Questão Agrária
Cenário internacional
.
Chávez não dá trégua ao latifúndio

O ponto alto do penúltimo dia do 5º Fórum Social Mundial (FSM) foi a participação do presidente da Venezuela, Hugo Chávez. Aplaudido entusiasticamente por mais de 10 mil pessoas que lotaram o ginásio do Gigantinho, em Porto Alegre, na noite de 31 de janeiro, o líder bolivariano começou seu dia assinando um protocolo de intenções com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) para o intercâmbio e reprodução de sementes nativas. Do Brasil de Fato, 3/2/2005..[+]

O ótimo exemplo dos países mais ricos

Enquanto pressionam os paises mais pobres a abrir seus mercados, os mais ricos do planeta protegem com unhas e dentes seus agricultores. Do Brasil de Fato, 3/2..[+]

Truques para esconder tarifas mais altas

No setor agrícola, aparentemente, as tarifas médias de importação dos países em desenvolvimento estariam acima das vigentes nas quatro regiões mais ricas do globo. No primeiro caso, a tarifa média sobre produtos agrícolas importados caiu de 29,6%, em 1990, para 18,4% em 2000, refletindo as intensas pressões dos países ricos e de instituições multilaterais em favor da abertura dos mercados nos países em desenvolvimento. Do Brasil de Fato, 3/2..[+]

Os subsídios distorcem os preços

O aumento dos subsídios concedidos pelos países ricos entre 1995/1997 e 2000/2002 continua causando distorções no mercado mundial. Na média da OCDE, os preços pagos aos agricultores ainda permaneciam cerca de 28% acima das cotações internacionais. Pouco mais de 56% dos subsídios aos agricultores, segundo dados de 2000/2002, concentravamse em cinco produtos ou classes de produtos. Somados, leite (17,6%), carnes (16,1%), arroz (11%), trigo (6,7%) e milho (4,7%) responderam por 56,1% dos subsídios totais. Do Brasil de Fato, 3/2..[+]

Esforço global pelo acesso à terra

Para traçar um cenário global e nacional sobre a situação fundiária, entrevistamos o representante do Ibase no Comitê Internacional Preparatório do FMRA, Sérgio Leite. "A idéia é passar para um público maior o que significa hoje o dilema de mais de 3 bilhões de pessoas que vivem no campo e que têm os mais diversos tipos de problemas". Por AnaCris Bittencourt e Iracema Dantas, do IBase, jan/2005..[+]

Marcha camponesa avançará sobre a Cidade do México

Organizações camponesas realizarão neste final de semana uma marcha popular na Cidade do México. É aguardada a presença de 40 mil pessoas, que participarão domingo (6/2) da Jornada Nacional pela Justiça, Soberania e pelo Resgate do Campo. Da Agência Carta Maior, 28/1/2005..[+]

Lula deve seguir exemplo de Chávez, diz MST

O Movimento dos Sem-Terra (MST) afirmou que as medidas adotadas pelo governo da Venezuela para aplicar a lei de reforma agrária no país deveriam servir como modelo a ser seguido pelo Brasil. "Existe um exemplo, que vem da Venezuela, que poderia ser copiado pelo governo Lula", disse Valquimar Reis, da coordenação nacional do MST. "Isso se, de fato, ele propõe um governo sério e de mudança." Na segunda-feira, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, assinou um decreto para a criação de uma comissão nacional com o objetivo de rever a situação da terra no país. O novo órgão terá a função de fiscalizar títulos de propriedade e estudar os critérios que definem uma área como produtiva. Na prática, a decisão constitui a primeira medida efetiva de aplicação da Lei de Terras, que desde 2001 estipula as bases para uma reforma agrária na Venezuela a partir da redistribuição de terras improdutivas ou cuja propriedade não pode ser comprovada. Da BBC Brasil, 12/1/2005..[+]

Violência no campo marca início do ano na Venezuela

No dia 30 de dezembro de 2004, mais um camponês venezuelano foi assassinado. Alejandro Marquez, que organizava as cooperativas de reforma agrária no estado de Barinas, morreu baleado na porta de sua casa. Do Portal do MST, 3/1/2005..[+]

Venezuela acelera a sua reforma agrária

Governadores alinhados ao presidente venezuelano, Hugo Chávez, aceleraram a aplicação da Lei de Terras, de 2001, que incentiva a reforma agrária e o combate ao latifúndio. Entre os objetivos, estão o aumento da produção de alimentos do país, que importa a maior parte do que consome, e a redução das ocupações de terra pelos movimentos sociais. Da Agência Ansa, 28/12/2004..[+]

Brasil pauta essência do debate sobre Reforma Agrária no mundo

Brasil foi a principal referência e eixo central dos debates do Fórum Mundial da Reforma Agrária, tanto em função da atuação do MST, mundialmente reconhecido como maior agente promotor das lutas pela reforma agrária, quanto pelo tratamento contraditório dado à questão pelo governo do presidente Lula. Foto: Carlos Vieira, na Agência Carta Maior, em 9/12/2004..[+]
 

Consciência.Net
Relacionadas
Últimas
Agricultura
Agrotóxicos
Atingidos por Barragens
Cenário internacional
Crédito e orçamento
Educação no campo
Metas da reforma
Questão indígena
Quilombolas
Transgênicos
Violência no campo
Opiniões
Frases
Links, Dados e Documentos