.Agência
__________________________________________________________
Editoria: QUILOMBOLAS / RJ


RJ: Ordem Terceira despeja famílias remanescentes de quilombolas

"Venerável Ordem Terceira de São Francisco da Penitência" se intitula proprietária da maior parte dos imóveis na comunidade Pedra do Sal, situada acima do Largo São Francisco da Prainha, próximo à Praça Mauá. 30 famílias, em grande parte composta de negros e pobres, estão na rua. Famílias irão acampar amanhã (26/10) ao lado de uma igreja da Ordem
 

Ontem, dia 24 de outubro (segunda-feira), cerca de 30 famílias foram despejadas dos imóveis onde residiam, devido a ação judicial movida pela "Venerável Ordem Terceira de São Francisco da Penitência", ordem religiosa que se intitula proprietária da maior parte dos imóveis na comunidade, situada acima do Largo São Francisco da Prainha, próximo à Praça Mauá.

Na comunidade vivem cerca de 2.500 pessoas, em sua grande maioria negros e pobres, constantemente perseguidas e humilhadas pelos frades da Ordem, que cobram aluguéis escorchantes. Moradores e militantes do movimento comunitário denunciam que a Ordem não têm escrituras legais dos imóveis e apresenta como única "prova" uma certidão emitida pela Prefeitura em 1942.

A área tem grande importância histórica. Ali fica a Pedra do Sal, tombada em 1984 pelo pelo Instituto Estadual de Patrimônio Cultural (Inepac) como registro da "Pequena África", onde eram desembarcados os escravos africanos, e onde sempre moraram muitos africanos e descendentes, até hoje. A área é um símbolo para o samba e outras expressões da cultura afro-brasileira, mas seus moradores mesmo, afrodescendentes, não são valorizados e são perseguidos até hoje pela Igreja Católica.

O falecido papa João Paulo II, pouco antes de morrer, pediu desculpas oficialmente, em nome dos católicos, aos africanos, por séculos de escravidão, mas isso não passará de palavras enquanto a Igreja, que foi a maior proprietária de escravos no Brasil durante toda a colônia e o império, não mudar na prática sua atitude em relação aos negros e pobres.

As famílias despejadas, com apoio da Associação dos Moradores da Saúde, da Ocupação Zumbi dos Palmares e outros movimentos, irão acampar amanhã (26/10) ao lado de uma igreja da Ordem, bem próximo ao Largo São Francisco da Prainha, para denunciar a sua situação e a perseguição que a comunidade sofre. Pedimos que [email protected] se solidarizem, contactem a imprensa, e se façam presentes apoiando a luta do povo.

Maiores informações com Damião, pelo telefone (21) 9701-8905 ou pelo e-mail [email protected]


Ato dia 28/10/2005, às 7h

Nós, moradores desta comunidade, remanescentes de antigos Quilombolas, estamos nos mobilizando contra o despejo de mais de 100 famílias que ficaram desabrigadas por força de interesses da Venerável Ordem Terceira de São Francisco da Penitência com o apoio dos Juizes da 30ª Vara Civil, 18ª Varal Cívil, 28ª Vara Cívil.

As famílias estão sendo expulsas com requintes de tortura, força policial, reproduzindo a Aquisição da Igreja da Idade Média, que execrava todos que não se curvassem diante de seu poder absolutista e autoritário. A Ordem Terceira, que representa hoje essas mesmas posturas autoritárias, está praticando a Inquisição da nossa era, excluindo a todos o direito de um teto para morar. E em nome de um contraditório "Projeto Social" coloca idosos, crianças, mulheres abandonadas, portadores de deficiência e trabalhadores na rua, à revelia, sem qualquer direito de reação ou protesto.

Por isso convocamos a [email protected] a se unirem nesta luta justa, que não é só do morador, mas de [email protected] que acreditam na justiça!!!

Dia 28 de Outubro de 2005
Local: Largo de São Francisco da Prainha (onde
acontece o Escravos da Mauá/próximo da Praça Mauá)
Horário: 7:00 da manhã
 

__________________________________________________________
Fonte: Diversos movimentos populares
Fechamento: 25/10/2005 - 12h12
Contatos: Damião: (21) 9701-8905 / [email protected]
Ref. http://www.consciencia.net/2005/1025-pedradosal1.html

Publicidade

.

------------------------------------------
Visite também:
>.Busca no site
>.Agência Consciência.Net
>.Café da Manhã
>.Cartas
>.Mapa da revista
>.Principal

------------------------------------------
Consciência.Net

__________________________________________________________
Lembre-se que você tem quatro opções de participação: (I) Um email de cada vez; (II) Resumo diário; (III) Email de compilação; (IV) Sem emails (acesso apenas online). Para cancelar, responda solicitando.

__________________________________________________________
www.consciencia.net/agencia