Vitoriosos nas ruas, garis do Rio encerram greve

Aumento de 37% foi conquistado após oito dias de luta nas ruas e apoio de uma ampla gama de movimentos sociais, que enfrentaram a tentativa de desqualificação da prefeitura e da TV Globo.

Garis do Rio de Janeiro lutaram nas ruas e conquistaram direitos. Foto: Léo Lima

Garis do Rio de Janeiro lutaram nas ruas e conquistaram direitos. Foto: Léo Lima

Após mais de quatro horas de negociações no Tribunal Regional do Trabalho, os garis e representantes da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) e da prefeitura do Rio de Janeiro chegaram a um acordo, encerrando a greve que já durava oito dias com o retorno imediato ao trabalho.

O encontro estava marcado para terça-feira (11), mas foi adiantado para a tarde de sábado (8).

O salário dos garis, que atualmente é R$ 802,57, passará para R$ 1.100, e o tíquete alimentação, de R$ 12, passará para R$ 20.

A prefeitura havia oferecido reajuste do salário para R$ 1.050 e aumento do tíquete para R$ 16. O secretário-chefe da Casa Civil, Pedro Paulo, disse esperar que o aumento de 37% sirva para que o episódio não passe de uma ressaca de carnaval.

“Vamos por uma pá de cal nessa história”, disse. Ele prevê que sejam necessários de dois a três dias para normalizar a retirada do lixo na cidade.

Não foram poucos os obstáculos que os grevistas enfrentaram para chegar a este acordo. Primeiro, o seu próprio sindicato, que vinha fechando acordos ilegítimos com a prefeitura, ao longo da semana, no intuito de encerrar a greve de maneira arbitrária.

Houve também a tentativa de desqualificar a greve, dizendo que eram apenas 300 em paralisação – apesar das montanhas de lixo acumulado pela cidade provando o contrário.

O aumento acertado foi resultado da contraproposta da categoria. Um dos representantes da comissão de greve, Angelo Ricardo Freitas, disse que os garis ficaram satisfeitos. “Estamos todos satisfeitos, pois não queríamos nada além disso, sentar e conversar e poder propor nossa pauta”, disse.

(Com Rio na Rua e Agência Brasil. Foto: Léo Lima)

Da redação. Comente abaixo ou pelo Facebook.com/RevistaConscienciaNet. Contato: [email protected]


1 comentário para “Vitoriosos nas ruas, garis do Rio encerram greve

  1. Olho de Águia
    10 de março de 2014 at 23:33

    Todo o trabalhador merece um salário digno. Parabéns aos corajosos garis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *