Brasil: o país das faculdades de Jornalismo

Do sítio O Jornalista, 17/8/2005
 

Já virou uma “Festa da Uva”. O número de cursos de Jornalismo, no Brasil,  cresce sem parar e pelo visto sem controle algum. Segundo dados do Censo do Ensino Superior de 2003, o número de cursos saltou de 260, em 2000, para 443, em 2003, o que corresponde a um aumento de 70% nesses quatro anos. Desses 443 cursos atuais, 74 são públicos e 369 privados.

Segundo análise da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), os dados precisam, no entanto, ser tomados com precaução, pois pode ter havido confusão na hora de classificar os cursos. “É possível que nas listas de Comunicação Social tenham sido contabilizadas outras habilitações que não as de Jornalismo, como os cursos de graduação em Cinema e Vídeo, Radialismo, Rádio e Telejornalismo, Produção Editorial e Publicação entre outros”, afirmou a entidade.

Porém, alguns dados sobre a questão são incontestáveis:

- O Brasil tem mais faculdades de Jornalismo do que de Odontologia. Apesar de sermos um país de desdentados, pelo menos no entendimento do Ministério da Educação parece que precisamos mais de jornalistas do que de dentistas; 

- Todos os Estados brasileiros oferecem cursos de jornalismo. Com habilitação em Jornalismo já são pelo menos 300 cursos, contra menos de 200 em Odontologia. 

- A Região Sudeste concentra a maioria das escolas de jornalismo, seguida pela Região Sul, Nordeste, Centro-Oeste e a Região Norte, com o menor número delas; 

- O Governo Lula agravou a política de proliferação das faculdades de Jornalismo, apesar dos diversos apelos de uma moratória na abertura de novos cursos no País;

- No ranking dos Estados, São Paulo é o campeão isolado. O segundo lugar é do Paraná, seguido de perto por Rio de Janeiro e Minas Gerais. O Rio Grande do Sul ocupa a quarta colocação. 

Em diversas ocasiões os jornalistas brasileiros já expressaram preocupação e cobraram providências contra a proliferação indiscriminada das faculdades de jornalismo no Brasil. Mas, nenhuma providência digna do nome foi tomada pelos órgãos competentes.

Em 2003, o XI Congresso Estadual dos Jornalistas no Estado de São Paulo, realizado nos dias 24 e 25 de outubro, em Bauru (SP), aprovou um documento endereçado ao Ministério da Educação, no qual a categoria paulista expressava preocupação e cobrava providências contra a proliferação das faculdades de jornalismo no Brasil. No ano seguinte, a Federação Nacional dos Jornalistas reforçou o alerta. Tudo em vão. Até quando esta situação vai se perdurar?

Veja abaixo um documento encaminhado ao Ministério da Educação em 2003:
 
 

Bauru, 26 de outubro de 2003.

Ao
Excelentíssimo Ministro da Educação da
República Federativa do Brasil
Prof. Cristóvão Buarque

Ref.:  Cursos de Jornalismo

Os jornalistas paulistas reunidos no XI Congresso Estadual deliberam expressar à Vossa Excelência, a grande preocupação da categoria com a proliferação de cursos de jornalismo no País. O Brasil já conta com mais cursos de jornalismo do que de odontologia. Já são mais de 256 espalhados pelo País. Apenas o Estado de São Paulo contabiliza mais de 75 faculdades que oferecem o curso.

Cientes de que este quadro de proliferação desenfreada foi irresponsavelmente implementado nos últimos oito anos, solicitamos de Vossa Excelência uma postura de barrar a onda de criação de novos cursos e reavaliar as autorizações já concedidas. Infelizmente, muitos dos cursos existentes não apresentam exigências mínimas de qualidade.

Na certeza de que contaremos com o vosso apoio, na defesa de uma educação superior de qualidade e com critérios sérios, solicitamos que sejam adotadas providências urgentes que a situação exige.

Aproveitamos a oportunidade para renovar nossos votos de sucesso na sua luta frente ao Ministério.

Cópia da presente deliberação está sendo encaminhada à FENAJ - Federação Nacional dos Jornalistas

N.R.: A FENAJ encaminhou ao MEC, em outubro de 2004, um pedido de moratória na abertura dos cursos de jornalismo e da inclusão da entidade nas comissões de avaliação das condições de oferta de tais cursos.
 


Mídia

Publicidade

.

------------------------------------------
Visite também:
—>.Busca no site
—>.Agência Consciência.Net
—>.Café da Manhã
—>.Cartas
—>.Mapa da revista
—>.Principal

------------------------------------------
Consciência.Net