Sobre a liberação dos transgênicos
Luiz Inácio Lula da Silva, 6 de outubro, 2003

Não se trata de ser contra ou a favor. Se trata de você ficar diante de uma realidade em que o presidente da República tem que dizer: ou faz ou não faz. Quando chegamos no mês de fevereiro nos deparamos com uma realidade que até então não conhecíamos, que era o fato da soja transgênica estar plantada, não apenas no Rio Grande do Sul, mas em outras partes do Brasil. Estávamos com nove milhões de sacas de soja estocadas.

Tínhamos duas coisas a fazer: ou nós proibíamos a comercialização e teríamos que mandar a Polícia Federal tocar fogo na soja - que seria uma fotografia horrível, num país em que o povo está com fome, num país que precisa exportar, num país que precisa produzir. Ou você entendia a situação que estava vivendo naquele momento, e criava as condições para poder comercializar aquilo.

Nós, então, abrimos a comercialização da soja. Uma parte foi exportada, outra parte foi comercializada aqui. E foi estabelecida a rotulagem da soja (...) Então, num caráter excepcional, nós, outra vez, estendemos a medida provisória por mais um tempo, e nesses próximos 15 dias vamos dar entrada no projeto para que o Congresso Nacional defina e regulamente, de uma vez por todas, o problema dos transgênicos no Brasil. E aí a lei vai valer para todos, porque agora nós vamos fiscalizar com muita força.

Fonte: Em questão


Transgênicos | Brasil

Busca no site | Principal..Consciência.Net


Publicidade

.