Atingidos pela Copa do Mundo realizam Copa Popular neste domingo (27/4) no morro Santa Marta, Rio de Janeiro

Essa será a primeira das quatro etapas antes da final, no mês da Copa do Mundo.

ENGLISH VERSION BELOW

Na preparação do Brasil para receber a Copa do Mundo da Fifa, outro torneio vai reunir não as principais seleções mundiais, mas pessoas que estão tendo seus direitos violados pelos grandes eventos esportivos. A Copa Popular 2014 terá a sua primeira etapa neste domingo, no pico do Morro Santa Marta, com equipes masculinas e femininas. A atividade política, esportiva e cultural começará às 10h e contará também com uma roda de samba com moradores históricos da favela.

O evento é organizado pelo Comitê Popular da Copa e Olimpíadas, que realizou a Copa Popular em 2013 com 14 times de comunidades atingidas por remoção, e tem parceria com a Associação Nacional do Futebol Feminino do Brasil. Para este ano, além de incluir outros grupos – como os camelôs, vítimas de violência policial e apoiadores – , o campeonato acontecerá em etapas em todas as regiões da cidade, mostrando que as violações não são pontuais.

No Rio, mais de 20 mil famílias perderam suas casas desde 2009; no pico do Santa Marta, 150 casas estão ameaçadas de remoção, mas os moradores lutam pela urbanização. “Queremos desenvolvimento para essa área em todos os seguimentos, econômico, social e em infra-estrutura”, disse Vitor Lira, liderança local. “Vamos fortalecer a luta pela preservação da parte alta do morro, onde começou a ocupação e a história da favela”, completou.

A Copa Popular tem o objetivo de integrar as comunidades e os grupos de atingidos na luta por uma cidade de direitos. A atividade quer também dar visibilidade para as diversas violações e ilegalidades que vem acontecendo na preparação da cidade para a Copa do Mundo e as Olimpíadas e que são justificadas pelos eventos esportivos.

Serviço

Quando: Domingo, 27 de abril, às 10h
Onde: Campinho do Pico do Santa Marta

Subindo por Laranjeiras: entrar na rua General Glicério e seguir em direção a Rua Oswaldo Seabra até a atual base policial do morro, antiga creche do Pico do Santa Marta.

Subindo por Botafogo: ir à praça Corumbá (R. São Clemente, 312) e subir a pé pelas escadarias da favela ou pegar o plano inclinado até a quinta estação.

Mais informações

Renato Cosentino – 21 98267-2760 (Português/Espanhol)
Kate Steiker-Ginzberg – (21) 96510-1004 (Inglês)


[ENGLISH]

2014 People’s Cup brings together groups impacted by the World Cup Sunday, April 27 in Santa Marta favela, Rio de Janeiro

This is the first of four tournament stages in the leadup to the final match during the World Cup

As Brazil prepares to host the FIFA World Cup, a different sort of tournament will bring together people whose rights are being violated by major sporting events. The first round of the 2014 People’s Cup will take place this Sunday at 10:00am at the peak of Santa Marta in Botafogo. The tournament is both a sporting event-­-­including games in men’s and women’s divisions-­-­and a political and cultural event, featuring a “roda de samba” with longtime residents of the favela.

In 2013, the People’s Committee of the World Cup and the Olympics, in partnership with the National Women’s Football Association, hosted the first People’s Cup Against Removals. The tournament included 14 teams from communities threatened with forced eviction. This year, the event has expanded to include other groups impacted by these sporting events, such as street vendors and victims of police violence. The tournament will take place in multiple stages in locations across the city to demonstrate that the violations are systematic and widespread.

In Rio de Janeiro, more than 20,000 families have lost their homes since 2009. At the peak of Santa Marta, 150 homes are currently threatened with removal, while residents continue fighting for urbanization: “We want economic, social, and infrastructure development for this area,” said Vitor Lira, a local leader, adding, “We will strengthen the struggle to preserve the highest point of the hill, where the occupation started and the history of the favela began.”

The People’s Cup brings together communities and impacted populations in the struggle for a more just and democratic city. The symbolic event calls attention to the illegalities and human rights violations occurring during the city’s preparations for the World Cup and Olympics.

Details

When: Sunday, April 27, 10:00 am
Where: Campinho field, peak (Pico) of Santa Marta favela

From Laranjeiras: Go up Rua General Glicério in the direction of Rua Oswaldo Seabra until the current police base on the hill, the former site of the Pico do Santa Marta daycare.

From Botafogo: Go to Corumbá plaza (Rua São Clemente, 312) and climb the stairs of the favela on foot or catch the tram (plano inclinado) to the 5th and final station.

Additional Information

Renato Cosentino – (21) 98267-­2760 (Portuguese/Spanish)
Kate Steiker-­Ginzberg – (21) 96510-­1004 (English)

Da redação. Comente abaixo ou pelo Facebook.com/RevistaConscienciaNet. Contato: [email protected]


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *