.Agência
__________________________________________________________
Editoria: QUESTÃO INDÍGENA / BA


Povo Tupinambá de Olivença retoma parte do território reivindicado em Ilhéus

Cansados de esperar a morosidade da Funai, cerca de 200 índios Tupinambá de Olivença retomaram no último domingo (19/2) a fazenda Limoeiro, de cerca de 700 hectares, na Bahia
 

Cerca de 200 índios Tupinambá de Olivença retomaram no último domingo, 19 de fevereiro, a fazenda Limoeiro, de cerca de 700 hectares. A área retomada fica a cerca de 40 km da sede do município de Olivença, sendo um local de difícil acesso. A situação até a manhã desta segunda (20/2) tem sido tranqüila. Não houve resistência do fazendeiro e algumas famílias de trabalhadores que se encontravam no local saíram de forma pacífica.

A fazenda Limoeiro produz cacau e seringa e já foi alvo de ocupação por trabalhadores rurais da região, mas o Incra não a desapropriou pelo fato de ter sido externada reivindicação dos Tupinambá e da Funai em relação às terras. Cansados de esperar a morosidade da Funai, os Tupinambá estão identificando e retomando o seu território.

Os Tupinambá do sul da Bahia eram conhecidos como “Caboclos de Olivença” até a década de 90, quando reiniciaram a luta pelo reconhecimento étnico e territorial. Em 2000, foram muitos bem recepcionados na Conferência Indígena em Coroa Vermelha, o que lhes deus muita força e animação na luta. Em 2004 a Funai criou um Grupo Técnico para a identificação do território. Os antropólogos Suzana Viegas e Jorge de Paula foram os encarregados pelo relatório, entregue à Funai em Brasília em 2005. Até o momento os índios não tiveram acesso ao trabalho. Já foram feitas diversas visitas a Brasília para a conclusão e a devolução do relatório, sem que a situação fosse alterada.

Atualmente, os cerca de 3.000 Tupinambá de Olivença vivem em pequenas glebas de terra, nos município de Ilhéus, Una e Buerarema. Para sobreviver, trabalham “na diária” para os fazendeiros de cacau, seringa, piaçava e gado e em pequenos serviços nas periferias das cidades de Ilhéus e Una. Estão divididos em três grandes regiões: Acuípes, Olivença e na Serra do Padeiro.
 

__________________________________________________________
Fonte: Conselho Indigenista Missionário - Cimi
Fechamento: 24/02/2006 - 11h20
Contatos: Eduardo/ Haroldo: (73) 3212-1171
Ref. http://www.consciencia.net/2006/0224-ba-ilheus.html

__________________________________________________________
Lembre-se que você tem quatro opções de participação: (I) Um email de cada vez; (II) Resumo diário; (III) Email de compilação; (IV) Sem emails (acesso apenas online). Para cancelar, responda solicitando.

Publicidade

.

__________________________________________________________
www.consciencia.net/agencia