Dez funcionários da ONU mortos em protesto afegão contra queima do Alcorão

A agência de notícias AFP em Cabul acaba de informar que 10 funcionários da ONU foram mortos em um ataque contra o quartel-general da Organização, no norte da cidade afegã de Mazar-i-Sharif.

Os atos terroristas eram, pelas primeiras informações da polícia local, parte de um protesto contra a queima do Alcorão por um pastor dos EUA.

“Dez funcionários [da ONU] foram mortas pelos manifestantes (…) Todos são estrangeiros”, disse o porta-voz da polícia afegã, Lal Mohammad Ahmadzai.

Um porta-voz da missão da ONU em Cabul, Don McNorton, disse: “Estamos cientes de um incidente em nosso escritório em Mazar, atualmente estamos trabalhando para apurar todos os fatos”. (AFP)

Da redação. Comente abaixo ou pelo Facebook.com/RevistaConscienciaNet. Contato: [email protected]


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *