Tiros em Columbine

[Bowling for Columbine]. EUA, 2002. 120 minutos. Oscar de melhor documentário em 2003. Do norte-americano Michael Moore sobre seu próprio país. Indispensável à sobrevivência de qualquer ser humano. Documentário sobre uma nação doente, com medo da tevê (e apenas dela) e que permite o acesso quase que irrestrito às armas de fogo. Desconstrói o argumento da força para combater a criminalidade e denuncia o profundo racismo existente nos Estados Unidos contra negros e hispânicos. Mostra também como George W. Bush ignora a população pobre de seu país em benefício da "Segurança Nacional", aumentando assim o quadro de pobreza local e aprofundando as desigualdades existentes.

Em seu livro Stupid White Men, Michael Moore declara: "Sou cidadão dos Estados Unidos da América. Nosso governo foi deposto. Nosso presidente eleito foi exilado. Homens brancos idosos, brandindo martinis e usando colarinhos postiços tomaram a capital de nossa nação. Estamos sitiados. Somos o Governo dos Estados Unidos no exílio. [...] Então, quem é o homem que atualmente ocupa o número 1.600 da avenida Pensilvânia? Vou lhes dizer quem: ele é George W. Bush, 'presidente' dos Estados Unidos. O ladrão-chefe". Visite Michael Moore

[Resenha de Gustavo Barreto]


Cinema | Artes
 

Busca no site | Principal..Consciência.Net


Publicidade

.