Em SP, movimentos convocam ato contra leilão da Usina Hidrelétrica Três Irmãos

Diversos movimentos sociais estão organizando um ato contra o leilão da Usina Hidrelétrica Três Irmãos, localizada no município de Andradina, interior paulista. A concentração está marcada para 9 horas desta sexta-feira (28), em frente à Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), onde está prevista a realização do leilão.

Trabalhadores eletricitários de Três Irmãos, que podem ser afetados diretamente com o leilão, e da Usina Hidrelétrica de Jupiá, também pretendem paralisar as atividades durante todo o dia.

A licitação de Três Irmãos é conseqüência direta da decisão do governo do Estado de São Paulo, comandado pelo governador Geraldo Alckmin, de não aceitar o acordo proposto pela lei 12.783/13, que reduziu as tarifas de energia – média de 20% – em troca da renovação das concessões das usinas hidrelétricas.

Para o integrante da coordenação nacional do MAB, Gilberto Cervinski, isto só se resolverá com um maior controle do Estado. “O governo não teve coragem de enfrentar esse golpe orquestrado pelo PSDB. Precisamos de um controle do Estado sobre o setor elétrico, que hoje é dominado pelo capital especulativo, na sua grande maioria internacional”, avalia.

Participam da construção do ato o Comitê Estadual de Defesa do Petróleo, Consulta Popular, Federação Única dos Petroleiros, Levante Popular da Juventude, Marcha Mundial de Mulheres, Movimento dos Atingidos por Barragens, Plataforma Operária e Camponesa para Energia e Sinergia – CUT.

Mais informações:
www.mabnacional.org.br

Assessoria:
Guilherme – (11) 98241 3171

Da redação. Comente abaixo ou pelo Facebook.com/RevistaConscienciaNet. Contato: [email protected]


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *