observatório
Aula Virtual e Democracia
boletim 6, ano 2 — janeiro de 2005
Jornalista responsável: Cláudio Júlio Tognolli (CJT)
.
.............................................................................
Ilan Gur-Ze-ev
PhD.em Filosofia da Educação
Universidade de Haifa, Israel
Dê sua opinião....Contato

A “Pedagogia Crítica” tem muitas versões hoje, como acontece também com a “teoria crítica”. Com importantes diferenças entre as teorias que se autodenominam “críticas”, torna-se problemático identificar os problemas dessas correntes pedagógicas e impossível desenvolver-se uma Pedagogia Crítica que seja uma alternativa utópica e positiva. Em que pesem todas suas diferenças, todas as versões usuais da Pedagogia Crítica funcionam como parte e parcela da educação padronizadora e de sua violência. Nesse artigo, sugiro uma educação crítica alternativa como contra-educação. Numa contra-educação não há espaço para uma utopia positiva nem a promessa de emancipação coletiva nas presentes circunstâncias. A contra-educação sugere possibilidades de identificar, criticar e resistir às violentas práticas de padronização, controle e reprodução num sistema que usa os seres humanos como seus agentes e vítimas.

Fonte:  A CAMINHO DE UMA PEDAGOGIA NÃO-REPRESSIVA; Tradução do Inglês para o Português: Newton Ramos de Oliveira  (first draft)

.............................................................................
Andrew Lewis Feenberg
Ph.D., Philosophy
Simon Fraser University Canadian - School of Communication Research Chair Philosophy of Technology
Dê sua opinião: contato

O que Heidegger chamou de “A questão da tecnologia” ocupa hoje um status especial na academia. Após a II Guerra Mundial, as humanidades e as ciências sociais foram tomadas por uma onda de determinismo tecnológico. Se não fosse louvada por modernizar-nos, cabia-lhe a culpa pela crise da cultura. Quer interpretado em termos otimistas quer em termos pessimistas,o determinismo parecia oferecer uma descrição fundamental da modernidade como fenômeno unificado.Tal abordagem é agora amplamente abandonada por uma visão que admite a possibilidade de “diferenças” significativas, isto é, de variação cultural na recepção e apropriação da modernidade. No entanto, esta ruptura do determinismo simplista não nos levou a um florescimento da pesquisa em filosofia da tecnologia como seria de se esperar.

Fonte: Do essencialismo ao construtivismo. A filosofia da tecnologia numa encruzilhada. Tradução do Inglês para o Português: Newton Ramos de Oliveira

.............................................................................
Frei Betto
Frade dominicano. Ex-preso político, é autor de 48 livros. Recebeu os Prêmios Jabuti de Literatura e Juca Pato de Intelectual do Ano em 1985.
Dê sua opinião....Contato

O neoliberalismo, que se esforça em preparar o funeral da história, insiste em que devemos deixar de pensar. Devemos redizer nossas palavras e submeter o pensamento ao pragmatismo tão em moda, como a arte da prosperidade. Ou ao realismo cético de quem se dobra ao pensamento único, delegando ao sistema o direito de pensar por ele. Quem acata tão impensada sugestão, afasta-se de Platão, que fazia do ato de pensar uma forma de dialogar. Quem se deixa dominar pelo medo de pensar, evita as contradições e opiniões divergentes. Neste caso, assimila o pensamento de quem o proíbe de pensar e se alheia da busca da verdade, confundindo esta com a autoridade. E o pior: julga que o seu pobre pensar é a verdade lapidar, olvidando que há a sua verdade, a minha verdade e a verdade verdadeira, como ensinavam os antigos sábios chineses.

Fonte: Direito de Pensar

.............................................................................
Nelson Pretto
Doutor em Ciências da Comunicação
Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Educação
Dê sua opinião....Contato

Transformações significativas estão ocorrendo em todas as áreas do conhecimento com um desenvolvimento científico e tecnológico que aproxima de forma inexorável potências humanas e máquinas. Os sistemas de comunicação ganham especial impulso com este desenvolvimento e passamos a viver numa sociedade da comunicação generalizada, numa sociedade rede. Este texto analisa o conceito de rede, rede sociocultural e tecnológica, que passa a ser fundamental para ampliar a nossa compreensão do mundo contemporâneo e dos reflexos no sistema educacional. Num segundo momento do texto, é feita uma análise do discurso governamental sobre os projetos de implantação das tecnologias da comunicação e informação – especialmente televisão e computadores - no sistema educacional brasileiro.

Fonte: Educação e inovação tecnológica: um olhar sobre as políticas públicas brasileiras

.............................................................................
Cláudio Júlio Tognolli
Dr. em Ciências da Comunicação e Jornalista
Universidade de São PauloUniFIAM-FAAM....Faculdade de Ciências da Comunicação
Dê sua opinião....Contato

O psicólogo Timothy Leary construiu seu nome destruindo o autoritarismo. Hoje, aos 75 anos de idade, três cânceres o destroem — e bem no auge da geração que ele ajudou a construir. O “Pai da Contracultura”, o homem que orientou os Beatles em suas viagens lisérgicas, pede desculpas, enfim. Tem agora seus limites e já não pode responder às minhas perguntas em missivas longuíssimas, sempre enviadas por fax, sempre encerradas com sua chancela lustrosa. “Desculpe-me…, não posso me estender muito”, diz Leary pelo telefone, falando de sua casa na Sunset Boulevard, em Beverly Hills, na Califórnia. A cada dois minutos de conversa Leary se impõe um recesso. Se avança, acessos de tosse tiram-lhe o fôlego e ele fica emudecido.

Fonte: Entrevista com Timothy Leary

.............................................................................
Raquel Moraes
Doutora em Educação
Universidade de Brasília - Faculdade de Educação
Dê sua opinião....Contato

Temos por pressuposto que a democracia se constrói com a participação direta, como a dos gregos. Só que na época dos gregos, a democracia era limitada pela existência de escravos e hoje, com as tecnologias da informação e comunicação no ciberespaço, a democracia direta é possível  - apesar dos riscos da globalização e do complexo da Ciência e Tecnologia (C&T) estarem ligados à indústria bélica e ao lucro monopolizado, capitalista. A técnica não é neutra. Ela é a expressão de uma racionalidade instrumental que é a expressão da dominação capitalista.

Fonte: Gestão democrática na educação no ciberespaço. Veja o texto no sítio do do III Seminário de Gestão do Conhecimento em Educação e Tecnologia da Informação

.............................................................................
Gustavo Barreto
Estudante de Comunicação Social e Editor da Revista Consciência.net
Universidade do Rio de Janeiro e Consciência.net
Dê sua opinião....Contato

Escreveu Henry David Thoreau: "Não será possível um governo em que a maioria não decida virtualmente o que é certo ou errado? No qual a maioria decida apenas aquelas questões às quais seja aplicável a norma da conveniência? Deve o cidadão desistir da sua consciência, mesmo por um único instante ou em última instância, e se dobrar ao legislador? Por que então estará cada homem dotado de uma consciência?"

Fonte: O trabalho "liberta"
 

Aula Virtual e Democracia
boletim 6, ano 2janeiro de 2005
Jornalista responsável: Cláudio Júlio Tognolli (cjt)
 
Observatório de Inclusão Educacional e Tecnologias Digitais - Unesco / UnB
Leia o boletim atual
.
interatividade
Chat
Fórum
Ateliê
.
arte digital
Bella Gallery
Disturbing beauty is only in the mind
 
hiPer>
relações eletro//digitais
 
Galeria de Arte Digital
Mais do que acrescentar formas ao mundo a tarefa é criar um novo mundo de formas, um Universo Neomórfico
 
O cinetismo interativo nas artes plásticas
Um trajeto para arte tecnológica. Paula Perissinotto, USP, 2000
 
Celso Martins
Pintando e bordando no tecido digital
 
video arte digital
O vídeo digitalizado como suporte para a criação plástica: mídia arte
 
A R T E C N O
Laboratory of New Technologies in Visual Arts, University of Caxias do Sul, RS, Brasil
 
midiatatica.org
A revolução das novas mídias na prática
 
The Zoomquilt
A collaborative art project
.
outras linguagens
Search for the Secret Cave in the Grand Canyon
Third Expedition; by Steve Wingate
 
With the eyes of the other
Exposição fotográfica de Clarissa Borges
 
István Mészáros na TV Carta Maior
A Educação para Além do Capital
 
Olga, o filme
Not My Tipe
Uma odisséia no espaço
Smoke Kills
Inter-face
Fahrenheit 9/11
Ilha das Flores
Be a virtual reporter right now
How many online?
Outras mídias
.