícia Federal está realizando em Macapá (AP) a Operação Pororoca, com o objetivo de prender pessoas ligadas a fraudes em licitação. Em Macapá, foram expedidos 30 mandados de prisão e, até agora, foram presos 10 empresários da construção civil que participaram de obras realizadas com recursos federais. Entre eles, foi preso o ex-senador Sebastião Bala Rocha, que concorreu à prefeitura da capital nas últimas eleições...Agência Brasil, 4/11/2004

João Henrique anuncia filiação ao Partido dos Trabalhadores

Diário do Amapá, 21 maio 2003. O prefeito de Macapá, João Henrique Pimentel, sem partido desde que deixou o PSB, deverá anunciar depois de amanhã, 22, sua filiação ao Partido dos Trabalhadores (PT). Com ele, seguirá também o mesmo destino o ex-deputado federal Evandro Milhomen, também ex-socialista. Leia mais

Procon do Amapá promove campanha de conscientização em escolas públicas

10 de fevereiro de 2003. O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon) no Amapá iniciou uma série de palestras que serão ministradas nas escolas públicas do Estado para massificar entre os jovens os direitos que o cidadão tem como consumidor. Leia mais

Governo francês garante intensificar cooperação bilateral com o Amapá

27 de janeiro de 2003. Durante a visita à Embaixada da França na semana passada, a primeira-secretária Marianne Carre-Louahchi garantiu ao secretário Ildegardo Alencar, da representação do Governo em Brasília, que os acordos firmados com o Amapá terão continuidade e serão implementados no governo Waldez Góes (PDT). O objetivo é intensificar o intercâmbio cultural e tecnológico entre a França e o Brasil. Leia mais

30.04.2002 - Médicos cubanos são contratados para trabalhar no Amapá
 

Consciência.Net
Cidades
Amazônia
Corrupção em AP