Voto cidadão, uma campanha pela ética na política
Da redação, 14 de setembro, 2004

O Conselho de Ética da Câmara lança hoje (14/9) o material de divulgação da campanha pelo voto cidadão. Com a presença do presidente da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), o ato será às 15h, no Salão Verde.

Os deputados vão apresentar o vídeo da campanha que será exibido na tevê, spots para rádios, cartazes e a cartilha Guia do Cidadão, lançada este ano. O educador Paulo Freire, que completaria 83 anos esta semana, será homenageado no ato. Também está prevista a apresentação de um repentista que vai interpretar "Carona de Candidato", do poeta paraibano Zé Laurentino.

A Campanha pelo voto cidadão, uma iniciativa do Conselho de Ética, pretende conscientizar o eleitor sobre o seu direito e dever denunciar a compra de votos. "Voto não tem preço: tem conseqüências", afirma o presidente do Conselho de Ética, deputado Orlando Fantazzini (PT-SP).

Fábula

Durante o lançamento do material da campanha, o deputado Chico Alencar (PT-RJ) vai apresentar o texto "Zoológico de Campanha: personagens de uma fábula eleitoral". A fábula traz "animais candidatos" como o urso (abraça todo mundo durante a campanha, mas depois só quer hibernar); o porco (suja a cidade toda e leva a vida enfiado na lama); e o pavão (vive em função da vaidade).

Traz ainda "bichos eleitores" como o avestruz (enfia a cabeça em um buraco e ignora a realidade) ou a formiga (só quer doce e só vota em quem dá agrado). Na moral da história, Chico Alencar ressalta a importância dos candidatos e eleitores cidadãos.

Os interessados em divulgar o material em seus estados poderão obtê-lo na secretaria do Conselho de Ética ou pelos telefones (61) 215-8601 e 215-8602. (com Agência Informes)

Lista completa

CANDIDATOS

  • Candidato Urso: Em campanha, abraça todo mundo. Depois de eleito, só quer saber de hibernar e de pegar para si os 'favos de mel'.
  • Candidato Jacaré: É muito falastrão e dissimulado. Gosta de pântano e nunca se sabe o lugar (posição) onde está.
  • Candidato Porco: Suja a cidade com sua estampa, polui o ar gritando o seu nome. Para ganhar votos, esconde a lama na qual gosta de viver.
  • Candidato Pavão: Vaidoso e bem arrumadinho, quer impressionar pela beleza exterior. Idéias mesmo são poucas e inconsistentes.
  • CANDIDATO CIDADÃO: Tem história de vida limpa, espírito público e honestidade. Não fica trocando de partido por conveniência e só quer o voto consciente.
ELEITORES
  • Eleitor Avestruz: Enfia a cabeça em sua 'vidinha', ignora a realidade. Mesmo sem querer, ajuda os políticos corruptos.
  • Eleitor Cascavel: Tem raiva de política e destila veneno. Age só na emoção, anulando o voto, ou votando em qualquer um, sem critério.
  • Eleitor Formiga: Só vê o doce, só vota em quem lhe faz agrado. Não cobra o compromisso pelo bem comum.
  • Eleitor Papagaio: Repete o que houve no rádio ou na TV, sem fazer juízo próprio. Pensa com a cabeça dos outros.
  • ELEITOR CIDADÃO: Vota com a razão e a convicção. Sabe que seu voto é capaz de mudar a sociedade e pensa sempre no interesse coletivo.


Leia mais

  • O voto na juventude: Entidade internacional promove campanha para incentivar participação juvenil nas eleições municipais. [+]
  • João Paulo diz que Lula não deve se envolver em eleições municipais.—.Agência Brasil
  • ‘Não se meta nas eleições’.—.O Dia, O Globo, 16/9


Eleições | Brasil


Busca no site | Café da Manhã | Principal.—.Consciência.Net


Publicidade

.