Bittar acusa prefeito de usar dinheiro público em campanha
Tribuna da Imprensa, 24 de setembro, 2004

O candidato à Prefeitura do Rio, Jorge Bittar, denunciou ontem que o prefeito e candidato à reeleição Cesar Maia (PFL) utilizou dinheiro público para financiamento de campanhas eleitorais. De acordo com Bittar, segundo o "Diário da Câmara Municipal" publicado em 20 de julho deste ano, o Grupo Comunitário Equipe Jorge Pereira recebeu R$ 672 mil em recursos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. A entidade tem o nome do candidato a vereador do PT do B, que tenta a reeleição.

A Frente Unidos Para Mudar o Rio encaminhou ao TRE pedido de investigação judicial eleitoral para averiguar as irregularidades. Segundo Bittar, ao todo foram 114 convênios celebrados pelo governo municipal com estas ONGs que ultrapassam o montante de R$ 18 milhões.

Para o candidato, instituições sérias que reivindicam verbas há anos, como a Santa Casa da Misericórdia, ABBR e Pró-Matre, não recebem nenhum tostão, enquanto muitas outras entidades "pilantrópicas" saem beneficiadas. "Que critérios são esses? Há uma flagrante irregularidade, que é ilegal, imoral e anti-ética. A prefeitura começou a liberar os recursos no calor da campanha eleitoral. É um fato grave", considerou.
 

Rio Serviços | Rio | Monitor eleitoral


Busca no site | Café da Manhã | Principal..Consciência.Net


Publicidade

.